PEDRO APARECIDO responde a ADEMAR ADAMS: “Inveja mata!”

O sindicalista Pedro Aparecido é o atual presidente do Sindijufe, em Mato Grosso

Resposta aos Senhor Ademar Adams: Inveja mata!

POR PEDRO APARECIDO

 

Enock, sempre democrático, me ligou ontem, às 10 da noite, se desculpando pelo horário. Me informava que Ademar Adams mandara um artigo atacando a minha pessoa e se eu quisesse a PÁGINA DO E estaria aberta para a resposta.

Pensei muito e não ia responder. Ademar Adams eu conheço ha muitos anos e sempre sobrevive de ataques e das respostas dos ataques que ele faz. Mas pela madrugada, resolvi encher o saco dos leitores e responder. Acho que este Senhor não merece uma resposta, mas não teve jeito.

Teremos eleição no dia 10 de julho de 2012 no SINDIJUFE-MT – Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal em Mato Grosso.

Este Sindicato completou 20 anos e hoje é um dos Sindicatos, com toda certeza, de maior referência na Luta aqui em Mato Grosso e um dos mais destacados no Brasil quando se fala em Luta e transparência.

Ademar Adams já foi seu presidente quase perpétuo, com mãos de ferro, centralizador, como é o seu estilo, por cerca de 8 anos no século passado e no início deste século.

Ademar abandonou o Sindicato em 2002. Em 2003, entrou novas pessoas na direção do SINDIJUFE-MT, que mudaram a cara do Sindicato. De 2003 a 2006 Ademar sumiu, abandonando a Categoria e só voltou para concorrer as eleições em 2006. Levou uma surra nas urnas, porque a Categoria não o queria mais. Ele era um passado que a Categoria não queria mais ver. Ganhamos a eleição de Ademar em 2006.

Após as eleições de 2006, Ademar abandonou de novo a Categoria, quase não participando mais da vida sindical, não viajando mais, quase não participando mais das Assembleias. Tanto é que os novatos nem sabe quem ele é.

Mas agora em 2012, ele volta novamente. Aparece nas Assembleias. De novo é candidato.

Ademar faz parte do passado, do século passado. Até aí nada de mais, pois a vida quanto mais se vive, ficamos melhor. Mas o que faz parte do passado são os métodos de trabalho, que a Categoria não quer mais.

Hoje o SINDIJUFE-MT é administrado por um Colegiado de cinco pessoas que decide tudo, o presidente é só o coordenador geral. O presidente tem só mais um voto, como todos os outros. Ademar insiste que o Sindicato tem que ser presidencialista. Ter um dono. Ter um ditador. Hoje tudo é decido nas Assembleias, pelos legítimos donos, incluindo quem mora no interior mais distante pode votar pelo correio eletrôncio nas Assembleias.

Na época de Ademar os funcionários do Sindicato não eram escolhidos por seleção pública. Nos tempos de SINDIJUFE-MT moderno, transparente e de Luta, os funcionários são escolhidos por seleção pública. Os advogados e contadores são escolhidos por seleção pública.

As nossas contas são colocadas na internet à disposição dos Sindicalizados e com conta corrente no próprio banco onde Ademar é o presidente, a COOPERJUS.

Ademar fica cego quando fala de eleições. Tão cego que achou que nossa camisa é azul. Nossa camisa é verde.

Com a atual direção do SINDIJUFE-MT, o Sindicato tornou-se referência na luta na sociedade, apoiando os Movimentos Sociais na educação, na saúde, na terra, contra as privatizações, dos Servidores Públicos. Ademar não sabe, pois abandonou a Categoria faz tempo.

É melhor um gueto de insanidade do que a sanidade dos que abandonam a Categoria. É melhor ficar com os loucos do que com os normais que abandonam a Categoria.

Quem é Ademar Adams para falar de sanidade? Virou médico agora para diagnosticar o estado de saúde das pessoas?

Mas vamos aos venenos destilados pelo Senhor Ademar Adams:

1) “A chapa do Pedro só aceita quem votou em José Serra”.

