R$ 5 MILHÕES Dilmar acusa Silval de pagar pesquisas eleitorais com dinheiro público

R$ 5 MILHÕES
Dilmar acusa Silval de pagar pesquisas eleitorais com dinheiro público
Antonielle Costa

O deputado estadual Dilmar Dal Bosco (DEM) acusou nesta quarta-feira (29), o governador Silval Barbosa (PMDB) de ter pagado R$ 5 milhões a um grupo de Comunicação, para a realização de pesquisas eleitorais visando interferir com no processo eleitoral em vários municípios do Interior do Estado.

Ele citou como exemplo a cidade de Sinop (Norte do Estado), onde seu irmão Dilceu Dal Bosco enfrenta o candidato apoiado pelo governador Juarez Costa (PMDB), que tenta a reeleição.

“A Gazeta Dados tem divulgado umas pesquisas vergonhosas, onde nem os números divulgados em matérias batem. Faz-se uma lambança nas pesquisas de interesse do Governo do Estado, pelo que dá para se entender ou então realmente não tem seriedade ou querem acabar com as eleições municipais interferindo diretamente. São pesquisas falsas pagas com o dinheiro público”, afirmou em discurso na tribuna da Assembleia Legislativa.

Para Dilmar, o Governo do Estado não deve interferir nos municípios e deixar o povo escolher quem é o melhor candidato.

“Não pode ter influência de patrocínio político, principalmente do governo onde denigre a imagem do oponente com pesquisas falsas. As pesquisas pagas pelo governo nenhuma batem com a outra. O Ibope já mostrou que não é como o governo quer, vamos deixar a democracia prevalecer e não o interesse do governo em por o dedo e pagar pesquisas com o dinheiro público nosso – arrecadado por meio de impostos”, esbravejou.

Segundo o deputado, Silval deveria deixar de lado o interesse nos municípios e melhorar sua gestão, dando qualidade aos servidores públicos que se encontram em greve – como é o caso dos agentes penitenciários, qualidade aos médicos que penam com o atraso nos repasses da saúde.

“Queremos um governo que cuide, seja humano e não tire a democracia no Estado, indo aos municípios falar em abrir novos hospitais se não paga nem os médicos, sendo que o repasse da saúde não está sendo feito. Agora se está sendo repassado para outra coisa não temos conhecimento”, disse.

O democrata afirmou ainda que o Estado de Mato Grosso arrecada R$ 1,2 bilhão por mês, mas que este está sendo mal aplicado. “Onde está indo esse dinheiro, por que nós não vemos? Não está pagando empreiteira, não repassa para a Saúde, os funcionários todos clamando por necessidade”, destacou.

Defesa

O líder do governo no Legislativo, deputado Romoaldo Júnior (PMDB) saiu em defesa de Silval Barbosa e disse que ele não tem pagado pesquisa eleitoral, citando exemplo em que os adversários em Cuiabá e Várzea Grande estão na frente nas pesquisas.

Outro lado

A reportagem tentou contato com o governador Silval barbosa, mas as ligações não foram atendidas. O mesmo ocorreu com o celular do secretário de Estado de Comunicação, Carlos Rayel.

 

FONTE MATO GROSSO NOTICIAS

Categorias:Plantão

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

dezessete + 3 =