Todos vimos o prefeito Pivetta, coordenador de Taques, e o próprio Pedro Taques, disparando contra o loteamento das secretarias de Estado, durante o governo Silval, colocadas sob o comando de partidos e mesmo de deputados. Mas nesta quinta, entrevistado pelo RD News, a manchete gritava: “Deputado federal Nilson Leitão garante que Pedro Taques dará pastra ao PSDB”. Isso não é loteamento? Muda tudo para que tudo fique do jeito que está?

Leitão afirma que PSDB assumir uma secretaria de Taques é quase “lógico”

Camila Cecílio

Davi Valle/Rdnews

Nilson Leitão-21-10-2014-Davi Valle (13).JPG

Deputado federal Nilson Leitão garante que Pedro Taques dará pastra ao PSDB

O deputado federal reeleito Nilson Leitão (PSDB) adiantou em entrevista ao Grupo Rdnews que o PSDB deverá ocupar uma das secretarias formadas pelo governador eleito Pedro Taques (PDT) a partir de 2015. Com mais de 40 mil votos, a legenda foi a mais votada em Mato Grosso e, por conta disso, foi importante para a eleição do pedetista, segundo Leitão, que também é presidente estadual da sigla.

O assunto será abordado nos próximos dias em reunião entre o parlamentar e Taques. “Não estamos com esse desespero de pressa, nós sabemos e o Pedro também sabe a importância do PSDB no processo, que não foi só para ganhar as eleições, mas também ajudar a governar não pelo espaço de um emprego ou ocupação, mas pelas ideias e pelo modelo que defendemos”, explica o deputado.

Para ele, a administração de uma pasta é “uma coisa quase lógica”, já que Taques venceu o processo eleitoral com um grupo. Lembra que o PSDB obteve o maior número de votos, também, para o candidato a presidente da República, Aécio Neves, e para ele mesmo, que foi reeleito com mais de 127,7 mil votos, além de garantir três cadeiras na Assembleia. “Então é natural quando você é parceiro. Não estou preocupado em cobrar isso porque é natural a formação”, reforça.

Leitão, no entanto, não sabe qual pasta pode ser destinada ao partido e diz que não quer criar expectativas de assumir uma secretaria até mesmo para evitar expectativas nas pessoas que têm vontade de gerir uma determinada área. “Acho que agora é para discutir as ideias que queremos colocar no governo, a forma e o modelo, acredito que algumas divergências de opinião já existem em relação ao que foi anunciado, como por exemplo a extinção da Secretaria de Cultura. Mas nada foi anunciado pelo Pedro, então estamos tranquilos”, pondera

4 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 189.72.141.224 - Responder

    Com esse tanto de raposa (Jayme, Antero, Pivetta, Percival, WS) perto o Taques não precisa ter inimigo!

  2. - IP 201.24.174.216 - Responder

    Nilson Leitão somente poderá pleitear cargo no primeiro escalão depois de resolver seus problemas com a Polícia Federal. Nilson foi preso em 17 de maio de 2007 na Operação Navalha por desvio de dinheiro público. Será que Pedro Taques correrá o risco de ver um secretário seu ser preso e algemado?

  3. - IP 177.132.245.90 - Responder

    Quero ver uma coligação dessa cheia de velhos medalhões da política administrar sem fazer concessões, que é a forma de cumprir os acordos que geralmente são amarrados na hora de coligar. A cobrança do deputado por cargos, por si só, ratifica que essa tradição se mantém forte..

  4. - IP 177.201.99.73 - Responder

    Nilson Leitão foi detido fazendo boca de urna no segundo turno. Esse moço tem o dom de arrumar confusão. E como gosta da polícia… Taques, fique esperto!

Deixe uma resposta para melo    ( cancelar resposta )

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

quatro × 2 =