Nós sempre fizemos oposição ao FHC e Serra, como fizemos oposição à Josè Sarney, Collor, Lula e Dilma. Para nós governo é governo, Sindicato é Sindicato, bem diferente do Senhor que acha que o Sindicato deve ser subalterno à Dilma e por isto mesmo estamos a 6 anos com os salários congelados. Cada um vota no seu governo que merece. Nós da chapa 01 – AVANÇAR SEMPRE! entendemos que governos devem ficar fora do Sindicato.

2) “Qualquer servidor que, mesmo por mérito, tenha ocupado cargo nas administrações, é pessoa indigna de pertencer ao sindicato e exercer o direito de participar das eleições”.

Qualquer pessoa que tenha ocupado cargo nas administrações pode participar das eleições do Sindicato. Agora pessoas que participaram de Administrações patronais que cortaram o ponto da Categoria não pode participar da direção. Este é o posicionamento da CHAPA 01 – AVANÇAR SEMPRE!

Um exemplo é o que tem na chapa do Ademar. Lá tem um candidato que já foi diretor geral numa das administrações patronais cuja Administração cortou o ponto de 119 (centor e dezenove) Servidores que faziam greve em 2006 para melhorar o salário de todos. Nós, da chapa 01 – AVANÇAR SEMPRE! jamais admitiríamos que fosse da nossa chapa. Além disto a própria candidata à presidenta da chapa do Ademar Adams era Secretária Geral da Presidência quando a Administração cortou o auxílio alimentação dos Servidores grevistas em 2002. Também na nossa chapa não admitiríamos que fosse da nossa chapa.

Como vê, a chapa do Ademar é bem servida de pessoas que foram ligadas a duas Administrações patronais passadas.

3) “A Constituição Federal foi revogada, sendo proibido o legítimo direito de qualquer cidadão de pertencer a partido político.”

Pertencer a partido pode, Ademar, sem nenhum problema. Tanto para quem está na Base, como quem está na direção. O que não pode é subordinar o Sindicato ao partido.

Os Sindicalizados devem ser politizados e atuantes. A direção deve deve ser politizada e atuante. Mas nunca a direção pode estar a serviços de partidos políticos. O Sindicato em primeiro lugar. Assim pensa a CHAPA 01 – AVANÇAR SEMPRE!

Na sua época era muito comum nas festas do SINDIJUFE-MT ser frequentada por políticos. Na nossa direção não tem moleza. Quem frequenta as festas do SINDIJUFE-MT é o Sindicalizado. Político não entra, seja ele de que partido for.

Em Brasília, no Sindicato do Judiciário Federal de lá, nós temos um exemplo do que não devemos fazer. Lá o governo e os partidos do governo tomaram o Sindicato e são um problema para a Categoria.

Numa morei em Alto Araguaia. Morei em Guiratinga e já fui candidato a vice-prefeito e vereador com muito orgulho pelo PT quando o PT era partido de verdade, dos Trabalhadores e não dos Traidores. Hoje faço oposição ao PT e a todos os partidos que defendem o capitalismo, incluindo o PSDB/DEM, pois sou um revolucionário, coisa que o Senhor não deve saber o que é. Para o Senhor o máximo da revolução foi dar apoio ao Piveta, o homem mais rico de Mato Grosso.

Naquela época em que eu recebia ameaça de morte, em 1985, já separava Sindicato de partido. Nunca misturei as coisas. Sindicato é Sindicato, partido é partido.

Mas veja só Ademar. Na sua chapa tem um companheiro que é o Secretário Geral do PC do B, que já foi presidente do PC do B por várias vezes. O PC do B é o partido de maior suporte à Dilma. Além deste companheiro também temos um militante público da corrente O TRABALHO do PT. Este, apesar de não ser filiado ao PT, é militante do partido.

