PREFEITURA SANEAMENTO

VITÓRIA DA ARTE: Pressão nas redes sociais leva André D`Lucca a desistir de acordo com Roseli Barbosa. “Ficou parecendo que RECEBI DINHEIRO, que me vendi, que me ajoelhei e pedi desculpas e que a Madame saiu vitoriosa” – justifica-se o ator. Dia 27, estréia nova peça focada no “Lar das Crianças”

O acordo negociado pelo advogado Eduardo Mahon não vale mais. O ator anuncia que vai pedir a retirada do documento que já fora assinado e protocolado na Justiça.  A partir do dia 27, ele retoma as críticas à primeira dama em nova peça que terá o "Lar das Crianças" como cenário.

O acordo negociado pelo advogado Eduardo Mahon não vale mais. O ator anuncia que vai pedir a retirada do documento que já fora assinado e protocolado na Justiça. A partir do dia 27, ele retoma as críticas à primeira dama em nova peça que terá o “Lar das Crianças” como cenário.

Ator volta atrás e desiste de acordo com primeira-dama Roseli Barbosa

André D´Lucca justificou que não cometeu crime e reavaliou situação para voltar atrás em acordo

ALEXANDRE APRÁ
DO ISSOÉ NOTICIA

Ator André D´Lucca, que dá vida à personagem Almerinda, volta atrás e desiste de acordo com primeira-dama Roseli Barbosa O ator André D´Lucca desistiu do acordo firmado com a primeira-dama Roseli Barbosa poucas horas depois de sua assinatura. O humorista que interpreta a personagem “Almerinda” havia sido processado por Roseli por conta de comentários que ela classificou como desonrosos.

No entanto, o juiz Yale Sabo Mendes havia negado uma liminar a Roseli, dois dias antes de sua apresentação há duas semanas, que pedia que o ator fosse proibido de citá-la em sua peça de teatro.

O acordo havia sido firmado nesta segunda-feira, em uma reunião articulada pelo advogado Eduardo Mahon, que defende o ator. O documento que já chegou a ser protocolado na Justiça previa que o ator não poderia mais citar o nome de Roseli em suas peças teatrais, nem tampouco fazer comentários jocosos contra a primeira-dama. Ele também se comprometeu em retirar do Facebook uma carta-aberta que teve mais de mil compartilhamentos.

Procurado pela reportagem, o ator André D´Lucca se limitou a informar que decidiu voltar atrás no acordo em razão de uma série de consultas feitas por ele. “Ponderei uma série de coisas e vi que devo desistir desse acordo. Não acho que cometi nenhum crime. E está decidido”, limitou-se o humorista.

André explicou ainda que, na manhã desta terça-feira (20), vai se reunir com o advogado Eduardo Mahon para explicar a decisão que tomou. O acordo firmado pode ser desfeito, já que ainda não foi homologado pelo juízo da 9ª Vara Cível de Cuiabá, onde tramita a ação proposta por Roseli.

Os advogados Eduardo Mahon e Ulisses Rabaneda –responsável pela defesa de Roseli -, questionados pela reportagem, disseram que não tinham conhecimento sobre a desistência do acordo.

Almerinda e o Lar das Crianças

André D´Lucca também afirmou que nos próximos dias 27, 28 e 29 de agosto fará uma temporada com a peça “Almerinda e o Lar das Crianças”, em homenagem à primeira-dama. Na peça, o humorista promete fazer novas piadas e aproveitar toda a polêmica criada pela esposa do governador Silval Barbosa (PMDB).

 

CONFIRA O QUE ANDRÉ D`LUCCA DIVULGOU NAS REDES SOCIAIS:

https://www.facebook.com/dlucca.andre/posts/419389574837463

André D’Lucca Só não muda de ideias quem não as tem… Roseli adorei a reunião, te conhecer de perto, aprender alguns trejeitos seus e ver de perto o tom do seu Loiro 40. Gostei do Fato de VOCÊS proporem o acordo para retirar a ação. Você me mostrou o poder de uma Piada. Mas o assunto foi para imprensa de forma tendenciosa. Li matérias que dizem que eu propus o acordo e isso é uma grande mentira. Diz que vou apagar meus vídeos. KKKKKKKKKKKKKKK. Cada uma né? Meu advogado me disse que vocês pediram esse acordo. No final ficou parecendo que eu RECEBI DINHEIRO, que eu me vendi, que eu me ajoelhei e pedi desculpas, que a Madame saiu vitoriosa, e ainda diz lá que o que a senhora fez não foi uma tentativa de Censura. O que foi então? FOI CENSURA SIM! Na sentença isso fica claro pra mim.

Não retiro nem uma denuncia que fiz naquela carta aberta porque elas são embasadas em denuncias da imprensa e investigação do Ministério Publico, não fui eu quem as inventou. Só ajudei, com sua ajuda me processando, a espalhar as denuncias contra o Lar das Crianças nas Redes Sociais e alguns absurdos desse Governo que acontecem em baixo dos nossos olhos e fingimos não ver. EU VEJO E MUITA GENTE TAMBÉM VÊ. Agora resolvemos falar, e não vamos nos calar. Queremos mudanças urgente. Continuo com a mesma opinião que a gestão dos BARBOSAS é sem duvida a pior da história de MT. Também não estou inventando isso. O povo quem diz. Basta ler qualquer jornal que a Senhora vai entender o que estou falando. Qualquer Jornal Imparcial Claro.

