(65) 99638-6107

CUIABÁ

O mundo sobre rodas

Renault inicia produção do novo Captur com motor 1.3 turbo

Publicados

O mundo sobre rodas


source


Renault Captur 2022 adotará motor 1.3 turbo flex de até 163 cv com cânbio CVT no lugar do 2.0 flex com caixa de 4 marchas
Divulgação

Renault Captur 2022 adotará motor 1.3 turbo flex de até 163 cv com cânbio CVT no lugar do 2.0 flex com caixa de 4 marchas

Renault  confirmou que vai começar a produzir o Captur cuja principal novidade será a estreia de um novo motor 1.3 turbo flex de 163 cv , feito em parceria com a Mercedes-Benz .

Além disso, o crossover que manterá a plataforma B0 do  Duster  virá reestilizado para conseguir brigar com a concorrência de “SUVs” e será feito na planta de São José dos Pinhais (PR).

Entre as mudanças estéticas, estarão novos para-choques , novo conjunto ótico com luzes diurnas de LED, incluindo os de neblina, capô e para-lamas com desenhos mais pronunciados etc

Por dentro, o acabamento deve receber novas padronagem dos bancos e acabamento mais refinado, além de inclusão de novos recursos como a direção elétrica, tudo isso para o subir de patamar e poder bater de frente com a forte concorrência.

Leia Também:  GM lança Equinox 2021 em versão única e apenas com motor 1.5 turbo

O preços do novo Captur 2022 devem ficar na casa de R$ 120.000 a R$ 150.000 Mais detalhes serão divulgados numa data mais próxima da chega do carro às lojas. 

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

O mundo sobre rodas

Edição limitada do Patinete elétrico traz as cores de corrida Petronas SRT

Publicados

em


source


Patinete elétrico PSRT Velocifero Mad Air Concept e pode suportar o peso máximo de até 100 kg
Divulgação

Patinete elétrico PSRT Velocifero Mad Air Concept e pode suportar o peso máximo de até 100 kg

A Velocifero, tradicional fabricante italiano de patinetes elétricos anunciou a produção do PSRT Velocifero Mad Air Concept, o patinete elétrico de edição limitada feito em parceria com a Petronas Sepang Racing Team (Petronas SRT), uma equipe de motociclismo do Grande Prêmio da Malásia de propriedade do Circuito Internacional de Sepang Sepang Racing Team.

Em termos de design, a edição limitada apresenta as cores características da pintura de corrida Petronas SRT . O patinete promete combinar praticidade com estilo e desempenho. Fácil de transportar e armazenar e permite que o usuário ande tranquilamente pela via, graças ao um guidão dobrável e o peso de apenas 16 kg.

Patinete PSRT Velocifero Mad Air Concept . Foto: Divulgação

Patinete PSRT Velocifero Mad Air Concept . Foto: Divulgação

Patinete PSRT Velocifero Mad Air Concept . Foto: Divulgação

Patinete PSRT Velocifero Mad Air Concept . Foto: Divulgação

Leia Também:  Vendas de veículos crescem 14,5% no primeiro quadrimestre de 2021

Patinete PSRT Velocifero Mad Air Concept . Foto: Divulgação

Patinete PSRT Velocifero Mad Air Concept . Foto: Divulgação

Patinete PSRT Velocifero Mad Air Concept . Foto: Divulgação

Patinete PSRT Velocifero Mad Air Concept . Foto: Divulgação

Patinete PSRT Velocifero Mad Air Concept . Foto: Divulgação

O veículo possui um motor de 350 W e uma bateria removível de 10,4 Ah. Sua autonomia é de até 40 km com uma única carga. A velocidade máxima do novo patinete é de 25 km/h e pode suportar o peso máximo de até 100 kg. Além disso, o novo Mad Air vem com um novo painel de exibição digital e freios elétricos e a disco traseiros.

O PSRT Velocifero Mad Air Concept  foi apresentado na Holanda, durante o DutchGP 2021 e, de acordo com o chefe da equipe Petronas SRT , Razian Razali, é uma grande oportunidade comercial que complementa as corridas da equipe e o estilo de vida do MotoGP.

Aos entusiastas que quiserem saber mais detalhes, é só acessar o vlog da equipe, na edição desta semana. Por lá também será possível adquirir uma das 150,000 unidades produzidas da edição limitada bastando para isso enviar um formulário de registro como interesse de compra.

Leia Também:  Veículos Mitsubishi sairão de fábrica com sistema Sem Parar
Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA