Paulo Bomfim conversa com Osmar Froner. Chapada merece respeito. VEJA VIDEO

Froner e Bomfim

CHAPADA MERECE RESPEITO

por PAULO BOMFIM

Esta atual gestão da prefeita Thelma de Oliveira na prefeitura do nosso município de Chapada dos Guimarães já está sendo motivos piadas e chacotas em todo o Estado do Mato Grosso.

Com contas de gestão dos anos 2017 e 2018 reprovadas pelo TCE -MT e recorrendo a golpes de recursos esdrúxulos, com mentiras junto ao TCE e Judiciário para impedir a Câmara de Vereadores de julgar, a prefeita Thelma de Oliveira está passando momentos ruins.

Agora surge artigo do site ReporteMT dando notícias da emissão de um decreto municipal nº 059/2020, em que diz:

Art. 3º. Pelo período em que perdurar a suspensão de que trata o art. 1º deste Decreto, das 17:01 horas das sextas-feiras, sábados, domingos e feriados, fica determinado:

… “III – A proibição do funcionamento, em qualquer horário, dos estabelecimentos privados e públicos, com exceção dos seguintes serviços:

 

  • produção de petróleo e produção, distribuição e comercialização de combustíveis, gás liquefeito de petróleo e demais derivados de petróleo;

 

Coisa ridícula!!!

Fomos conferir e constatamos que o “erro” não parou por aí. Foi mais ridículo ainda. Incluíram, também, outros itens que não existem e nunca existiram na cidade:

 

  • geração, transmissão e distribuição de energia elétrica, incluído o fornecimento de suprimentos para o funcionamento e a manutenção das centrais geradoras e dos sistemas de transmissão e distribuição de energia, além de produção, transporte e distribuição de gás natural;
  • produção, distribuição e comercialização de etanol e demais derivados;

 

https://www.reportermt.com.br/esquentando/decreto-e-feito-na-base-da-copia-e-preve-producao-de-petroleo-em-chapada-veja/117747

Seria cômico se não fosse trágico. Estes assessores nem sequer leem o que oferecem para a prefeita, em leito, assinar. A prefeita Thelma de Oliveira, apesar das tristes escolhas que fez, com certeza, neste aspecto merece um “desconto”; não está bem de saúde.

A prefeita está doente com câncer e quase não vem ao município. Desde o início da pandemia não comparece na prefeitura. Delegou tudo a um procurador e ao secretário de administração de duvidosas qualificações. A prefeita, segundo informações, cedeu às pressões e não se licenciou para o tratamento médico.

Assim sendo, a cidade também está doente. A cidade está sem gestão.

Será que temem que o vice- prefeito, Osmar Fronner, ao assumir possa quebrar a continuidade de alguns processos, contratos e seus aditivos? Quem arrisca um palpite?

A sociedade está apática e sem informações. Não se cumpre a Lei de Transparência e muito menos respondem aos Requerimentos de Informações da Câmara de Vereadores.

O atual vice-Prefeito Osmar Froner, é um personagem político controverso, mas conhece como pouquíssimos o município. Tem, inegável, experiência na administração pública, já tendo exercido os seguintes cargos: Planejamento Rural e Assistência Técnica Privada – Empaer – 1996 e 1997; Prefeito Municipal de Chapada dos Guimarães na gestão 1989/92; Secretário de Planejamento de Chapada dos Guimarães – 1998 a 2000; Vice-Prefeito municipal o ano de 2001; Planejamento Rural, Assistência Técnica Privada – Empaer – 2002 a 2004; Secretário de Planejamento de Chapada dos Guimarães  – 2005; Secretário de Educação de Chapada dos Guimarães – 2006;

Secretário de Obras e Serviços Urbanos de Chapada dos Guimarães – 2007 a 2008; Assessor Parlamentar da Presidência Assembleia Legislativa Mato Grosso período 2011 a 2014; Secretário Municipal de Obras 2018 a 2019; Em exercício do cargo de Vice-Prefeito na gestão 2017 a 2020;

Está faltando seriedade e respeito para com a prefeita e, claro, com os munícipes da cidade de Chapada dos Guimarães.

Prefeita, desta vida nada levamos. Livre-se destes encargos destas estruturas vampirescas.

Fique em Paz para cuidar melhor de sua saúde.

 

Paulo Bomfim é Cidadão e Eleitor de Chapada dos Guimarães

 

 

 

  

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

2 + 2 =