Onofre Ribeiro faz campanha escrota contra Dilma, na Rádio Mix, manipulando os fatos e tentando criar clima de terror contra o PT. Segundo Onofre, se Dilma ganhar a eleição em 2014, Brasil vai virar uma Argentina em 2015 e brasileiros vão ter que se contentar com cota de lata de óleo de soja, como em Cubá. Onofre também garantiu que possível queda de Dilma nas pesquisas pode levar presidente a convocar black bocs para quebra-quebra nas ruas para espalhar o terror no Brasil

Onofre Ribeiro, jornalista e analista político da Rádio Mix FM, de Cuiabá. Onofre tem feito terrorismo contra o PT e a candidatura de Dilma, através do microfone da emissora que integra o grupo de comunicação comandado pelo jornal Folha do Estado

Onofre Ribeiro, jornalista e analista político da Rádio Mix FM, de Cuiabá. Onofre tem feito terrorismo contra o PT e a candidatura de Dilma, através do microfone da emissora que integra o grupo de comunicação comandado pelo jornal Folha do Estado

Quem lê os mais recentes artigos do Onofre Ribeiro, já se espanta. Quem parar para ouvir seus comentários no programa matinal da Rádio Mix, todavia, ficará, como eu, horrorizado. É que o velho e experiente jornalista Onofre, muito conhecido pelos seus vínculos com o grande empresariado de Mato Grosso, resolveu assumir o papel de porta-voz mais agressivo da direita anti-petista em Cuiabá – e suas manifestações através da Rádio Mix se transformaram em verdadeiros atentados contra a presidente Dilma, que é candidata à reeleição como presidenta da República pelo Partido dos Trabalhadores.

A manipulação anti-petista promovida por Onofre Ribeiro ficou bem evidente nesta sexta-feira (1), quando ele reportou, à sua maneira torta, o debate entre os economistas que assessoram os presidenciáveis que foi promovido pela Aprosoja na abertura de seu  9ª Circuito Aprosoja, no Cenarium Rural, na noite desta quinta(31). Começa que Onofre, falando aos ouvintes da Rádio Mix, não informou que se tratava de um debate de assessores contratados a peso de ouro pelos presidenciáveis. Onofre disse simplesmente que fora um “encontro com economistas de renome nacional” que tinham vindo a Cuiabá para fazer uma radiografia da economia brasileira para os próximos anos. Manipulação desavergonhada de um velho jornalista que deveria ter o mínimo de vergonha na cara.

Se eram grande economistas falando do futuro, era uma coisa. Se eram assessores contratados a peso de ouro pelos presidenciáveis, era outra completamente diferente.

O economista Eduardo Gianetti esteve no encontro da Aprosoja no Cenarium Rural e falou em nome do candidato a presidente Eduardo Campos (PSB). O economista Samuel Pessoa esteve no encontro da Aprosoja e falou em nome do candidato a presidente Aécio Neves (PSDB). Para representar a candidata a presidente do PT, Dilma Roussef, nenhum economista petista, mas, curiosamente, o ministro da Agricultura Nery Geller, que é do PMDB, e era mais uma grande produtor a falar para grandes produtores. Não me parece que Neri Geller seja a figura mais indicada para rebater argumentos econômicos e ideológicos de Gianetti e Pessoa, mas foi o que se acertou, já que o PT não conseguira agendar nenhum dos seus pensadores econômicos para esta importante noitada na Aprosoja.

Esse cenário não foi informado pelo jornalista-manipulador Onofre Ribeiro quando se pôs a falar, na Rádio Mix, do debate ocorrido na abertura do 9º Circuito Aprosoja. Onofre também não disse que, em um debate desse tipo, nada mais óbvio do que o economista Eduardo Gianetti e o economista Samuel Pessoa, contratados e devidamente pagos para isso, descessem a ripa no programa econômico da presidente Dilma. Mal qual! O interesse do direitista Onofre era só manipular, desinformar seus ouvintes, mexer com as emoções mais perversas desse seu público e fazer um longo e terrorista discurso anti-petista.

Imagino que alguma providência deva ser tomada contra essa tribuna anti-Dilma e anti-PT em que se transformou o programa de Onofre Ribeiro. A pluralidade político-partidária é uma exigência não minha, mas da legislação eleitoral pactuada neste País,  à qual a Rádio Mix e o jornal Folha do Estado não podem, legitimamente, se furtar.