Para nós, da CHAPA 01 – AVANÇAR SEMPRE! não aceitamos que partidos se infiltrem dentro do Sindicato. Conhecemos bem o Sindicato do Judiciário Federal de Brasília e sabemos o resultado: traição, omissão e subordinação ao governo. Dar força para Dilma dentro do Sindicato é ficarmos mais alguns anos com o salário congelado. Temos é que combater Dilma e não fortalecê-la. Você quer fortalecer Dilma, eu quero enfraquecê-la. Esta é a nossa diferença. Esta é a diferença das duas chapas.

Para que o leitor conheça um pouco mais, na origem e não pelas palavras de Ademar transcrevemos o texto original do que a CHAPA 01 – AVANÇAR SEMPRE! defende:

“Por meio da luta que, historicamente, conseguimos melhores condições de trabalho; que melhoramos nossos salários. E é somente por meio da luta que podemos ter independência e ser livres.

Nas mais recentes batalhas pelo nosso PCS, novos lutadores se destacaram e uniram-se a antigos combatentes. Dessa conjunção de juventude, ousadia, coragem e experiência formou-se um novo grupo de pessoas compromissadas com a defesa dos interesses dos Servidores Públicos do Judiciário Federal em Mato Grosso.

Esse grupo é formado por pessoas que participaram da luta contra a Reforma da Previdência, em 2000; da luta a favor do PCS de 2002; da luta para aumentar a GAJ para 30% em 2004, da luta pelo PCS de 2006 e, agora, da monumental batalha pelo PCS 4.

O PCS 4 está consubstanciado no PL nº 6.613/2009, mas continua sem aprovação pelo Congresso Nacional e precisamos de mais luta e fortalecer a negociação, ainda, no sentido de forçar um acordo entre Executivo e Judiciário para aprovarmos nosso reajuste salarial o mais rápido possível.

Para isso, e para todas as lutas futuras, precisamos de pessoas que não sejam subservientes às Administrações, que sejam independentes, livres e corajosas. Precisamos de pessoas na Diretoria do Sindicato que enfrentem o Governo Federal, qualquer que seja o partido no poder, e que enfrentem as Administrações quando nossos interesses estiverem sob o jugo da injustiça e opressão.

Os rostos de nossa chapa, Chapa 1 – Avançar Sempre!, e de nossos apoiadores, você conhece das Assembleias e das lutas. Nossos projetos e compromissos são assinados com as tintas da segurança, confiança, experiência, equilíbrio e luta.

Fundamentalmente, entendemos que há três coisas que não podem ser permitidas em um Sindicato: ser usado por partidos políticos, ser submisso às Administrações e servir a Governos. Dizemos com veemência: não às “chapas brancas”, pelegas, que falam e agem em nome daqueles que se comportam como longa manus do governo, das Administrações e dos partidos políticos!

Nossa chapa, CHAPA 1 – Avançar Sempre!, não é patronal, não é pelega, não se coaduna com corte de ponto, não é formada de última hora para defender, sabe-se lá, que interesses.

Se você deseja um Sindicato independente e livre, administrado com segurança, confiança, experiência, equilíbrio e luta … Então você é um de nós! Por isso, pedimos o seu voto! Vote: CHAPA 1 – AVANÇAR SEMPRE!”

O SINDIJUFE-MT não será filiado à CUT ou a CTB como a chapa de vocês defendem. Como todos sabem a CUT e a CTB apoiam Dilma. Nós defendemos a CSP-CONLUTAS que é a única Central Sindical livre e independente e que não aceita Imposto Sindical (Contribuição Sindical).

Na direção futura, a democracia será maior ainda Ademar, para sua inveja: teremos 17 pessoas dirigindo o SINDIJUFE-MT na forma de Colegiado, todos com direito à voto. Para seu desespero que adora uma pessoa controlando tudo.

Sobre o fascismo e ditadores o Senhor sabe definir melhor que eu. Não vou sequer entrar no mérito e dar-lhe moral.

