PAULO BOMFIM: Vereador Dudu e prefeita Thelma, de Chapada, cadê o dinheiro do povo?

Thelma e Dudu

Vereador Dudu e prefeita Thelma, de Chapada, cadê o dinheiro do povo?

Por Paulo Bomfim

Lá se vão longos 20 anos de impunidade.

Desde a decisão final processual, ocorrida em 2002, o vereador Luciano Augusto Neves – que atende como Dudu – do PSDB que, exercendo o cargo de presidente da Câmara de Vereadores de Chapada dos Guimarães, utilizou-o de forma indevida, fazendo mal uso do dinheiro público, já se passaram mais de 20 anos e parece que ainda não tem conhecimento do que seja vergonha.

Em sua gestão como presidente da Câmara de Vereadores de Chapada, no ano de 1999, foram realizados gastos criminosos com pagamentos a fornecedores através de bilhetinhos anexados a processos administrativos, referentes a despesas sem quaisquer comprovações de efetivo fornecimento e sem notas fiscais, com pagamentos de fornecimentos referindo-se a requisições de salaminho, sal grosso, caixas de cervejas, prestobarbas, galinhas caipiras, maionese, ervilha e vinagre para pessoas estranhas à Câmara, sendo a grande surpresa o pagamento de até receita de bolo.

Apurou-se, também, que foram feitas despesas astronômicas, duvidosas e irresponsáveis com diárias para demais vereadores, com combustíveis quando a Câmara não tinha automóvel próprio e nem locados, pagamentos de sessões extraordinárias para vereadores, até para os ausentes, cestas básicas e medicamentos diversos em farmácias.

Corrupção, corrupção e sempre mais corrupção!!!

Crimes, crimes e mais crimes!!!

Até quando a sociedade aceitará isto???

A Professora e Vereadora Rosa Lisboa, com sua ação de representação legítima, vigorosa, firme e corajosa da sociedade, em defesa dos bons princípios e ética na administração pública municipal que devem prevalecer acima de quaisquer interesses políticos partidários, pessoais e, até mesmo em detrimento de possíveis manobras escusas e protelações corporativistas, fez valer a apresentação do Requerimento de Informações, com URGÊNCIA, de nº 039/2020, em sessão virtual da Câmara de Vereadores.

O requerimento é sobre o cumprimento da Decisão que questiona o Executivo municipal sobre o cumprimento, ou não, da determinação do Tribunal de Contas do Estado do Mato Grosso – TCE, expressa na Comunicação Oficial recebida na Câmara Municipal em dezembro de 2019, com a determinação de CUMPRIMENTO IMEDIATO DE DECISÃO PROFERIDA EM SESSÃO PLENÁRIA, na data de 14 de maio de 2002, de DEVOLUÇÃO AOS COFRES PÚBLICOS MUNICIPAIS do valor total correspondente a 9.821,78 UPFs, referentes ao PROCESSO nº 6490-6/2000, do JULGAMENTO DE CONTAS E DO BALANÇO GERAL DO EXERCÍCIO DE 1999, da Câmara Municipal de Chapada dos Guimarães, com a REPROVAÇÃO da gestão do ex-presidente, LUCIANO AUGUSTO NEVES – que atende como Dudu – PSDB.

Hoje este valor, devidamente corrigido pelos índices inflacionários do período, corresponde a nada mais, nada menos que R$ 1.600.000,00 (Hum milhão e seiscentos mil reais) !!!

Sim, senhoras e senhores, são quase 2 Milhões de Reais, do nosso dinheiro, que o “nobre vereador do PSDB” precisa devolver aos cofres públicos municipais, após 20 anos de “enrolação de processo”!!!

Com contas de gestão dos anos 2017 e 2018 reprovadas pelo TCE -MT com inúmeras irregularidades, conceituadas como GRAVISSÍMAS pelos técnicos da Secretaria de Controle Externo – SECEX e recorrendo a golpes, de recursos esdrúxulos, com mentiras junto ao TCE e Judiciário para impedir a Câmara de Vereadores de julgar, a prefeita Thelma de Oliveira – PSDB está, realmente, sem o menor resquício de respeito para com a cidade de Chapada dos Guimarães. Doente, com câncer, quase não vem ao município. Desde o início da pandemia não comparece na Prefeitura. Delegou tudo a um procurador e ao secretário de administração, de duvidosas qualificações.

Sobre o cumprimento da DECISÃO do TCE-MT, a prefeita Thelma de Oliveira não emite, sequer, uma palavra para prestar contas à sociedade. Thelma de Oliveira – PSDB, pode estar incorrendo em atitude criminosa tentando esconder a corrupção de seu correligionário.

Uma vergonha! Isto é uma vergonha!!!

Todos vocês, dignos eleitores das comunidades das regiões no entorno do Lago do Manso, em especial de Serra Morena, Capão das Matas, Capão das Vacas, Padilha, Batatais, Genézio Alves, Matão, Santa Luzia, Praia Rica, Santa Barbara, Paraiso do Manso, Córrego do Campo, Água Fria e João Carro, não se deixem enganar por estas estruturas repugnantes e corruptas. Não aceitem indicações de sistemas políticos corruptos. Vocês merecem respeito!!!

A Professora, Vereadora Rosa Lisboa e os demais vereadores que aprovaram o Requerimento de Informações, com URGÊNCIA, de nº 039/2020, foram dignos e honraram com a confiança depositada, através dos votos de todos vocês, trabalhando para resgatar estes quase 2 Milhões de Reais!!!

A prefeita Thelma de Oliveira – PSDB tem de dar esclarecimentos à população! Mas o que ela faz, de forma surpreendente, como se vê no anexo deste artigo, é gravar vídeo para exaltar o vereador Dudu, vereador que ela devia estar cobrando e não exaltando.

Se o Vereador Dudu pagar o que deve, com esse valor, bastante significativo, dará para arrumar todas nossas estradas, nossas escolas municipais, que inclusive correm risco de pegar fogo devido as instalações elétricas precárias, pontes que estão danificadas e, também, ajudar as pessoas que estão ilhadas sem poder trafegar e escoar a produção de suas plantações, que são o ganha pão das famílias de todas estas importantes comunidades, destas regiões.

Logo, a comunidade deve mostrar à Prefeita Thelma e ao Vereador Dudu que não está desinformada. Questionem e cobrem destes agentes públicos, da administração municipal, a verdade sobre a devolução destes quase 2 Milhões de Reais, dinheiro público, que o vereador Luciano Augusto Neves – que atende como Dudu – PSDB, gastou criminosamente e agora tem que devolver.

Mentiras e hipocrisias precisam de ter limites!!!

Bomfim

Paulo Bomfim é Cidadão e eleitor de Chapada dos Guimarães

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

um + um =