PREFEITURA SANEAMENTO

PASSANDO O JUDICIÁRIO A LIMPO: Orlando Perri comandará Audiência Pública, dia 9 de junho, no Fórum da Capital, para traçar um diagnóstico da atuação do Poder Judiciário, na Grande Cuiabá. Toda população, entidades organizadas, sindicatos, associações comunitárias, juristas e autoridades estão convidades para este grande debate

Servem ainda como um espaço democrático para a apresentação de sugestões, críticas e para que as pessoas reflitam e expressem o que querem da Justiça para os próximos cinco anos.

Servem ainda como um espaço democrático para a apresentação de sugestões, críticas e para que as pessoas reflitam e expressem o que querem da Justiça para os próximos cinco anos.

Audiência Pública será realizada em Cuiabá
No mês de junho o polo judiciário de Cuiabá receberá a última etapa das audiências públicas realizadas pelo Poder Judiciário para ouvir a população e assim construir um Planejamento Estratégico participativo para 2015/2020. O evento vai ser realizado no Fórum da Capital em 9 de junho, a partir das 14h, no Auditório, e toda a população, entidades organizadas, sindicatos, juristas e autoridades estão convidados.

As audiências são realizadas desde o ano passado para fazer o diagnóstico da realidade de cada comarca. Este será o 11º polo judiciário a ser visitado e além da comarca de Cuiabá, o polo compreende as comarcas de Várzea Grande, Chapada dos Guimarães e Poconé.

As reuniões têm por objetivo debater os pontos fortes e pontos fracos com a população, magistrados, servidores, juízes e operadores de direito. Servem ainda como um espaço democrático para a apresentação de sugestões, críticas e para que as pessoas reflitam e expressem o que querem da Justiça para os próximos cinco anos.

De acordo com o diretor de planejamento, Flávio Paiva Pinto, o trabalho de planejamento é necessário para haver um equilíbrio entre a estrutura judiciária e a entrega jurisdicional à população. Paralelamente, a equipe da Coordenadoria de Planejamento está visitando as coordenadorias do TJMT para levantar internamente quais as principais necessidades dos setores para os próximos anos.

Elaboração – Flávio Pinto explica também que o Planejamento está sendo elaborado em três fases, sendo elas Diagnóstico, Prescritiva e Aprovação pelo Tribunal Pleno. Atualmente, estamos na primeira fase na qual já estão sendo ouvidos a população, os clientes internos e no próximo mês serão os maiores clientes externos como PGE, Ministério Público, Defensoria Pública e OAB.

A fase Prescritiva se baseia na organização das informações, transposição para o papel e na reavaliação da identidade organizacional (negócio, missão, visão e valores). Já a fase de aprovação pelo Tribunal Pleno será o envio da matéria para apreciação do colegiado e deve ocorrer em outubro deste ano.

 

FONTE TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE MATO GROSSO

2 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 179.189.53.6 - Responder

    A população só tem um pedido: Srs. Juízes…parem de roubar!

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

sete + 8 =