Faço caminhada, vou ao cinema com meus três filhos e a minha companheira com quem sou casado há 24 anos, vou ao parque, vou ao teatro (fui ontem, inclusive). Tenho uma linda filha de 7 anos, um lindo filho autista de 11 anos e uma linda filha de 21 que faz mestrado na UFMT em Literatura Africana. Minha mulher é gestora governamental concursada. E também tenho outras coisas na vida. Da minha vida não faz parte o gosto pela arrogância e pelo gosto amargo de jactar veneno em que pensa diferente de mim.

Ademar, você está enfraquecendo a Categoria, pois estamos numa luta mortal contra Dilma para reajustar os salários que estão congelados há 6 anos. Aumentar o poder de Dilma, entregando o nosso Sindicato para Dilma, é a pior solução. Não acredito que tenha uma pessoa na Categoria que aceite isto.

Ainda esta semana estou marcando uma reunião com o Presidente do STF Ayres Britto para continuar a negociação do PCS e pressioná-lo para que aconteça o nosso reajuste salarial. Como todos sabem faça parte da Comissão Nacional de Negociação pelo PCS. Apesar de todas as nossas Mobilizações ainda não conseguimos o PCS e a luta não será fácil.

Nos dias 04 e 05 de julho, os integrantes da nossa chapa dormiram na calçada do TRE, debaixo de barracas, na Mobilização pelo reajuste. Não havia nenhum integrante da chapa do Ademar. Só havia componentes da CHAPA 01 – AVANÇAR SEMPRE!. Nossa chapa é de Luta e não Luta um dia ou dois. Luta sempre!

Sindicato independente e de Luta só com a CHAPA 01 – AVANÇAR SEMPRE!. Mas para quem não pensa assim tem a outra chapa com membros que participaram das administrações passadas que cortaram o nosso salário e os partidos que defendem Dilma. E também tem o Ademar Adams nela.

Não está morto quem Peleia!

Está morto quem Pelega!

 

 

 

Pedro Aparecido de Souza é Servidor Público do TRT, candidato na CHAPA 01 – AVANÇAR SEMPRE! e foi obrigado a escrever este artigo na madrugada em virtude dos ataques do Senhor Ademar Adams.

LEIA AQUI O QUE ADEMAR ADAMS ESCREVEU SOBRE PEDRO APARECIDO

http://paginadoenock.com.br/ademar-adams-sindijufe-comandado-por-pedro-aparecido-virou-gueto-de-insanidade/

Categorias:Jogo do Poder

11 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 177.65.151.107 - Responder

    Não sou servidor público federal mas fiquei seu fã Pedro Aparecido de Souza. Acho o Ademar Adams um babaca, que gosta de ficar na midia achacando as pessoas, como se fosse o paladino da moral. Bom sabermos que existe o outro lado, que ele não é tudo isso que quer parcecer ser. Parabéns pelo artigo! E desde já torço para que sua chapa seja a vencedora.

  2. - IP 201.86.181.107 - Responder

    Não precisa ser do sindicado, para perceber que o Sr. Ademar tem problemas. Nem precisei terminar. Na verdade, não era necessária resposta a qualquer ataque dele. Mas, em todo o caso, foi bom. Agora, sabemos que é recalque da surra que tomou nas urnas. Ele tenta, tenta, tenta…não consegue e, depois, critica. Muito fácil!

  3. - IP 187.55.191.37 - Responder

    Radicalizar é penetrar no amago, no fundo da questão ou problemática posta. Ademar não demonstra interessa pela resolução de problema sindical algum. Na verdade, ele é o problema. E o problema do Ademar é patológico. Ele tem idéias fixas, imutáveis. Formalmente Ademar se apresenta como defensor da ética, da moralidade e de coisas similares, na prática um Brizolista cego e apaixonado que apoia Piveta que agride jornalista e que responde por graves denuncias. Ademar é uma mistura do personagem Bras Cubas e uma replica imperfeita do porco que ilustra o livro revolução dos bichos. Fala em democracia, mas demonstra um víeis autoritário, prepotente e jamais se curva a decisão da maioria. Para ele, tese boa é defensável é somente a concebida por seu cérebro atormentado pela derrocada de seu PDT que fora tomado de assalto por Lupi, liliputianos e Pivetas, além de outras escórias e dejetos da política nacional. Parabéns, Pedro, voce acaba de dar uma boa lição a essa pequena figura chamada Ademar Adans.

