PRIMEIRO DE MAIO, DIA DE LUTO E DE LUTA: 27ª Romaria dos Trabalhadores e Trabalhadoras percorrerá as ruas de Várzea Grande. Um dos pontos de reflexão da romaria será o sistema financeiro. As cinco principais organizações financeiras que atuam no país – BB, Bradesco, Caixa, Itaú e Santander – juntas, ultrapassaram a marca dos R$ 59 bilhões.Todo esse lucro tem um alto custo para a classe trabalhadora e para a sociedade. Rádio Comunitária CPA FM também promove Festa do Trabalhador e protesto contra a terceirização na Praça Cultural do CPA II

27_ROMARIA DOS TRABALHADORES NA PAGINA DO ENOCKNo dia 1º de maio, tradicionalmente, há quase 30 anos, os movimentos sociais e sindicais se unem para realizar a Romaria dos Trabalhadores e das Trabalhadoras.

Este ano, não será diferente. A 27ª Romaria dos Trabalhadores e das Trabalhadoras, neste primeiro de maio, terá como tema “Direitos conquistados jamais devem ser tirados e sim ampliados”. Os romeiros irão se concentrar às 8h, na Praça central do Bairro Cristo Rei, em Várzea Grande e seguirão em caminhada até Paróquia Nossa Senhora das Graças, localizada no Parque do Lago.

Além dos eixos da Campanha da Fraternidade, a Romaria deste ano incorpora temas como: as alterações das Medidas Provisórias 664 e 665, o Projeto de Lei 4330, PL da Terceirização, Democratização da Mídia e a Reforma Política.

Sistema Financeiro

Um dos pontos de reflexão da romaria será o sistema financeiro. As cinco principais organizações financeiras que atuam no país – BB, Bradesco, Caixa, Itaú e Santander – juntas, ultrapassaram a marca dos R$ 59 bilhões. O maior lucro da história dos bancos do Brasil. E, a expectativa é de mais crescimento.

Todo esse lucro tem um alto custo para a classe trabalhadora e para a sociedade. A categoria bancária trabalha sob pressão exacerbada, extrapolando a jornada de 6 horas e muitas vezes, sob péssimas condições de trabalho: além dos ambientes insalubres ainda a falta segurança, ainda, sob o medo constante de demissão. Já, os clientes pagam altas taxas de juros e sofrem sérios problemas com cobranças indevidas, além de enfrentam agências lotadas com filas intermináveis e correndo riscos de serem assaltados. Enfim, todos perdem menos os bancos!

 

CPA FM 1 DE MAIO

Rádio Comunitária promove festa do Trabalhador e protesto contra a terceirização na Praça Cultural do CPA II

 

O Dia do Trabalho, do Trabalhador, neste Primeiro de Maio tem uma atração a mais. A Rádio Comunitária CPA FM realiza a 4ª Festa do Trabalhador Contra a Terceirização e Comemoração dos 15 anos da Rádio Comunitária. “Isso mesmo, 15 anos”, afirma o presidente da Associação Movimento Comunitário, Geremias dos Santos.

Em sua quarta edição este ano, a Festa do Trabalhador busca, além da confraternização, fazer uma reflexão sobre as relações de trabalho, o mercado de trabalho e este ano, por conta do projeto lei, em tramitação no Congresso Nacional, que institui a terceirização ampla, geral e irrestrita, será também um ato de manifestação contra esse esbulho contra o trabalhador.

A festa vai começar às 16 horas e deverá terminar à meia noite, na praça Cultural do CPA II. As atrações confirmadas: Nico & Lau, as cantoras Thais Serra, Maria Félix, Paula Shaira e Bia Borel; cantores Zezé Paulo e Dejalma Antunes; Banda P33, Banda Real Som, Matheuzinho dos Teclados, Banda Ki Mistura, Jamaika Trio, Banda Os Meninos, Fábio Santos & Wanderley, Banda Os Amigos, Juninho Maroto, C do Samba, Linha Dura, Atos 29, BelicoEste, MC Dentinho, MC Vinicinho, Transformes e as Banda Musical da Escola Estadual Dione Augusta e Banda Marcial da Escola Estadual André Avelino.

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

16 + 18 =