De encontro na Escola Maria Tomich Por Eduardo Gomes OPINIÃO Manhã da segunda-feira, 28 de setembro de 1970. Cuiabá está à minha frente, pouco adiante, mas escondida pelo cerrado. Atravesso o Coxipó, entro na Prainha dividida ao meio pelo córrego que lhe rende o apelido. Pouca gente na rua. Paro ao lado de uma loja de pregos e parafusos. Observo lindas cuiabaninhas adolescentes, uniformizadas, chegando ao Colégio Salesiano São Gonçalo. O tempo passou e cidadezinha virou metrópole.   Meio século...Continue lendo

Sobre a militância (7) Valerio Arcary Precisamos discutir quais são os valores que nos inspiram. Quais são as nossas referências? No âmago de cada um de nós, antes de tomarmos uma decisão, consideramos, pesamos, analisamos as consequências de nossas ações. Para isso, temos interiorizados princípios, costumes, ou regras. A moral é uma construção social e histórica. Portanto, se transforma. Mas isso não permite concluir que os socialistas não defendem conceitos morais. Ao contrário, temos muitos compromissos éticos. Reconhecemos obrigações nas...Continue lendo

OITO NOMES E UM SÓ DESTINO PARA CHAPADA DOS GUIMARÃES Orar e vigiar a candidata Michele do Banco POR PAULO BOMFIM   Prosseguimos a série das avaliações, denominada “Oito nomes e um só destino para Chapada dos Guimarães”. Avaliaremos hoje, Pelo partido Progressista – PP, a vereadora Michele Weber, mais conhecida como Michele do Banco, como candidata a prefeita e como vice o pastor Erlindo, do Partido Social Cristão – PSC. Inicialmente volto a ressaltar, que um dos fatos que...Continue lendo

Agora, o vazamento de mais um trecho da delação do ex-deputado José Geraldo Riva – que já foi o “poderoso chefão” da Assembleia Legislativa de Mato Grosso – foi feito pelo site Olhar Juridico, uma das atrações do Portal Olhar Direto, de Mato Grosso. No novo trecho vazado, Riva – que fez um pacto com o Ministério Público Federal e com o Tribunal de Justiça de MT de confessar e detalhar seus crimes, abrindo o nome de seus eventuais parceiros...Continue lendo

Riva delator diz que Blairo Maggi pagou propina de R$ 1,1 mi a desembargador de Mato Grosso em troca de favorecimento em processos eleitorais Ex-presidente da Assembleia Legislativa, hoje réu em ações criminais e por improbidade, sustenta que ex-governador fez pagamentos em duas parcelas, no ano de 2010, a Evandro Stábile Por Rayssa Motta, Pepita Ortega e Fausto Macedo/ O Estado de S.Paulo No anexo 11 de sua delação premiada, o ex-presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, José Geraldo Riva, réu...Continue lendo

OITO NOMES E UM SÓ DESTINO PARA CHAPADA DOS GUIMARÃES Quero Mais, Murad e os irmãos Moraes, candidaturas satélites em Chapada POR PAULO BOMFIM   Prosseguimos a série, das avaliações, denominada “Oito nomes e um só destino para Chapada dos Guimarães”. Avaliaremos hoje, de forma conjunta, as candidaturas a prefeito/a do empresário Antônio Paulo da Silva, chamado de “Paulinho Quero Quero Mais”, pelo Partido Social Liberal – PSL e Sidnei Varanis – Rede Solidariedade, como vice em coligação com o...Continue lendo

Governar é produzir incêndios Vladimir Safatle Uma dentre as várias equações que fundam o Brasil enquanto país é: governar é produzir incêndios. Marcado por uma ideia de modernidade impulsionada pela crença de que modernizar é tomar posse de um terreno baldio, amorfo, pretensamente sem culturas autóctones ditas desenvolvidas, a fim de torna-lo “produtivo”, o Brasil foi criado por incêndios. Diante das queimadas que agora retornam, devemos nos lembrar que a destruição pelo fogo é nossa maior herança colonial. Esse fogo...Continue lendo

A BALA PERDIDA, O VOTO PERDIDO Por Diogo Botelho “Eu vivo sem saber até quando ainda estou vivo, sem saber o calibre do perigo, eu não sei da onde vem o tiro” (Os Paralamas do Sucesso). Estudo feito pelas Nações Unidas revelou um dado alarmante: o Brasil é o segundo país da América Latina e Caribe com maior número de casos de balas perdidas e o terceiro em número de mortes causadas por esses disparos. Ficamos atrás apenas da Colômbia...Continue lendo

Sobre a militância (6) Valerio Arcary A eleição de Bolsonaro trouxe de novo para o primeiro plano, de forma mais ou menos séria, a discussão do lugar da insanidade na política. Bolsonaro é, politicamente, um neofascista. Não sabemos qual é o quadro de sua saúde mental. Mas as ideias que defende são tão obtusas, absurdas, disparatadas, irracionais, e seu comportamento tão provocativo que há dúvidas, suspeitas que não são infundadas, sobre o seu equilíbrio mental. Incontáveis vezes, ao longo da...Continue lendo

Lula, 75 anos Por Henrique Fontana A data em que Lula completa 75 anos nos permite ao mesmo tempo cumprimentar esse grande brasileiro e rememorar sua extraordinária trajetória como personalidade política e como ser humano. Lula foi o grande expoente de uma geração de sindicalistas que livrou os trabalhadores brasileiros das amarras impostas pela ditadura militar, que proibia as greves e perseguia as principais lideranças. Foi ele, o torneiro mecânico vindo ainda criança de Garanhuns (PE) com a mãe e...Continue lendo