Campanha Coronavirus

Servidores e servidoras do TCE fazem história, com abraço ao Tribunal e manifestação que repudia, preventivamente, a indicação de conselheiros ficha-suja. Sem citar nomes, esses lutadores sociais estavam falando do notório Gilmar Fabris, é claro, que participa de articulação liderada pelo deputado Riva, na Assembleia, para ser nomeado no lugar de outro ficha-suja, o atual conselheiro Bosaipo, que está tentando se afastar para se livrar de julgamento final no Superior Tribunal de Justiça

tce ato

 

 

Dentro da Assembleia, manifestantes cantaram em coro:

Dentro da Assembleia, manifestantes cantaram em coro: “É ou não é, piada de má fé, nomear ficha suja para atuar no TCE”

 

 

 

Os servidores e servidoras do Tribunal de Contas de Mato Grosso, em uma mobilização inédita, foram para as ruas protestar contra a possível indicação de um candidato ficha suja para ocupar a vaga a ser aberta com a possível aposentadoria (ou com a possível demissão compulsória) do atual conselheiro Humberto Bosaipo, alvo de uma série de processos por corrupção.

A manifestação histórica aconteceu na tarde desta terça-feira (25), no Centro Politico Administrativo, em Cuiabá, com os servidores e as servidoras vestidos de luto e dando um abraço coletivo e simbólico no prédio do Tribunal de Contas.

O protesto coletivo teve como pano de fundo as noticias que dão conta de que o suplente de deputado estadual Gilmar Fabris (PSD), assumiria a cadeira, por indicação da AL, em articulação que está sendo capitaneada pelo deputado José Geraldo Riva, principal liderança do partido.

Gilmar Fabris é acusado em diversos escândalos, como na Operação Ararath, deflagrada pela Policia Federal e que investiga supostos crimes de lavagem de dinheiro e contra o sistema financeiro. Curiosamente, nesta terça, foi divulgada mais uma ação do Ministério Público contra ele, por possível envolvimento no chamado Escândalo das Cartas Marcadas, fraude que em que se teria desviado dos cofres estaduais quantia próxima a 400 milhões de reais.

“Gostaríamos que os senhores deputados se sensibilizassem e fizessem uma indicação de forma transparente, evitando que seja mandado para o órgão pessoas que tenham problemas com a justiça, ou que desabone sua conduta moral. Nós sempre questionamos o processo de indicação para o TCE, sempre foi um conselheiro aposentar e no mesmo dia já ser apresentando um novo nome, sem se ter feito uma discussão com a sociedade ou sabatina efetivamente. Para ser um conselheiro não pode ser qualquer pessoa”, defendeu Vander da Silva Melo, presidente da Audipe – Associação dos Auditores Públicos Externos do TCE e um dos organizadores do ato.

Além da Audipe, a manifestação contou com o apoio da Associação dos Técnicos do Controle Público e Externo do TCE-MT (Astecompe), Associação dos Auditores Públicos Externos do TCE (Audipe), Sindicato dos Trabalhadores do TCE-MT (Sinttcontas) e Associação dos Aposentados do TCE-MT (AAPTCE), MCCE, Ong Moral e Fórum Sindical de Mato Grosso e outras entidades populares.

Vander da Silva Melo, presidente da Audipe

Vander da Silva Melo, presidente da Audipe. Fotos Hegla Oleiniczak

 

 

 

tce ato pela ficha limpa

 

tce ato contra gilmar fabris

 

tce ato servidores

 

 

O MCCE e a Ong Moral fortaleceram a manifestação dos servidores do Tribunal de Contas

O MCCE e a Ong Moral fortaleceram a manifestação dos servidores do Tribunal de Contas

 

Promotor de Justiça, Miguel Slhessarenko, presidente da Associação do MP, também presente e solidário na luta

Promotor de Justiça Miguel Slhessarenko,  presidente da Associação Mato-grossense do Ministério Público, também presente e solidário na luta

Juíza Célia Vidotti proibe TCE de analisar aposentadoria de Bosaipo by Enock Cavalcanti

Ministério Público alerta Assembleia Legislativa quanto à temeridade que seria indicar Gilmar Fabris para c… by Enock Cavalcanti

Ministério Público alerta Tribunal de Contas quanto à temeridade que seria indicar Gilmar Fabris para conse… by Enock Cavalcanti

Ministério Público alerta governador Silval Barbosa quanto à temeridade que seria indicar Gilmar Fabris par… by Enock Cavalcanti

9 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 201.41.103.154 - Responder

    parabéns aos servidores e servidoras do TCE; lugar de ficha suja é na cadeia.

  2. - IP 189.59.44.83 - Responder

    Ainda bem que Gilmar Fabris não é do PT. Se o fosse, apesar de se enquadrar em diversos artigos do Código Penal, seria considerado como mais um herói injustiçado.

    • - IP 189.59.69.195 - Responder

      ROBERTO NÃO TEM SOBRENOME?
      QUE COVARDIA É ESSA?

    • - IP 189.114.48.46 - Responder

      Não critique o PT, SR. Roberto, porque o “Ademais” não gosta.

  3. - IP 179.253.187.103 - Responder

    Paus que batem em Chico, devem bater nos Franciscos que compõe o órgão…

    É um bom começo!

  4. - IP 201.34.222.4 - Responder

    O conselheiro, segundo o MP, é desonesto e criminoso… contudo, o órgão ministerial pede e impede que ele vá para casa e deixe de atuar no julgamento das contas… Algumas coisas não entram facilmente na minha cachola, mas creio que seja dificuldade pessoal, burrice e falta de conhecimento sobre lógica. Vou matutar até entender… caso seja possível superar estas dificuldades…

  5. - IP 189.114.48.46 - Responder

    Se os petistas fossem a favor da ficha limpa, eles expulsariam do partido os meliantes condenados que são os seus heróis.

  6. - IP 177.41.93.20 - Responder

    Até parece que nesse tribunal só tem santinho…esse Fabris é só mais uma raposa do meio politico que está tentando ir tomar conta do galinheiro. Mas quá!

  7. - IP 189.87.159.130 - Responder

    Parece que o Adams se incomodou com minha postagem e vestiu a carapuça. Quando a mensagem não lhe interessa ele exige nome e sobrenome. Qdo lhe interessa, vale de qualquer jeito. Confesso que minha postagem era endereçada ao próprio Enock, mas como esperto que é, não passou recibo. Mas Ademar, não tenho a mínima intenção de polemizar contigo. deixo este mister para o Ubiragara Itagi, vcs dois são ótimos…

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

dezoito − onze =