“Veja” confirma PÁGINA DO E: Riva tem maior “capivara” do país

Meus amigos, meus inimigos:esta PÁGINA DO E, hoje, tem a tranquilidade do dever jornalístico cumprido. Nada do que a revista “Veja” publica, neste final de semana, com merecido destaque, é novidade para quem acessa este humilde espaço de mídia que é a PAGINA DO E. Há anos que vimos apontando o escândalo que é ter, como uma das principais lideranças políticas do Estado, a figura do deputado José Riva, super-denunciado e super-processado, por iniciativa do Ministério Público Estadual (através do trabalho incansável de profissionais como Célio Fúrio, Roberto Turin, Mauro Zaque, Clóvis Almeida, Gilberto Gomes e Gustavo Dantas) que tem buscado a sua responsabilização por um rombo nos cofres da Assembléia Legislativa que, como a “Veja” registra, pode superar o montante dos 400 milhões de reais. Nesses processos, há mais de 20 outros parlamentares e funcionários da Assembléia denunciados como possiveis parceiros de Riva em toda esta trama. O mais conhecido é o hoje conselheiro do TCE-MT, Humberto Bosaipo, afastado do cargo justamente por esse envolvimento denunciado. O fato é que Geraldo Riva, como pauta, é assunto momentoso e a revista “Veja”, mais uma vez, vem provar esta verdade. Pode ser que, agora, com mais este alerta, os jornais amigos e os jornalistas amestrados por Riva, aqui em Mato Grosso, bem como ríquissimas estruturas de rádio, sites e televisõe despertem para a necessidade sempre premente de mergulhar nesse assunto, mergulhar nessa Assembléia, reino cativo de caititus, para propiciar as informações que possam nos levar a uma trasnformação profunda da realidade de abastardamento em que vive o nosso Poder Legislativo. Confiram o que a “Veja” publica e que – se não houver desdobramentos por aqui – pode ser logo esquecido pelo grande público. (EC)

—————

Riva diz que continua a ser perseguido

Com relação à matéria da “Veja”, Geraldo Riva emitiu a seguinte nota:

“Sobre a matéria publicada na Revista Veja neste domingo (25), sob o títúlo “A maior folha corrida do país”, venho a púbico mais uma vez para demonstrar indignação e repúdio contra esse tipo de ataque.

Novamente a revista, por intermédio de interesses escusos, requenta informações que todos já conhecem, inclusive o motivo de tantos processos, dado o desdobramento incoerente feito pelo Ministério Público.

Nunca deixei de atender qualquer órgão de imprensa para falar sobre esse assunto, inclusive a Veja, porém, nesse caso, mais uma vez fizeram questão de ignorar minhas respostas e publicaram de forma deturpada. Por isso mesmo encaro esta matéria como um ataque político de pessoas que só pensam na eleição de 2014 e que já começam a usar suas artimanhas.

Deixo claro novamente que acredito na Justiça e numa imprensa livre, ética e independente. Aos que continuam a me perseguir ou tentar descontruir minha história política, a qual tenho enorme orgulho, digo apenas que possam, um dia, trilhar seus caminhos com suas próprias pernas e não pisando sobre os que estão ao seu lado.”

12 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 177.193.143.72 - Responder

    Ministro Joaquim Barbosa, olhai por nós, pois a justiça de Mato Grosso, a muito tempo já nos esqueceu.

  2. - IP 189.31.40.69 - Responder

    Não podemos esquecer que a maioria esmagadora dos deputados, legislatura após legislatura, sempre vota com ELE e para ELE na AL/MT. Logo, são, coniventes, senão cúmplices, juntamente com seus eleitores. Pobre povo pobre de Mato Grosso, Estado corroído pela corrupção. Aliás, desde quando vim para Mato Grosso, em 1985, comecei ouvir que era preciso por um fim nas oligarquias que comandavam este Estado Agrário. De lá para cá, quase trinta anos após, outras oligarquias se sucederam, uma após a outra, deixando rastros de destruição no erário, sem que o MP e o PJ conseguissem sucesso para colocar na cadeia e fazê-los corrigir os desvios, salvo pouquíssimas excessões. Pelo jeito, as coisas dessa natureza por aqui são perpétuas… A culpa? da INAÇÃO de quem de direito, que come nas mãos desse senhor.

