Saida de Alencar é certa. Entrada de Sérgio, não.

O noticiário da conta de que o conselheiro Alencar Soares deve confirmar, nesta semana, sua saída do Tribunal de Contas do Estado. A vaga, de acordo com o jornal Circuito Mato Grosso, teria sido alvo de negociação milionária. O nome mais falado para substituir Alencar é o do deputado Sérgio Ricardo. Mas também se fala de Chico Daltro e o nome de Gilmar Fabris também volta à baila, depois da liminar que o suplente do PSD conseguiu no TSE. Confira o noticiário

Conselheiro Alencar Soares deve deixar o TCE nesta quinta

De Barra do Garças – Ronaldo Couto
OLHAR DIRETO

O conselheiro Alencar Soares Filho deve anunciar sua saída do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso (TCE-MT) nesta quinta-feira (3). Alencar aproveitou o final de semana prolongado para fazer alguns contatos com políticos em Barra do Garças, onde pretende disputar a prefeitura em outubro. Para tanto, o conselheiro precisa sair do TCE e filiar-se a um partido até o dia 6 de maio.

A primeira providência será o anúncio da saída de Alencar do TCE, segundo uma fonte, o fato deve acontecer nesta quinta-feira (3). Posteriormente Alencar deve procurar o empresário e pré-candidato a prefeito do PSD, Roberto Farias, para um entendimento. Beto pediu um prazo de 20 dias para tomar uma decisão.

No sábado (28), o conselheiro esteve numa festa e falou rapidamente sobre política com o empresário Ubaldino Rodrigues, pré-candidato a prefeito pelo PDT, admitiu a possibilidade de candidatura e chegou a pedir o apoio do pedetista caso confirme candidatura.

Alencar já disputou a prefeitura em 1992 e 1996, quando saiu derrotado por Wilmar Peres e Wanderlei Farias, respectivamente. Depois se elegeu deputado estadual em 1998 e 2002 e na seqüência renunciou ao mandato para assumir uma vaga no TCE.

A entrada de Alencar pode mexer com o cenário político de Barra, que tem hoje três pré-candidaturas definidas: Roberto Farias (PSD), Adalto de Freitas (PMDB) e Sandro Saggin (PSB). E uma quarta pré-candidatura do grupo do prefeito Wanderlei Farias (PR), entre Júlio César (PSDB), Andréia Santos (PR) e Ubaldino Resende (PDT).

A tendência é que o processo eleitoral barra-garcense afunile em três e no máximo quatro candidaturas a prefeito a partir das convenções em junho.

Categorias:Jogo do Poder

1 Comentário

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 201.22.172.137 - Responder

    Tudo já acertado politicamente, o novo conselheiro do Tribunal de Contas será o Deputado Riva e ponto final.
    Admiro este e outros site não saber o que até as pedras já sabem.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

dois + dezenove =