Vejam que, ao falar das previsões dos “afamados economistas que estiveram na Aprosoja, gente muito inteligente”, Onofre Ribeiro traçou um cenário tétrico para a campanha eleitoral de 2014 e para o Brasil-pós 2015, caso o PT seja vencedor nas eleições presidenciais. O Brasil vai pro fundo do poço, como a Argentina. Industria, comércio e agricultura terão uma quebradeira geral. O cidadão comum será submetido a um severo racionamento de comida, como já estaria acontecendo em Cuba, onde cada cidadão recebe apenas um litro de soja por temporada. Esse e outros absurdos foram ditos, na maior cara de pau, pelo jornalista-manipulador Onofre Ribeiro, sem que houvesse no estúdio da Rádio Mix alguém que o chamasse a atenção para as ilegalidades que estava praticando.

Mas o terrorista Onofre Ribeiro foi mais fundo e está tudo gravado, para quem quiser conferir (e espero que a Rádio Mix nos disponibilize) : se Dilma e o PT perceberem que sua candidatura está prestes a ser derrotada, devem convocar os black bocs para fazerem um grande tumulto,anunciou o Onofre. Certamente para trazer à mente de seus incautos ouvintes as cenas da queima de lojas e  grandes arruaças nas ruas do Brasil, como se viu em 2013, e que prevê que se repetirão ainda durante a atual campanha eleitoral deste ano, pretensamente SOB PATROCÍNIO DA PRESIDENTA DILMA! Um prognóstico que Onofre Ribeiro faz, não se sabe com base em que dados e certamente para intimidar as famílias brasileiras e os cidadãos de bem que se preparam para ir as urnas em outubro próximo.

Um campanha escrota contra Dilma e contra o PT. Assim entendo, salvo melhor juízo, que pode ser resumido o que se ouviu nesta manhã de 1º de agosto na Rádio Mix, onde o jornalista Onofre Ribeiro parece querer se afirmar como uma espécie de pastor Marco Feliciano mais ousado, mais despudorado, mais descontrolado.

Cheguei a ligar para a jornalista Camila Bini, diretora de Comunicação da Aprosoja, para conferir se a discurseira dos economistas no Cenarium Rural chegara perto daquilo tudo que o Onofre deixa entrever, em meio ao alarde que fizera na manhã da Rádio Mix. Imagino que até o Eduardo Gianetti e o Samuel Pessoa tenham aquele mínimo de pudor com relação às suas previsões econômicas que o Onofre Ribeiro parece que deixou de ter, a julgar-se pelo que disse. A Camila Bini me informou que, muito em breve, a gravação dos debates estará disponível para quem quiser conferir. E disse mais a Camila Bini: “Enock, por favor, não confunda a Aprosoja com o Onofre Ribeiro”.

Imagino que não há porque confundir, imagino que uma entidade com tantas responsabilidades como a Aprosoja não desceria tão baixo, nem deixaria seus palestrantes-convidados descerem tão baixo, como Onofre Ribeiro deu a entender nesta sua evidente manipulação dos fatos. Agora, é esperar pelas providências a serem adotadas pela Rádio Mix e pelo jornal Folha do Estado contra este jornalista sabidamente tão experiente mas com aparente disposição para atuar como terrorista anti-petista que contrataram para ser destaque em sua programação matinal. Vamos conferir se o terrorismo parte só desse velho jornalista, o Onofre Ribeiro, que parece ter despirocado de vez ou também dessas empresas de comunicação alvos já de tantos questionamentos.

Categorias:Imprensa em debate

14 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 177.193.189.50 - Responder

    Profissionais como jornalistas deveriam por ética informar os cidadãos sobre as realidade em que se encontra seu ambiente de notícia. Ao que eu saiba, o senhor Onofre Ribeiro não é comentarista econômico nem vidente para prever o fim do país. Esse tipo de terrorismo já houve durante as eleições de Lula e repete-se agora na reeleição de Dilma. É lamentável ver esse tipo de “trabalho” rasteiro e mentiroso a serviço de grupos econômicos que querem tomar o poder pela política. Cada um pode ter seu partido de escolha, mas que o faça de forma declarada como o senhor Enock Cavalcanti que não esconde sua preferência e não de forma dissimulada como faz crer o jornalista Onofre. Lamentável para quem eu tinha boas referências.