  3. - IP 177.41.92.192 - Responder

    Vilson,os deputados ñ votam de graça no baixinho, é lá que o mensalão corre solto. O dinheiro é passado para os meios de comunicação- TODOS- e retornam através de um dono de emissora de sobrenome italiano e famoso ,irrigando o prestigio inabalável do baixinho junto aos pares.Em suma é com o seu, o meu e o nosso rico dinheiro publico que o baixinho se mantem na crista da onda,ai se algum deputado revelar o esquema , ele ñ tem nada a perder e tem todos em gravação filmada!

  4. - IP 177.161.145.83 - Responder

    Pergunto: E DAÍ??? Mesmo sendo um dos MAIS processados pela Justiça do Oaís, o Riva MANDA E DESMANDA por este pobre Estado de MT. Ó que é que estão fazendo os magistrados que são detentores das relatorias dos seus processos? Sentaram em cima e não dão o andamento necessário por qual motivo??? Do jeito que etá, o RIVA continuará a sua escalada da forma que bem lhe convier, pois, ENQUANTO OS CÃES LADRAM A CARAVANA PASSA.

  5. - IP 189.123.132.57 - Responder

    Riva é considerado imperador no Estado de Mato Grosso. E a maçonaria o PCC do alto escalão. O homem que vive numa sociedade real tem que saber jogar se nao tornar-se impossivel sobreviver numa sociedade como a nossa. Historicamente Mato Grosso sempre foi assim com corrupçao, um derrubando o outro por poder e assim vai. Um dia Riva sai e no seu lugar entra outro igual ou pior. O sistema é assim dificilmente tem como mudar.

  6. - IP 177.5.123.145 - Responder

    Osmair disse bem ; O dinheiro investido em publicidade , volta em parte para os caititús e com isso o mensalão matogrossense mantem tudo como está.

  7. - IP 186.254.11.221 - Responder

    REALMENTE, O MP DEVERIA INVESTIGAR A VERBA PÚBLICA GASTA EM COMUNICAÇÃO, NO PORTAL É FÁCIL VERIFICAR QUE A VERBA PARA “PROPAGANDA” É MAIOR QUE A VERBA DESTINADA A SAÚDE E A EDUCAÇÃO. SÓ NÃO VÊ PORQUE NÃO HÁ INTERESSE. OUTRA, VEJAM QUANTO JÁ FOI GASTO COM O TAL VLT SÓ EM PROPAGANDA E QUAL EMPRESA FEZ ESSA PROPAGANDA.

  8. - IP 189.10.66.67 - Responder

    Só vamos escapar das unhas desses politicos de carreira no dia em que exterminar o famigerado “Voto Obrigatório”
    Se o cidadão não vota, não pode ter conta bancaria, participar de concurso, tirar passaporte, receber salario no caso de servidor público, financiar a casa própria e outras coisas mais.
    Onde esta a liberdade do cidadão? onde esta a democracia?

  9. - IP 201.49.165.95 - Responder

    Joaquim Barbosa ora nos.Socorro…………….

  10. - IP 201.49.165.95 - Responder

    Marccola saiu na globo entrevista com ele virou Marcolinha.

  11. - IP 189.11.246.249 - Responder

    Aproveitando este espaço para falar de outro assunto que tb interessa a todos os brasileiros, principalmente os Matogrossenses. “E AS CIRURGIAS QUE A ESPOSA DO BLARO MAGGI FEZ PELO SUS NO MELHOR HOSPITAL DO PAÍS”…….NINGUÉM FALA MAIS NADA? MANDARAM ABAFAR? Será que vou ser ameaçada por estar tocando neste assunto? Será que vou sofrer represálias? Se isto acontecer vou chorar nos pés do nosso querido “BARBOSA”.

  12. - IP 187.52.106.10 - Responder

    aqui se faz aqui se paga vamos ver o fim desse cidadão.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

seis + doze =