  4. - IP 189.10.40.35 - Responder

    Parabéns Pedro Aparecido, a muito venho combatendo neste site/blog o que vc já nos disse hj…ademar adams (minúsculo mesmo) é um ser doentio, além disso, a alma dele tbém é doente, ele é uma pessoa digna de dó, e pior, ele não consegue mostrar nada de importante que tenha feito aqui por MT, Pelego de marca maior, personalidade biltre doentia, esses dias passados vi um comentário de uma senhora afirmando que ele na verdade NUNCA trabalhou, vivendo apenas as custas da atividade sindical. Aí deixo uma pergunta no ar: Quem é ele para criticar alguém ???? Boa tarde a todos e a vc Enock por este espaço democrático !!!!!

  5. - IP 201.47.153.74 - Responder

    Acredito que basta ler os comentários pra saber quem é quem. Ademar… já tá bom pra ti!

  6. - IP 201.47.152.138 - Responder

    Não sou servidor pulblico e nem conheço o senhor Pedro Aparecido,mas fiquei fã do cara e fui buscar informação a seu respeito,foram as melhores possíveis.digno,honrado,trabalhador,honesto e muito competente. Quanto ao senhor Ademar Adams já conhecia do gabinete do Pivetta,dispensa comentário.

  7. - IP 201.41.127.232 - Responder

    Olha, esse Adams é a síntese do fracassado. Não agrega nada…perdedor na democracia, ou seja, um cara que não se adapta a democracia, e tem a pretensão de ser deus, porque da palpite em tudo…e qualquer um que divirja dele, vira o mal em pessoa. E vou dizer mais, o Pedro Aparecido tá pegando leve, porque nem ta falando das contas inexplicáveis da gestão Adams.

  8. - IP 189.59.69.195 - Responder

    Pedro Aparecido, mais aparecido que Pedro

    Em 1995, recebi um Sindjufe acanhado que ninguém queria assumir. A primeira presidente, uma grande companheira, com problemas de saúde fora deixada sozinha. Assim fui escolhido numa assembléia para reorganizar o sindicato, quando estava em férias no Paraná.

    Com a ajuda da categoria criamos uma grande e vitoriosa entidade, que nas mãos de Pedro está encolhendo.

    Aí vem Pedro e diz foi ditador. Se o fosse, porque lê veio se juntar a uma pessoa que esteve oito anos comigo para ser o meu sucessor? Essa pessoa é minha amiga até hoje nem que ouvir falar do Pedro.

    Diz que eu abandonei o sindicato. Segunda inverdade. Eu não quis ficar eterno. Fiz minha parte e abri espaço, não sai por derrota. Saí por cima, fui aplaudido quando passei o cargo. Continuei na luta pela base.

    Neste mandato como diretor, ele maquinou tanto contra o presidente que fora eleito com ele, que este abandonou o mandato antes do fim e abriu espaço para Pedro concorrer. Ele queria concorrer sozinho, decidi fazer uma chapa. Infelizmente surgiu uma terceira chapa de oposição e na divisão Pedro levou a melhor. No próximo pleito ele arrumou uma greve e na confusão, quase ninguém soube da eleição e ele foi reeleito sem concorrentes.

    Outra inverdade e dizer que eu abandonei a categoria. Estive sempre participando. Claro que no assembleísmo e no grevismo sem fim da sua gestão, poucos suportavam as assembléias chatas e repetitivas, nas quais o presidente do Sindijufe imitava o velho Fidel com intermináveis elucubrações.

    Pedro comandou uma greve de 223, mandou registrar no Guines. Greve formal, no papel, onde menos de 2% da categoria estava paralisada. Mas por sua inabilidade, foi cortado o ponto dos colegas.

