Vindo do interior, Valdir Barranco agora é o presidente do PT em Mato Grosso. Alan Kardec não apareceu no Congresso

Foram dois dias de debates para eleição do novo diretório do Partido dos Trabalhadores em Mato Grosso. As discussões começaram no sábado (6), na sede do Sintep/MT, com abertura da etapa estadual do 6° Congresso do PT. Participaram cerca de 300 pessoas, entre militantes votantes e convidados. Deste total, 166 delegados do partido representando 49 municípios e com direito a voto. O deputado Valdir Barranco, de Nova Bandeirantes, um pequeno município do interior do Estado, foi eleito, por unanimidade, novo presidente estadual. No encontro, além da eleição de Barranco, foi notada a ausência do também deputado petista Allan Kardec.

A nova gestão (2017/2019) tem como desafio buscar a unidade do PT para o fortalecimento da sigla. “Este já é o maior desafio da minha vida pública. Pelo PT fui secretário de educação de Nova Bandeirantes, prefeito daquela cidade e hoje estou como deputado estadual. Este mandato é do partido! Por isso, vou ouvir os diretórios municipais e a executiva estadual sempre. Queremos uma gestão participativa onde todos os petistas tenham voz e então possamos reestruturar e fortalecer o Partido dos Trabalhadores”, disse o novo presidente.

Barranco destacou a necessidade de aproximar o PT dos movimentos sociais. “O PT sempre foi um partido democrático que representa todos e todas. Aqui, as minorias tem vez e voz. Queremos caminhar juntos com os sindicatos dos trabalhadores e movimentos sociais que lutam pela terra, educação, juventude, pelos direitos dos trabalhadores, pela igualdade racial e de gêneros. Nenhum direito a menos!”

O congresso também definiu os sete delegados estaduais que irão à Brasília participar do 6º Congresso nacional do PT e votar na eleição do diretório nacional, nos dias 1 e 2 de junho. Entre os principais nomes que disputam a presidência nacional, destaque para os senadores Lindbergh Faria (PT/RJ) e Gleisi Hoffmann (PT/PR).

O ex-presidente Willian Sampaio (PT), agradeceu pela confiança durante o período em que esteve à frente do partido. “Agradeço a todos e todas que confiaram a mim a tarefa de dirigir nosso partido por estes dois anos. Me coloco à disposição para ajudar o PT no que for preciso sempre. Desejo aos companheiros e companheiras da nova gestão sucesso na preparação do nosso partido para o principal desafio, as eleições 2018. Vamos juntos!”

Categorias:Cidadania

1 Comentário

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 187.113.44.167 - Responder

    Parece barranco,tem jeito de barranco,tem cara de barranco ,ops, é um BARRANCO!kkkkk

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

2 × quatro =