Me senti enganado. Entendo a urgência da operação abafa, ano que vem tem eleição. Mas felizmente esse acordo só terá validade quando for homologado pelo Juiz e ele não será. EU DESISTO do ACORDO. Nesses termos que vocês querem não tem acordo. Seguimos igual, além das piadas antigas, dos dois espetáculos novos, hoje decidi criar mais piadas novas. A senhora no final disse que minha peça está sem graça de tanto que falo de vocês. Não sei quem lhe disse isso mas mentiu. Almerinda nunca esteve tão engraçada. Venha conferir. Você e Silval são meus convidados. Bjs, boa noite, to cansado, são 3 da manha e cedo tenho entrevistas sobre a LIBERDADE DE EXPRESSÃO.

Obs- Como te falei pessoalmente, não é nada pessoal. Faça seu trabalho bem feito que farei o meu melhor que nunca. Quase cometi uma “Barboseira” mas da tempo de arrumar. Aguardem Cenas dos Próximo Capítulos.

——————————-

NOTA À IMPRENSA

O ator André D’Lucca, ao observar as declarações do advogado Ulisses Rabaneda de que teria pedido desculpas à cliente dele e, em função disso, o processo indenizatório movido por Roseli Barbosa fora retirado, declina do acordo e prossegue com o processo.

Na verdade, como se lê no termo de acordo proposto, o ator faz uma distinção entre crítica à gestão pública e à vida pessoal. Nas postagens que fez, reproduzidas no processo, a abordagem deu-se exclusivamente sobre o Lar das Crianças, objeto de investigação por parte do Ministério Público Estadual. Portanto, as críticas são a atos de gestão, plasmados em processos judiciais e extrajudiciais – públicos, de qualquer sorte.

No acordo celebrado, também deixamos assentado que o artista tem direito a prosseguir com críticas à gestão pública do Lar das Crianças e de qualquer outro segmento governamental mato-grossense, excetuando a abordagem pessoal que, de fato, nunca houve e nem nunca haverá. Da mesma forma, consideramos que foi a Autora Roseli Barbosa quem retirou o processo, arcando inclusive com as custas judiciais e não o contrário, sintoma de um reconhecimento de excesso do direito de ação.

Com relação ao pedido de desculpas, a minuta deixa claro que ambas as partes reconsideram as suas posições porque, somente assim, haverá acordo possível. Lamentavelmente, porém, o advogado da primeira-dama deu a entender que o pedido de desculpas fora unilateral, havendo uma retratação que não existiu e sim um compromisso ético da não abordagem particular de intimidades e prosseguimento livre na crítica à gestão pública, o que é constitucionalmente assegurado.

Por essas razões, lamentando novamente as declarações da outra parte, peticionaremos em Juízo requerendo o prosseguimento da ação para que se prove o direito inalienável de crítica pública, mormente se tratando de atos de gestão e não da pessoa dignatária do cargo. Coloca-se à disposição por meio do advogado constituído que falará especificamente sobre o processo, daqui em diante.

Atenciosamente,

ANDRÉ D’LUCCA
ATOR

EDUARDO MAHON
OAB/MT 6.363 & OAB/DF 23.800-A

8 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 200.103.92.125 - Responder

    VITÓRIA DA ARTE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! tamo juntos!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! pra cima!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  2. - IP 189.5.90.115 - Responder

    Corajoso o Ator. Sempre critiquei o Poder por isso. Querem calar todos tentando impor seu poderio. Todos devem apoiar o Ator e conter os abusos do Estado. Tem que frear as açoes estatais de efeitos pessoais. Nunca se viu tanto desvio de recursos num Estado como no de Mato Grosso. A GAECO e a POLICIA FEDERAL deviam abrir o olho de verdade e começar a desarticular organizaçoes criminosas de verdade. Não é quem pega micharia tem que pegar esses que desviam milhoes e milhoes. Ladrao de banco é pouco perto deles….

    • - IP 187.6.109.186 - Responder

      Estimado Carlos, no caso, o abuso não vem do Estado, mas daqueles que acham que são “donos” do Estado, quais sejam, os “Barbosas”…

  3. - IP 189.10.40.35 - Responder

    Esse cara é um sem noção…medo. coagido…NA PRESENÇA DO SEU ADVOGADO…fala sério,,,,,tudo isto é mais um arrependimento pelo leite derramado….André de Lucca quer se aproveitar da situação……Quem faz acordo mal feito dança…

  4. - IP 189.10.40.35 - Responder

    é igual falar que foi coagido pelo juiz…..kkkkk

  5. - IP 187.6.65.18 - Responder

    MAIS AFINAL A$$INOU OU NÃO A$$INOU, PEGOU OU NÃO PEGOU A$ DE$CULPA$ DA MAJESTADADE.

    • - IP 177.147.153.192 - Responder

      Quem conhece o André sabe que ele não pegou grana. Ele tem muito mais peito que esse bando de covardes que só choramingam e não fazem nada. Para falar mau do cara precisa fazer melhor. Estamos sendo roubados. Olhem para o estado da nossa cidade. Olhem para o interior. Olhem as escolas e hospitais. Quem tem voz precisa tomar posição. Parabéns André.

  6. - IP 177.17.207.211 - Responder

    Esse cara é um sem noção…medo. coagido…NA PRESENÇA DO SEU ADVOGADO…fala sério,,,,,tudo isto é mais um arrependimento pelo leite derramado….André de Lucca quer se aproveitar da situação……Quem faz acordo mal feito dança…

    Ele tem q defender o pão de cada dia! Essa é uma oportunidade de ouro para um ator de quinta como o ANDRÉ não sei do que lá…..

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

7 − 6 =