Papelaria Grafite é investigada por vender e não entregar produtos ao Governo do Estado

PROCESSO ADMINISTRATIVO
Grafite é investigada por vender e não entregar produto

Chico Barros
MATO GROSSO NOTICIAS

O Governo do Estado, por meio de secretaria de Segurança Pública, instaurou um Processo Administrativo contra a Grafite Informática e Papelaria Ltda., para apurar a não entrega de materiais de consumo e expediente objetos da Ata de Registro de Preço nº 062/2007/SAD do pregão nº 077/2007/SEJUSP.

De acordo com a portaria que instaurou o processo – publicado no Diário Oficial do último dia 19 – em 2007 a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) solicitou a aquisição de vários materiais de consumo e a ordem de fornecimento foi dada no dia 1º de fevereiro do mesmo ano.

Em 2008, a Grafite foi notificada a entregar os objetos, mas não o fez. Sendo assim, foi recomendada pela assessoria técnica a instauração do processo para apurar a inexecução total das obrigações assumidas pela empresa.

Os servidores Manasses Luiz Botelho, Raquel Sodré de Moraes e Paula Letícia Yabe Saga foram designados para fazerem parte da Comissão de Processo Administrativo, a quem caberá para apurar os fatos e notificar a papelaria Grafite para saber o qual motivo à mesma não fez a entrega dos materiais.

A empresa pode ser multada e sofrer outras sanções previstas na lei, como a suspensão da participação em licitações do Governo do Estado.

Outro lado

O Mato Grosso Noticias entrou em contato com o proprietário da empresa, Wilson Grafite, que afirmou estar no mercado há mais de vinte anos e jamais ter vendido algo para o governo ou órgão publico.

FONTE MATO GROSSO NOTICIAS

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

um × três =