PREFEITURA SANEAMENTO

REDE GLOBO, OLHA O VEXAME! Jorge Pontual censurado, na Globo News, ao mostrar que especialista dos Estados Unidos avalia medicina comunitária cubana, implantada por Che Guevara, como revolucionária. Depois que críticas à censura explodiram nas redes sociais, Globo recolocou fala no ar. Esses elogios, é claro, não aparecem no Jornal Nacional mas você vê aqui.

GLOBO CENSURA: “MEDICINA CUBANA REVOLUCIONA”

:  

A frase acima e todo o comentário informativo do jornalista Jorge Pontual, correspondente da Globo em Nova York, foram retirados do site do programa Em Pauta, da Globo News; censura bruta; na tevê, foi ao ar, mas só porque ele falava ao vivo; Pontual, ao lado de Eliane Cantanhêde, deu uma aula sobre o assunto; disse que entrevistou pesquisadora americana Julia Silver para o programa Sem Fronteiras; dali extraiu informações que a Globo detestou; sistema de medicina comunitária foi criado por Che Guevara; médicos cubanos livraram 600 mil africanos da cegueira; Organização Mundial de Saúde recomenda modelo cubano para todo o mundo; “agora, os brasileiros vão desfrutar dessa medicina que revoluciona o modelo tradicional”; tudo foi cortado; furo é do site Tijolaço; assista ao video censurado


 

247 – Caiu a máscara, mais uma vez, da censura explícita existente nas Organizações Globo frente a informações que não combinam com a cartilha ideológica dos irmãos Marinho. Desta vez, um vexame explícito. O jornalista Jorge Pontual, no programa Em Pauta, da Globo News, desta quinta-feira 29, foi chamado a falar, no telão, sobre a chegada dos médicos cubanos ao Brasil. Ao lado dele, na grande tela, estava a também comentarista Eliane Cantanhêde, que em sua coluna no jornal Folha de S. Paulo disse que os médicos cubanos chegariam ao Brasil em “aviões negreiros!.

A censura foi feita na internet porque Pontual, sem adjetivos, repôs a verdade sobre a medicina e os médicos cubanos.

Ele iniciou dizendo que havia entrevistado a pesquisa americana Julia Silver para o programa que comanda, também na Globo News, o Sem Fronteiras. A partir desta entrevista, Pontual disse o seguinte no Em Pauta:

– Que, após a revolução de 1959, metade dos médicos de Cuba fugiram do país;

– Sobraram apenas 3 mil e 14 professores de Medicina;

– Diante da iminência do ensino de Medicina acabar em Cuba, o revolucionário Ernesto Che Guevara, que era médico, criou e implantou o sistema de saúde comunitária;

– Graças a esse sistema, milhares de novos médicos cubanos voltaram a se formar e puderam, mais tarde, sair pelo mundo em missões humanitárias;

– Num desses momentos, salvaram 600 mil africanos da cegueira;

– Noutro, fizeram um trabalho excepcional após o terremoto do Haiti;

– Atuaram no sentido de fazer, hoje, com que Cuba tenha índices de saúde melhores do que países como os Estados Unidos e muitos da Europa;

– Levaram a Organização Mundial de Saúde a considerar o sistema cubano um modelo a ser seguido por todos os países do mundo;

– A resistência das entidades médicas, explicou Pontual, se deu, em outros países, antes do que está acontecendo no Brasil, porque o sistema cubano é uma verdadeira revolução, com o médico vivendo dentro das comunidades;

– Finalizou Pontual, cravando: “A Medicina de Cuba é um exemplo para o mundo”

Por tudo isso, Pontual teve seu comentário cortado do site do Em Pauta, da Globo News.

Ele disse ter feito a entrevista para o programa que comanda, o Sem Froteiras, previsto para ir ao ar nesta sexta-feira 30, a partir das 23h30, na própria Globo News.

Vai mesmo? .

A descoberta da censura foi feita por um leitor do site O Tijolaço (http://tijolaco.com.br/), que assistiu ao Em Pauta pela tevê e viu o mesmo programa, com a extirpação do comentário de Pontual, na internet.

Para vexame das Organizações Globo, foi possível recuperar o comentário de Jorge Pontual no Em Pauta.

