PF investiga suposta fraude nas eleições em VG

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Mato Grosso acionou a Polícia Federal e o Ministério Público Federal para investigar a suposta irregularidade ocorrida na eleição municipal de Várzea Grande, em que o deputado estadual Walace Guimarães (PMDB) foi eleito prefeito com 47.338 mil votos dos 174.557 mil apurados.

A informação a qual o tribunal teve acesso dá conta de que foram encontrados títulos de eleitor e comprovantes de votação, supostamente falsificados, na periferia da cidade. As investigações estão a cargo do delegado da Polícia Federal, Cristiano Nascimento.

No dia 7, o candidato Walace recebeu 35,14% dos votos, seguido por Lucimar Campos (32,87%), o atual prefeito Tião da Zaeli (30,63%), Miltão (1,36%) e Edson Ribeiro (0). O TRE registrou 28.644 mil abstenções.

Categorias:Plantão

2 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 201.34.241.123 - Responder

    a familia campos tem historico desde padre pombo lembra isso

  2. - IP 186.213.224.171 - Responder

    Desta vez quem abusou e corrompeu as eleições da V.Grande, foi a turma do nanico do Wallace,com apoio do Silval,Bezerra,Blairo, e outros pilantras,que lamentavelmente hoje dominam o nosso Mato Grosso. PF já,investigando,prendendo,processando, e o MPE e a Justiça anulando essa fraude que foi a vitoria do Wallace.

Deixe uma resposta para Marcos Monteiro    ( cancelar resposta )

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

16 − quatro =