PREFEITURA SANEAMENTO

SUELME EVANGELISTA – Mauro Mendes é o único líder com perfil técnico e com condições de celebrar esta união de esforços pelo bem de Cuiabá

Aliança pelo bem da cidade e o futuro de Cuiabá
Por Suelme Evangelista Fernandes

Cuiabá vive atualmente o maior paradoxo da sua história: se por um lado com a Copa do Mundo de 2014, poderemos ser conhecidos por aproximadamente dois bilhões de pessoas do planeta, que inegavelmente trará muitas oportunidades de negócios; por outro lado, convivemos na cidade com ruas de chão batido em mais de 138 bairros, como na época dos bandeirantes no séc. XVIII. Temos uma precária cobertura social, produto de 24 anos de poder de um mesmo grupo, representado pelo PSDB e sua política de estado mínimo que em Cuiabá excluiu os mais pobres.

É visível a falta de infraestrutura urbana dos bairros da capital e o caos dos serviços públicos, especialmente na saúde, herança das administrações tucana e dos velhos modos de se fazer política e suas práticas de aparelhamento político, clientelismo e fisiologismo.

Diante deste quadro desafiador, a boa política, dentro dos parâmetros da coerência e eficiência, sempre é um importante instrumento de consolidação dos interesses coletivos e principalmente da melhoria do bem comum da população.

Frente a tantos desafios é necessário construir uma grande aliança política por Cuiabá, um projeto que ultrapasse os interesses individuais e imediatos dos grupos políticos e promova um pacto republicano pela cidade. Firmando um compromisso amplo e abrangente com a gestão pública competente, exercida com transparência, voltada para desenvolvimento humano e que, sobretudo, promova uma grande reforma urbana de fora para dentro – da periferia para o centro.

Cuiabá precisa assumir sua condição de protagonista da Copa de 2014, o que não vem acontecendo até agora. Mas isso só vai acontecer se os cidadãos souberem escolher um projeto de poder que possa por fim as rivalidades e disputas entre os grupos políticos historicamente opostos situados no governo estadual e no municipal.

Na atual conjuntura, Mauro Mendes além de representar uma esperança de mudança deste cenário caótico da cidade; é o único líder com perfil técnico e com condições de celebrar esta união de esforços pelo bem de nossa Capital.

Com perfil de administrador, pautado pela boa política, Mauro é o nome certo para administrar Cuiabá e poderá ajudar a tirar a prefeitura da condição de mera coadjuvante, para construir junto com os governos do Estado e Federal a consolidação do legado social que o maior evento do planeta poderá deixar agregado na Capital mato-grossense.

É o momento dos partidos que se alinham ideologicamente com a presidenta Dilma Roussef  consolidarem no Estado uma união com vistas a transformar as oportunidades da Copa em ações concretas que permanecerão para todos nós cidadãos cuiabanos.  Mauro Mendes, desprendido de paixões, por sua capacidade e liderança tem conseguido colocar numa mesma esteira de debates sobre Cuiabá; forças políticas distintas com intuito de discutir: qual a cidade que queremos no futuro?

Sendo assim, é necessário que o Mato Grosso Muito Mais – PDT, PPS e PV e outros partidos PR, PMDB, PTB e PC do B dialoguem entre si na busca inteligente e responsável de saídas e alternativas para Cuiabá.

Este é o momento de romper com o passado, colocar um olho no presente e outro no futuro. Vamos construir um pacto republicano e de princípios por Cuiabá e eliminar problemas políticos antigos decorrentes da velha forma de se fazer política com meros interesses eleitoreiros, egos, rancores e medos. O PSB convida á todos para caminhar juntos e de mãos dadas para a construção de uma aliança do bem e em busca de um novo caminho para Cuiabá.

Suelme Evangelista Fernandesé Mestre em História e Secretário Geral do PSB 40 Cuiabá

Categorias:Plantão

3 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 187.90.225.21 - Responder

    mais uma dessa, e deixo de acessar essa pagina.

  2. - IP 177.145.160.36 - Responder

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKK…. que conversa pra boi dormir essa aí… muito se fala em uma participação política da população, de que o brasileiro precisa qualificar sua ‘cultura democrática’, de que a visão negativa da política precisa acabar… até uns tempos atrás eu era assim, um tanto utópico é verdade… mas quer saber… a política, os poderes constituídos (Executivo, Legislativo e Judiciário, notadamente o Estadual), a imprensa e todo o resto que cerca o PODER não passam de instituições podres… nosso Estado Brasileiro e nosso Estado de Mato Grosso são uma COMÉDIA… sempre foi assim e sempre será… não há seriedade e compromisso público com o Estado… aliás, muito se fala em República e Democracia, nos discursos e nos livros são algo mágico… na prática, um engodo… vivemos um faz de conta… a propósito, veja-se o fim que levou meu ex-companheiro Danton!

  3. - IP 177.132.243.227 - Responder

    comcordo com suelme, pois o voto além de ser um direito é um dever. mas o povo ainda não aprendeu a votar, é o momento de renovar a camara municipal de Cuiabá em 100%, pois não podemos deixar que a ditadura financeira tomem conta do cenario poltico.Se não acertamos até agora, temos que trocar o prefeito, todos os vereadores, pois os eleitores votam pela troca de favores e tem 4 minutos de alegria e 4 anos de sofrimento.MUDA CUIABÁ, RENOVAÇÃO JÁ. DIGA NÃO A REELENÇÃO DOS VEREADORES.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

um × 4 =