Por volta das 20h30 desta quinta 29, diante da repercussão em tudo negativa da censura, a Globo voltou atrás e postou o comentário de Pontual de volta no site, como se nada tivesse ocorrido. Sem qualquer pedido de desculpas. Mas ai já era tarde. Ao longo das várias horas em que foi cortado, a máscara já havia caído.

Categorias:Imprensa em debate

7 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 179.217.114.86 - Responder

    E alguém acha que a grande mídia vai deixar os leitores e telespectadores saberem disso?! Claro que é mais fácil fazer com que a classe menos favorecida e a classe média, achem que os médicos cubanos virão para o Brasil para fazer uma medicina arcaica, deficitária, etc. Pobre de um país em que sua elite trata a população de forma tão cruel.

    • - IP 177.221.96.140 - Responder

      isso mesmo, a censura há de ser combatida, não podemos deixar tudo igual à ditadura que existe no PT e nos seus governos ditatoriais nos quais acontecem casos como o do Lula que quis expulsar do país um jornalista estrangeiro só porque ele escreveu algumas verdades acerca da agudas preferências etílica do ex-Presidente Bebum..

  2. - IP 177.41.95.105 - Responder

    KKK….e a censura não é só lá…minhas opiniões no site midianews nos textos do Dr. Gabriel Novis e Eduardo Mahon em relação a esse assunto são invariavelmente censuradas.

    Agora vamos ver quanto tempo esse Jorge Pontual se segura na Globo.

    • - IP 179.252.15.50 - Responder

      Papagaio tem razão. Todos os sítios de notícias de Cuiabá e Várzea Grande censuram seus leitores, com exceção deste Paginadoe que é exemplo radical de respeito à liberdade de expressão e pensamento. Aqueles sítios censuram opiniões contrárias aos seus “escrevinhadores”, principalmente aos “intelectuais” da Província. Olhar Direto, Midianews, RDNews, Odocumento, e tantos outros, usam da censura e colocam seus leitores em situações constrangedoras. Proponho publicarmos aqui no Paginadoe as opiniões censuradas naqueles jornalecos para que possamos demonstrar que a censura objetiva proteger medalhões cujas opiniões não podem ser contestadas. Não podemos nos deixar vencer pelos censores daqueles sítios de notícias. A nossa liberdade de expressão não pode sofrer embargos desses donos da notícia. Independentemente de nossas convicções políticas e divergências, temos o dever de furar o esquema desses pseudos jornalistas, contribuindo, assim, para o aprimoramento das instituições e a construção de uma mídia responsável. Enock, fica a sugestão. Você é o que tem mais reputação, comprometimento e história para coordenar essa luta. Abaixo a censura dos sítios de notícias!

      • - IP 177.132.246.97 - Responder

        Enock, fica a dica do Vicente: em forma de um post permanente no alto da sua página somente para exibir comentários censurados nos outros sites. Basta vc estabelecer o formato, para não virar bagunça: 1-colocar o nome do site. 2) colocar o link para a matéria original que deu origem ao comentário. 3- colocar o comentário que o site se recusou a publicar. Vamos deixar o leitor julgar se realmente houve “ofensa, denúncia sem prova” e etc, que é o que eles usam para censurar….na minha opinião, é justamente o contrário, eles aprovam os comentários contrários mais toscos para darem um ar de democracia, e bloqueiam os que tem argumentos sólidos…vamos desmascará-los.

  3. - IP 189.59.42.198 - Responder

    Eu gostaria de saber,quando um medico cubano cometer falha ou imperícia no atendimento e isso resultar em óbito do paciente ,aonde ele irá responder pelo crime,em Cuba? no Brasil?, e a pena ele irá cumprir onde?E quem a família do falecido devera processar?O governo brasileiro, o gov. cubano?Mais uma vez repete-se É JABUTICABA!

  4. - IP 177.41.90.78 - Responder

    A fama dos médicos cubanos é muito grande em:Cuba,Venezuela,Bolivia,Equador;enfim,só em países de quarto mundo,se bons de fossem,os grandes hospitais e corporações médicas do mundo ,já os teriam buscado há tempos. É tudo uma grande enganação!

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

18 − 13 =