    E não voltei “para ser candidato”. Foi convocado por colegas descontentes para participar de uma chapa. Sou candidato a diretor suplente, estou apenas para ajudar, nesta quadra da minha vida, não preciso mais de cargos.

    Ele inventou uma tal diretoria colegiada que nas suas palavras “decide tudo” em lugar da categoria. Pura demagogia para dizer que é democrático. Se quisesse fazer sistema colegiado, deveria ter mudados o Estatuto. Mas não, manteve o mesmo e já desatualizado, elaborado nos meu tempo.

    Ele fala muito em transparência, mas ele só coloca as contas para aprovar próximo às eleições, fazendo duas ou três “assembléias ordinárias” em poucos meses. E propositalmente no entardecer de sextas-feiras, quando quase ninguém comparece.

    Assim ninguém questiona que ele pagam R$ 4.000,00 para uma tal de “Luta Fenajufe”, partido sindical e para o Conlutas, que é o braço sindical do PSTU. E acusa o me grupo de querer filiar o sindicato à CUT. Nos meus 8 anos, jamais aceitei filiar o sindicato a CUT, que naquele tempo ainda não era a central pelega que ela é hoje.

    Nos meus anos de Sindijufe, aprovamos dois PCSs, todo mundo unido inclusive na Fenajue. O Pedro ajudou abrir a dissidência “Luta Fenajufe” e nunca mais ganhamos nada. Estamos seis anos sem reajuste.

    Não é verdade que o membro da nossa chapa foi diretor geral que cortou o ponto. O colega referido, foi diretor de coordenação judiciária, e inclusive na época afastou-se do cargo. Na chapa dele tem um candidato foi até poucos dias foi diretor geral administrativo da Justiça Federal. Nenhum problema. É um valioso colega e inclusive meu amigo e companheiro de cooperativismo.

    O colega que é dirigente do PC do B, é candidato a suplente de representante de base. Qual seu poder de atrelar o sindicato? Este pequeno partido não é o maior suporte da Dilma. Afirmação marota. E o militante da corrente trabalho, é servidor em Barra do Bugres. Fato que nem se compara ao fato de vocês destinarem R$ 1.500,00 por mês a uma Corrente do PSTU.

    Dize que vamos entregar o Sindijufe à Dilma, é uma leviandade. Eu declarei publicamente meu voto no Plínio de Arruda Sampaio em 2010.

    Pedro se jacta! Diz que vai marcar reunião do o Ministro Brito. Essa conversa ele tem sempre nas assembléias, onde diz, por exemplo, que a Ministra Carmem Lúcia o ouviu por uma hora. Pedro é o máximo. Vai acabar no comando do Vaticano…

    Não sei como, mesmo seguindo, como disse, o meu receituário de bem viver, Pedro é ressentido, amargo e ingrato. Talvez o fato de se tornar um profissional do sindicalismo seja a causa. Vive em assembléias, reuniões seminários, convenções, conclaves, etc. De avião pra cima e pra baixo. Isso cansa mesmo!

    No meu texto de fato errei de cidade, ele não foi candidato em Alto Araguaia e sim do PT em Guiratinga. Não muda nada. São duas belas cidades do leste.

    Por último Pedro você pode até ganhar a eleição, a categoria você já perdeu. As centenas de desfilados são perda irreparável, comprovam a tua derrota. Mas o passado de glória do Sindijufe, você jamais poderá pagar.

    Ps.: Não se anime com esses detratores que vieram me atacar neste espaço democrático. São os mesmos, anônimos que me atacam sempre que escrevo contra os corruptos e os safados.

    Ademar Adams

    • - IP 189.10.40.35 - Responder

      ademar adams (minúsculo)…vc é rídiculo !!!! Vá se catar seu pulha !!!!

  9. - IP 177.41.86.36 - Responder

    Ademar, faltou falar com detalhes a respeito de suas ligações (ou não) com o famoso
    infrator da lei Pivetta…

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

dezoito + 14 =