  2. - IP 189.87.159.130 - Responder

    Mas é vdd, se a Dilma ganhar o Brasil vai virar uma Venezuela, com desabastecimento em toda área, NENHUM empresário sério vai investir um real aqui no Brasil, a mudança de quem pode para Miami será feita aos montes, pela falta de investimento, falta de segurança, falta de saúde, ou seja, falta de tudo, apesar de não ser nenhum fã do Sr. Onofre Ribeiro, INFELIZMENTE, ele não mentiu em nada, veja só o tarifaço que virá após a vitória ou mesmo derrota da Sra Dilma, e aí Enock, vc acha que isso é exagero tbém, ou vc não lê a mídia nacional???? Abraços, Claudionor

  3. - IP 177.64.251.53 - Responder

    Acho que ainda existe nesse País o direito de expressão, se o PT bolivariano ainda não o caçou. Pois bem, se existe tal direito o articulista Onofre tem o direito de defender seu ponto de vista assim como o petista dono desse blog tem o direito de defender o seu e achar que o país esta as mil maravilhas, que a economia vai de vento em polpa e que a presidente vai se reeleger no primeiro turno. O nome disso é Democracia!

  4. - IP 177.41.82.30 - Responder

    Como jornalista e comentarista político ele pode e deve falar o que bem entender. Calma aí, Enock, até vc quer censurar?! Não gosto de críticas vazias, mas tenho que concordar que o país caminha para o abismo nesse momento. Acabou o bom senso, as pessoas estão cada vez mais burras!!! Aqui em MT, temos larápio candidatíssimo ao Governo do Estado, um tapa na nossas caras. E mais, a Justiça autenticou tamanha indecência.
    Seja menos PT, Enock. Deixe o Onofre falar.

  5. - IP 177.41.82.30 - Responder

    Em tempo, teu site é bom e tem uma audiência qualificada, não menospreze o teu público

  6. - IP 191.179.134.100 - Responder

    O jornalista Onofre Ribeiro há tempos vem fazendo um discurso terrorista contra o governo Dilma, plantando notícias com meias verdades e muita desinformação, como se não fosse o papel do jornalista informar. Acho até que é uma questão de ética, ou falta dela. Porém, estamos falando dos reacionários direitistas que pregam quanto pior melhor. Desde o governo Lula o Brasil cresceu economicamente, socialmente e politicamente. E isso vem ocorrendo também no governo Dilma. Alguns podem até questionar a política econômica, a taxa selic, etc. Tudo bem, mas dai pregar o terrorismo pelo simples fato de estarem na oposição, é a total falta de respeito com a população. Não tratem o eleitores e ouvintes como se fossem idiotas despolitizados!

  7. - IP 179.253.183.75 - Responder

    Onofre Ribeiro há dezenas de anos se especializou em esconder a verdade e verbalizar o que pedem e pagam seus patrões de ocasião. Há alguns, quando o Tribunal de Justiça de Mato Grosso enfrentou as consequências do Escândalo da Maçonaria e outras acusações, Onofre foi contratado para “mudar” a imagem do TJ, sem que isso significasse, efetivamente, alterações de comportamentos e mudanças de condutas por aquelas bandas. O Poder Judiciário enfrentava o descrédito da população e Onofre teve a incumbência de inventar uma outra imagem, ainda que fictícia, irreal, não correspondente à sua verdadeira natureza. Em outras palavras, foi contratado para ocultar a verdade e desinformar, maltratar os fatos e vender versõs, sem pudor e sem problema de consciência. Algumas almas, mergulhadas na inconsciência dos condicionamentos menos edificantes, não conseguem construir mudanças substanciais no reino da consciência, nem mesmo quando chamadas a dialogar com Tânatos e convidadas a decifrar os símbolos e mistérios das circunavegações pelo bravio Hades. Seus cabelos brancos – que já quase não cobrem seu pouco juízo – apenas atestam que todos envelhecemos… alguns sem desenvolver as compreensões acerca da realidade comum; outros, completamente perdidos em bravatas tardias, como se tivessem o direito de ocultar a verdade dos mais pobrezinhos para, numa covardia extrema, mantê-los sob o domínio da ignorância, da exploração material e espiritual. Que bagagens pesadas amealhou Onofre em sua viagem pelo Planeta. Transitou entre nós sem conhecer a doce compreensão dos Evangelhos que anos após anos anonimamente anunciaram em nossos portões… e segue espalhando ódios e ressentimentos, numa revolução às avessas, numa luta inglória contras as transformações políticas e sociais que assolam a América Latina. E em sua loucura, enche as ondas do rádio de agressões gratuitas, desinformando e deformando as gerações futuras. Onofre merece nossa piedade e compreensão… mas deve ser duramente combatido para que não triunfe no seu trabalho de destruição.

  8. - IP 189.74.35.234 - Responder

    Em resumo ; falou mal do governo petista , a NKVD, a Stasi , os Tomtom Macoute já estão no encalço.

