Silval fica no Paiaguás e coordena articulação pró-Julier governador

No encontro com Julier, o governador Silval Barbosa confirmou sem compromisso com a candidatura do magistrado que tem até o próximo mês de abril para fazer sua opção partidária e se credenciar à disputa contra as forças oligárquicas que já se articulam em torno do candidato Pedro Taques, tentando uma sobrevida em Mato Grosso.

No encontro com Julier, o governador Silval Barbosa confirmou seu compromisso com a candidatura do magistrado que tem até o próximo mês de abril para fazer sua opção partidária e se credenciar à disputa do cargo de governador contra as velhas forças oligárquicas que já se articulam em torno do candidato Pedro Taques (PDT), tentando uma sobrevida em Mato Grosso.

De férias na Justiça Federal, o juiz Julier Sebastião tem se dedicado, ativamente, às articulações políticas visando a disputa eleitoral de 2014. Depende do completo sucesso destas articulações prévias, o definitivo afastamento do magistrado de suas funções na Justiça Federal, onde sempre se destacou por sua coragem no enfrentamento cotidiano dos esquemas de violência e de corrupção atuantes em Mato Grosso.

Fontes próximas ao magistrado consideram que foi “altamente produtivo” o encontro de Julier com o governador Silval Barbosa, na sexta-feira (7). Na ocasião, Silval, com olho no olho, confirmou a sua decisão de cumprir seu mandato de governador até o final de 2014,  e também a sua decisão de passar a atuar como articulador da pré-campanha de Julier junto ao PMDB e demais partidos da  base aliado. Tudo indica que Julier optará, efetivamente, pela filiação ao Partido dos Trabalhadores, ao qual deve caber a missão de capitanear a chapa situacionista na disputa majoritária deste ano.

A expectativa é que as reuniões de articulação que vinham acontecendo no apartamento do deputado federal Carlos Bezerra passem a acontecer em local em que a proeminência ficará, agora, firmada na figura do governador que, uma vez permanecendo no Paiaguás, passaria a atuar não só para consolidar a candidatura de Julier mas também para desatar todos os nós que ainda são necessários desatar visando uma exitosa participação da coligação governista na disputa contra a chapa direitista e reacionária que reúne os velhos caciques da política mato-grossense, do DEM e do PSDB em torno da figura a cada dia mais caricata do senador Pedro Taques (PDT).

Neste momento, uma das primeiras missões de Silval será atuar, com muita sutileza, para que reflua a articulação que alguns políticos já lançados à reeleição para a Câmara Federal, como o deputado Carlos Bezerra (PMDB), o deputado Valtenir Pereira (PROS) e deputado Ságuas Moraes (PT) vinham desenvolvendo, ao arrepio dos acordos partidários, visando afastar o médico e ex-vereador por Cuiabá Lúdio Cabral da disputa pelo mandato federal.  Segundo as nossas fontes, Julier, que contribuiu intensamente para que Lúdio se firmasse como candidato do PT à prefeitura de Cuiabá, em 2012, entende que a eleição de Lúdio como deputado federal pelo partido é fundamental para a consolidação do projeto petista em Mato Grosso.  Desde seu nome apareceu como possível adversário de Julier em possíveis prévias petistas, Lúdio passou também a ter seu nome incensado pelos jornais amigos e pelos jornalistas que o esquema de Pedro Taques lentamente tem se ocupado em amestrar para a defesa dos seus interesses.

Silval também deve supervisionar as articulações visando garantir uma forte chapa de candidatos à Assembleia Legislativa, de forma a garantir, nas urnas, a eleição de uma forte de base de apoio para o futuro governo de Julier Sebastião da Silva, cuja construção passa a ser o grande objetivo político da articulação situacionista.

Neste sentido, tanto o suplente de senador Cidinho Santos  quanto o deputado Welington Fagundes mantiveram, também na última semana, encontros com Julier Sebastião, visando ultimar detalhes para a adesão definitiva do PR à proposta de candidatura a ser capitaneada pelo PT e pelo magistrado federal.

Categorias:Jogo do Poder

9 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 201.57.233.221 - Responder

    Não tem “cuhlão” para largar a caneta… esse cara só é alguém enquanto for Juiz (investigado)… Vai continuar desmoralizando o judiciário sendo um braço podre do PT na justiça… Preparem, que essa campanha será forrada de decisões “julierianas”, cobertas de inteções políticas que não esconde nem em suas decisões!

    • - IP 189.59.69.195 - Responder

      Num eventual governo Julier, qual o cargo do Piran?

      • - IP 177.4.189.143 - Responder

        Concordo Ademar…sem por nem tirar, qual será a função do Piran, do Thiago Dorileo, vulgo, “malandrinho”????

    • - IP 189.31.24.93 - Responder

      o timtim vai estudar seu jumento!

  2. - IP 189.73.225.240 - Responder

    Ademar e “Pedro Salustiano” que deve ser codinome,não perguntei ao Dr. Julier quais os cargos que essa turma deve assumir,mas deve ser algo parecido com o que o Pedro Taques deve dar ao Aldo Locatelli Combustível,ao Pivetta Cooperlucas ou ao Fernando Ararath Mendonça,caso o Taques ganhe a eleição,né!?KKKKK

  3. - IP 177.193.130.25 - Responder

    KKKKKKKKKKKKKK…. ESSA MATÉRIA FOI A MAIOR VIAGEM JORNALÍSTICA DO ANO. NUNCA SILVAL FARIA COMPROMISSO COM JULIER. A CANDIDATURA DE LÚDIO É IRREVERSÍVEL. DOARÁ QUEM DOER, POIS É FATO!!!

  4. - IP 201.88.96.168 - Responder

    QUANDO UM JUIZ QUE PERSEGUE ADVERSARIOS POLITICOS DO PT ESTA DOIDO PARA SER CANDIDATO EU ME PREOCUPO É CLARO QUE NÃO TENHO CORAGEM DE VOTAR NELE PRIMEIRO PORQUE É PETISTA E O RESTO POR OUTRAS ACUSAÇÕES CONTRA ELE.

  5. - IP 187.5.84.62 - Responder

    É chegada a hora da onça beber água! E nesta fatídica hora haverá choros e ranger de dentes. Muitos serão arremessados para o mármore flamejante do inferno. E lá ao cheiro de enxofre e ao sabor de sangue na garganta vão derramar lágrimas de água em ebulição. A dor será eterna e agonizante. E por que digo isto? Simples. Em outubro próximo o povo vai mandar para os cafundós do ostracismo os falsos paladinos da moralidade; os trapaceiros e caricatos espertalhões da miséria do sofrimento alheio. Quem vai de Taxi é porque não tem condução própria. Vou de cara limpa; vou de Julier.

  6. - IP 177.64.227.101 - Responder

    Todo e qualquer candidato apoiado por Silval e seus aliados, tem que ser EXPURGADO DA VIDA PÚBLICO assim como p próprio Silval.

Deixe uma resposta para CLAUDIA VAZ DE FRANÇA    ( cancelar resposta )

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

16 + 5 =