ONDE ESTÃO AS PROVAS? “Estou sendo vítima de uma conspiração externa e interna”, diz Valtenir. Deputado federal questiona informações fornecidas pela agência AS&M, de Lúcio Sorge, ao Diário de Cuiabá. “Todas as minhas de contas de 2010 paguei com cheques da minha campanha”, garante.

Segundo a Polícia Federal, a Ideia Digital pagou R$ 235 mil em despesas não declaradas da campanha de Valtenir. O deputado nega. A agência AS&M, do publicitário Lúcio Sorge, informou ao Diário de Cuiabá que recebeu pagamento da Ideia Digital referente à campanha de Valtenir. O deputado federal, que se encontra em Brasilia e ainda não conseguiu, na Policia Federal, acesso ao inquérito em que seu nome é citado, desmente a AS&M e diz que todas as suas despesas eleitorais foram pagas com cheques da sua conta de campanha.

Segundo a Polícia Federal, a Ideia Digital pagou R$ 235 mil em despesas não declaradas da campanha de Valtenir. O deputado nega. A agência AS&M, do publicitário Lúcio Sorge, informou ao Diário de Cuiabá que recebeu pagamento da Ideia Digital referente à campanha de Valtenir. O deputado federal, que se encontra em Brasilia e ainda não conseguiu, na Policia Federal, acesso ao inquérito em que seu nome é citado, desmente a AS&M e diz que todas as suas despesas eleitorais foram pagas com cheques da sua conta de campanha.

O deputado Valtenir Pereira (PSB) passa o fim de semana em Brasília, tentando ter acesso ao rumoroso inquérito sobre o projeto Jampa Digital da Paraiba. Parando de vez em quando para conceder rápidas entrevistas por telefone, Valtenir se disse revoltado com a movimentação de alguns militantes do PSB de Cuiabá que estariam recorrendo à direção nacional do partido para pedir o seu afastamento da direção estadual, dando como verdadeiras as denúncias de envolvimento dele em um possível desvio de recursos federais.

“Enock, nesse momento sou vítima de uma conspiração externa e interna. A Polícia Federal não me deixa ter acesso ao inquérito no qual, pretensamente, meu nome está arrolado e, em Cuiabá, adversários meus, de dentro do PSB, se aproveitam desse momento para tentar prejudicar não a mim mas à organização do PSB em nosso Estado. Tenho certeza, todavia, de que tudo se esclarecerá.

Questionado por esta PAGINA DO E quanto às informações da agência de publicidade AS&M, no inquérito, reveladas pelo Diário de Cuiabá, na terça-feira, dando conta de que parte das despesas de sua campanha a federal, em 2010, haviam sido pagas pela Ideia Digital, empresa pretensamente beneficiada pelo esquema montado a partir da Paraíba, Valter foi peremptório: “Como tenho dito a todos, repito pra você: todas as minhas contas de 2010 paguei com cheques de minha campanha. Paguei diretamente à AS&M, paguei à Print, paguei diretamente a todo mundo. Se existe nota de pagamento feito pela Ideia Digital à AS&M isso não é do meu conhecimento, não foi autorizado por mim”. A AS&M é comandada pelo jornalista e publicitário Lúcio Sorge que tem evitado se pronunciar pelo caso, se manifestando apenas através do escritório do advogado Paulo Taques.

Valtenir disse que, no início da próxima semana, estará em Cuiabá para conversar mais tranquilamente com seus correligionários do PSB e com a imprensa.

2 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 201.67.61.108 - Responder

    Ué, onde foram parar os comentários?!