  9. - IP 179.217.101.158 - Responder

    Estravassar frustrações contra o PT está na moda. Malhar a presidente Dilma é a onda do momento. Ok. Faz parte da cena política e cultural do Brasil pós-FHC. Mas, daí criar artificialmente cenários de caos, catástrofes econômico-sociais, hecatombes financeiras e “crashs” institucionais como vem fazendo parte de opinialistas ultra-direitistas é sim, criminoso, inaceitável e execrável. Gosto e respeito muito o colega jornalista Onofre Ribeiro, homem de inteligência ímpar, um pensador profícuo e observador extremamente sagaz da realidade histórica e política de Mato Grosso, além de um ser humano gentilíssimo, simpático e muito bom de prosear. Mas, sempre o percebí convicto demais em seus diagnósticos e prognósticos quase sempre contaminados por seus contratos de assessoria e consultoria. Por isso, sempre o leio e ouço com um filtro duplo de bom senso e ceticismo, para só aproveitar aquilo que ele oferece em conhecimento factual, dados estatísticos, históricos e testemunhal, desprezando o que ele acrescenta em opinião, ideologia e interpretações pessoais sobre os recortes da realidade que ele se põe a analisar e comentar. De resto, acho-o absolutamente inofensivo, uma vez que de tão parcial que é na maior parte do tempo, ele acaba só reforçando a opinião daqueles que, de antemão, pensam como ele. Assim, acho que o Enock exagera, e muito, chamando-o como o faz neste artigo, de “terrorista”. É isso.

  10. - IP 177.193.171.24 - Responder

    Parabens Enock, pela primeira vez ouço alguém levantar-se contra a forma canhestra e reacionaria do comportamento do pseudo jornalista Onofre Ribeiro; todas as vezes que ele fala sobre qualquer fato relaCIONADO ao PT, é de forma pejorativa e preconceituosa; os barbudinhos do PT, o menininho de recado Ludio e por ai vai. É estranho que neste programa nada se fala sobre a pessima administração de Mauro Mendes….pois a emissora pertence a um Secretario do prefeito, percebe-se logo a FALTA de isenção deste programa.

  11. - IP 189.31.51.15 - Responder

    aecio neves vai ganhar e nos vamos chutar o rabo dos ptistas pra fora do pais…. odeio o pt as pesquisas mostram que aecio esta subindo

  12. - IP 189.31.51.92 - Responder

    O Sr. Onofre Ribeiro é uma ratazana que vive comendo as migalhas do poder e com certeza deve ganhar alguns queijinhos podres para falar tanta besteria. É evidente que ele está a serviço dos poderosos, por isso, não é de se estranhar compiortamento tão mesquinho e ridiculo.

  13. - IP 177.193.134.100 - Responder

    O estilo caça níqueis do jornalista Onofre Ribeiro vem dos tempos da Rádio Vila Real. Desde os idos de 1990 ele já se revelava um exímio governista maniqueísta do tipo que não abandona o cadáver enquanto não lhe suga a última gota. Foi assim no governo Dante de Oliveira, de quem foi o baba-ovo mor até que o barco começou a afundar. Onofre criticava Blairo Maggi até alguns meses antes deste virar a bola da vez na política do Estado. Seu oportunismo no entanto lhe rendeu cargos importantes deste governo. Permaneceu com Maggi até sua saída ficando atrelado à secretaria de Comunicação do seu sucessor, Silval Barbosa. No Governo Silval ele ocupou o posto maior da comunicação de onde articulava em favor de Mauro Mendes, adversário de Silval durante a campanha pela reeleição. A pretexto de não se manifestar politicamente em respeito as leis Onofre não mexia um dedo em favor de Silval mas se manteve durante toda a campanha assessorando Mauro Mendes. Quando Silval começou entrar em desgraça ele abandonou o barco e assumiu o namoro com Mendes, de quem é hoje o puxa-sacos número um.

    • - IP 177.41.88.20 - Responder

      Valdomiro, você está adotando a mesma tática petista do dono desse blog, que desqualifica o interlocutor quando falam mau do PT. É sempre padrão essa eloquência de Pit Bull e conteúdo do tamanho de um Chiuaua.

      Acho que você e o Enoque moram na Dinarmaca, porque no meu pais, eu convivo com violência, impunidade, ausência de saúde, educação e um índice de corrupção vergonhoso. Fora os impostos que vão parar nos bolsos dos imaculados governantes Petistas (estamos falando de 12 anos de governo).

      Acompanho o Onofre de longa data, é um profissional que é referência no que faz e muito respeitado no mercado. Quem teve a oportunidade de trabalhar com ele, como eu tive, conhece sua capacidade intelectual. Óbvio que ele não acerta em tudo, porque é humano, como eu, você e o Enoque. Dilma e Lula não… esses Deuses (mas só na cabeça de vocês tá)?

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

20 − 7 =