Presidente Lula processa revista “Veja” por notícia que tenta relacioná-lo com esquema de propinas investigado na Operação Lava Jato. Lula, através do seu Instituto, classificou texto como repugnante e criticou a “absoluta ausência de elementos que possam lhe dar suporte”, além de ressaltar que os repórteres não o questionaram sobre os fatos narrados, impedindo-o de se defender. Além da “Veja” também são processados jornalistas Eurípedes Alcântara, Robson Bonin, Adriano Ceolin e Daniel Pereira. LEIA A AÇÃO

Presidente Lula processa revista “Veja” e jornalistas Eurípedes Alcântara, Robson Bonin, Adriano Ceolin e D… by Enock Cavalcanti

"Veja", revista líder do PIG, segue com sua campanha contra Lula

“Veja”, revista líder do PIG, segue com sua campanha contra Lula, citado como possível nome do PT para a sucessão da presidenta Dilma. “Veja” virou panfleto eleitoral, fazendo campanha eleitoral negativa contra os possíveis candidatos que ela abençoa? É uma hipótese. Sempre uma sórdida hipótese, em se tratando da “Veja” e da consideração que ela faz com relação a seu público leitor. (EC)

 

Lula entrou nesta quarta-feira (29) com ação judicial pedindo reparação por danos morais. “A reportagem repete práticas comuns a VEJA: mente, faz acusações infundadas e sem provas, apresenta ilações como se fossem fatos”, diz nota do Instituto Lula

 

O Instituto Lula emitiu nota no início da tarde desta quarta-feira (29) comunicando que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva entrou com uma ação judicial contra os responsáveis pela publicação da matéria de capa desta semana da revista Veja. O processo tem como objetivo reparação por danos morais.

Os autores da matéria são Robson Bonin, Adriano Ceolin e Daniel Pereira, todos alvos da ação, assim como o diretor de redação Eurípedes Alcântara. De acordo com os advogados que movem o processo, “o texto é repugnante, pela forma como foi escrito e pela absoluta ausência de elementos que possam lhe dar suporte”.

Confira abaixo a íntegra da nota.

NOTA À IMPRENSA

Lula aciona a Justiça contra mentiras de VEJA

São Paulo, 29 de julho de 2015,

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entrou nesta quarta-feira (29) com ação judicial por reparação de danos morais contra os responsáveis pela matéria de capa da revista VEJA desta semana.

São alvos da ação Robson Bonin, Adriano Ceolin e Daniel Pereira, que assinam as reportagens de capa da edição 2.436, que chegou às bancas em 25 de julho passado, além do diretor de redação Eurípedes Alcântara.

“O texto é repugnante, pela forma como foi escrito e pela absoluta ausência de elementos que possam lhe dar suporte”, destacam os advogados de Lula na ação. A peça reafirma também que, de acordo com jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça, “a liberdade de comunicação e de imprensa pressupõe a necessidade de o jornalista e/ou o veículo pautar-se pela verdade”.

A reportagem repete práticas comuns a VEJA: mente, faz acusações infundadas e sem provas, apresenta ilações como se fossem fatos, atribui falas e atos, não tem fontes e busca atacar, de todas as formas, a honra e a imagem do ex-presidente Lula.

 

Foto: Ricardo Stuckert/ Institulo Lula

 

 

 

 

 

http://www.cartacapital.com.br/blogs/midiatico/lula-processa-revista-veja-por-201cfarsa201d-epoca-deve-ser-a-proxima-8068.html

CNMP arquiva reclamação do presidente Lula contra procurador que abriu procedimento investigativo contra el… by Enock Cavalcanti

1 Comentário

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 177.221.96.140 - Responder

    O LULLÃO É INOCENTE.

    O COLLOR É INOCENTE.

    O RIVA É INOCENTE.

    O ADEMAR, DA FAMPILIA ADAMS, ACREDITA NISSO, POIS OS TRÊS POLÍTICOS CITADOS AÍ ACIMA SÃO ALIADOS. O COLLOR É DA BASE ALIADA DO PT E O RIVA É FILIADO AO PSD, TAMBÉM PARTIDO DA BASE E QUE TEM MINISTÉRIO.

    VIDA LONGA E FELICIDADES PARA TODOS.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

13 − um =