Tenente-coronel Eduardo Henrique de Souza é o indicado de Mauro Mendes para comandar a Secretaria Municipal de Apoio à Segurança Pública, em Cuiabá. O efetivo de 150 PMs vai atuar, primeiramente, na segurança das 92 escolas municipais, 50 creches e 53 feiras livres de Cuiabá

A tropa de 150 policiais militares, comandada pelo tenente coronel Eduardo Henrique de Souza vai reforça a segurança das 92 escolas municipais, 50 creches e 53 feiras livres de Cuiabá.

A tropa de 150 policiais militares, comandada pelo tenente coronel Eduardo Henrique de Souza vai reforça a segurança das 92 escolas municipais, 50 creches e 53 feiras livres de Cuiabá.

Tenente-coronel assumirá secretaria

THAISA PIMPÃO
DIÁRIO DE CUIABÁ

O tenente-coronel da Polícia Militar Eduardo Henrique de Souza é o indicado do prefeito Mauro Mendes (PSB) para assumir a titularidade da recém-criada Secretaria Municipal de Apoio à Segurança Pública.

O secretário de Governo, Fábio Garcia, já havia adiantado que o chefe do Executivo municipal definiu o nome do novo secretário por critérios técnicos.

O tenente-coronel avalia por dois vieses o fato de ter sido escolhido para tomar frente da Pasta. “Primeiro, fiquei feliz por ter sido a escolha, pelo prefeito te der dado esse crédito a mim. É uma nova secretaria, então inspirou confiança da parte dele. Segundo, vejo como um desafio, porque a segurança pública é uma área na qual Cuiabá precisa muito de atenção”.

Embora sua nomeação deve ser oficializada somente na semana que vem, Henrique Souza afirma que já traçou um panorama geral do que deve ser feito daqui para frente. Segundo ele, um convênio foi firmado com o governo de Mato Grosso para que as 10 viaturas pertencentes à prefeitura atuem em conjunto com a Polícia Militar do Estado.

“Há um emaranhado de áreas da cidade que culminam na violência que vivencia hoje a população de Cuiabá. Nosso objetivo será trabalhar em locais que a segurança não consegue alcançar”, disse.

O efetivo policial de 150 policiais militares vai atuar, primeiramente, na segurança das 92 escolas municipais, 50 creches e 53 feiras livres de Cuiabá. Além disso, a polícia também atenderá feiras públicas, parques e praças municipais.

O novo secretário ainda informa que o orçamento destinado ainda passa por avaliação, já que a criação da Pasta alterou a Lei Orçamentária Anual (LOA) do próximo ano. Ele, no entanto, adianta que os recursos devem ficar em cerca de R$ 2 milhões.

A prefeitura deve encaminhar até o fim do mês uma mensagem substitutiva com a alteração da LOA, que só deve ser apreciada pela Câmara na última sessão do ano.

Categorias:Jogo do Poder

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

2 − 2 =