  2. - IP 177.167.25.61 - Responder

    A situação do Dep Valtenir é gravíssima.
    Hoje o PT e seus asseclas e operadores fora, escalados pelo Sr, Lula para procurar um rastro do PSB e usar para tentar amassar o Gov. Eduardo, e voltar a encoleirar ele na sua horda de aduladores, chamada de base aliada.
    Para o PT seria interessante do ponto de vista tentar desmontar a empolgação do PSB,e imaginava achar isso no Sul,ou no Sudeste,,, mais achou a merda no colo do Gov Eduardo Campos, na Paraíba que fica a 120 Km de Recife, e no su rol de aliados, e do mesmo partido.
    Em qualquer partido que tem no estado ,e nos erários públicos o alvo de suas pilhagens, eles preferem operar esquemas de arrecadação, ao invés de captar arrecadação na iniciativa privada.
    A empresa citada tem um bom” jabuti na arvore” com o PSB e com o ministério pertinente, ai começa a engenharia maléfica, senão vejamos:
    Um Deputado que é um do membros,da executiva nacional, e Pres. Regional de sua agremiação, este tem um tratamento diferenciado na sua agremiação partidária.
    Dessa firma os operadores acertam previamente quem,quanto, e quando farão os aportes desses recursos.
    Existe 2 caminhos para essas candidaturas serem hidratadas com recursos originários de peculato, malversado,desvios ETc,,e toda sorte de ímprobos .
    1* – Esta é de via de regra do partido mandatário da nação.
    Cria se uma empresa que figura como a empresas ser triangulada, depois essa 3* empresa firma um contrato com a 2* empresa, esta 2* é a detentora dos contratos com os governos,e da união. Esta é que recebe os recursos com aditivos superfaturados, sobrepreço, e tida sorte de ilícitos.
    Dessa forma essa empresa como essa quadrilha tem um ” modus operandis” ou se triangula via uma OSCIP, OSS e tem como pano de fundo a CAPACITAÇÃO . Pois esse modus é o melhor , e mais rápido, e dificilmente deixa um rastro ex: 3* tempo& PC do B Fetrasul& Salvatti.
    Ai essa ” empresa ” recebe via nota fiscal,e repassa os valores em espécies aos candidatos indicados pela executiva desses partidos, ai o candidato quando consegue por a mão nessa dinheirama toda, desequilibra a disputa onde esta inserido. As vezes acontece desses recursos serem interditados pela PF Ex: Dinheiro na cueca que iria ara o José Guimaraea PT-CE ( irmão do GENOINO E GRANDE GUERRILHEIRO ).
    2* – modus operandis: ( em in tela esse foi o modelo praticado pelo partido PSB e seus candidatos)
    O operador define os valores a passar para cada candidato, cada qual tem seu peso, Renato Casagerande, rcebe tantos, fulano tanto, Cipriano tanto, e o Simplista Deputado Matogrossense tantos.
    Mais como não tem a 3* empresa nao figura, cabe ao comitê, ou ao candidato definir quais são os prestadores, ou fornecedores, que irão receber esse aporte. Geralmente sao gráficas, produtoras,postos de combustíveis ETC.
    Perfeito né?
    Sim.
    O problema é quando tem rusga de 2 quadrilhas uma querendo ver a outra sangrar.
    Ai essa empresa que tem o ” jabuti na arvore” que tem a obrigação de passar os recursos, essa só paga via NFs o
    candidato, ou seu comite indica pague esse, pague aquele, .
    Dessa forma a empresa que tem os contratos dilui esses pagamentos aos indicados para receberem esses recursos.
    Porém elas exigem nota fiscal para poder pagar.
    No caso da AS&M do empresário Lúcio Sorge, este foi bem orientada, pois sabe que emitiu as NFs, e deve ter recebido em conta corrente. Ou seja este vai ser ouvido como testemunhas, e via carta precatório, e se dizer que executou, que emitiu as NFs, e recebeu acaba ai sua implicação no processo.
    Não mentiu, nao litigou, nem omitiu, senão acabaria como o Duda Mendonça. Ou seja fez seu trabalho e recebeu por ele,e acaba ai o seu envolvimento.
    No caso da grafica Print, e Casarão vídeo se confirmar que estes litigaram, e obstruiu as investigações serão denunciados , pois concorrem os crimes de caixa 2, lavagem de dinheiro, litigancia, e conluio.me poder ser declaradas como inidonêas para com o serviço publico.
    No caso do Dep Valtenir nao cabe mais a alegação que o seu comitê, ou seu partido fizeram esses pagamentos sem sua anuência, pois a conta de campanha, e a emissão dos recibos eleitorais sao de sua responsabilidade.
    O que me causa espanto é que o Valtenir foi muito mal orientado, mal assessorado, ele imaginar que essa empresa faria algum pagamento sem se resguardar com NFs , ou se piorar mais as coisas, eles devem ter mais provas contra o PSB pois os Pgt* foram em contas dessas empresas mediantes NFs. Quem sabe E-mails , ou alguma coisa que desqualifique as alegações do Dep. Valtenir.
    A própria declaração do Empresário Lúcio Sorge tira ele dessa enrascada, mais açoda os demais nessa trama.
    Caso fique claro que o deputado mentiu, sendo que se ele nao foi a acionado, ou nao foi notificado, oporque ele dar declarações com evasivas, vai ficar igual o Demostenes, a PF lança a isca sem notificar, ai o apressado ao invés de esperar se notificado, e fazer as vistas no auto, não ele marca entrevista e distribui mentiras previamente.
    Só lembrando para a justiça a mentira é tipificada como litigancia e má fé.
    E posteriormente se comprovar que ele mentiu é quebra de decoro, e na situação que se encontra o PSB na casa, seu mandato vai pro saco em 3 seções.
    Eu acho que o Gv Eduardo Campos sabia que isso iria explodir, pois seu silencio há dias corrobora com isso.
    Deve pensar com ele mesmo,,, putz fui me acomparsar com esse PT e meus aliados foram com sanha aos erários, e agoranlevei miro na asa.
    Cá pra mim ele nao era candidato a nada, sua estratégia era capitalizar seu nome numa media de 17% e negociar a vice com o PT, e colocar uma briga entre o PT e o PMDB alijando o PMDB do processo.
    Tendo visto que o PMDB é um desastre no Rio o único estado onde o PT precisaria de uma performance boa., e o
    PSB, fazendo um bom governo em MG, e PE, e no CE nesse estados e mais o PB- ES conseguiriam capitalizar, e passar a ser o 2* aliado na atual conjuntura.
    Finalizando, na minha modesta opinião o Dep. Valtenir é a bola da vez.
    E deve ir para caçapa seu mandato.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

dezenove − catorze =