(65) 99638-6107

CUIABÁ

O mundo sobre rodas

Piloto põe raridades da Ferrari à venda e pode arrecadar R$ 40 milhões

Publicados

O mundo sobre rodas


source


Coleção de Ferrari inclui um modelo de Fórmula 1 e supercarros icônicos, com 288 GTO e o 275 GTB/4
Divulgação

Coleção de Ferrari inclui um modelo de Fórmula 1 e supercarros icônicos, com 288 GTO e o 275 GTB/4

Um piloto de corrida pouco conhecido, Marcel Petitjean está colocado a sua invejável coleção de modelos da Ferrari cujo montante de 28 exemplares dos mais raros modelos serão oferecidos sem reservas em um leilão da RM Sotheby’s em Paris, no dia 2 de fevereiro.

Petitjean não teve muito sucesso como piloto de corrida nos anos 60, mas com certeza compensou mais tarde com seus investimentos inteligentes. O ex-piloto até pensou em abrir um museu do automóvel , mas seus planos fracassaram e mais tarde ele decidiu vender as raridades.

Entre as preciosidades, estão uma 288 GTO de 1985, com apenas 272 unidades fabricadas e esta em específico, conta com apenas 9.600 quilômetros. O preço? Pelo menos US$ 2,8 milhões de dólares, ou R$ 15.164.800, em conversão simples.

Colecao de Ferraris. Foto: Divulgação

Leia Também:  Jaguar E-Type 1970 de Steve McQueen será leiloado

Colecao de Ferraris. Foto: Divulgação

Colecao de Ferraris. Foto: Divulgação

Colecao de Ferraris. Foto: Divulgação

Colecao de Ferraris. Foto: Divulgação

Colecao de Ferraris. Foto: Divulgação

Outra das raridades é a 275 GTB/4 de 1966, a primeira Ferrari de produção a ser equipada com a versão de quatro árvores de cames no cabeçote do V12. Provavelmente chegará a mais de US$ 2,2 milhões de dólares (R$ 11.915.200).

Outros destaques incluem uma Ferrari 250 GT Series II Cabriolet restaurada de 1959 e uma Ferrari 250 GT/L Berlinetta de 1964. Ambos apresentam o motor V12 “Colombo” de bloco curto de 3,0 litros e, sem dúvida, adicionarão quase R$ 40 milhões de reais à conta bancária de Petitjean.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

O mundo sobre rodas

Drone da Wingcopter obtém certificação para serviços delivery nos EUA

Publicados

em

source


Drone da Wingcopter pode voar até 5.000 m de altitude e atingir uma velocidade final de 144 km/h
Divulgação

Drone da Wingcopter pode voar até 5.000 m de altitude e atingir uma velocidade final de 144 km/h

A Wingcopter, empresa alemã especializada na fabricação de drones anuncia  que a FAA (Federal Aviation Administration) -Administração Federal de Aviação  emitiu os Critérios de Aeronavegabilidade de Classe Especial para suas aeronaves eVTOL (decolagem e pouso elétrico) para uso em operações comerciais regulares nos EUA.

A certificação obtida pela maior agência de transporte do governo dos EUA – que regula todos os aspectos da aviação civil no país, bem como nas águas internacionais circundantes – possibilitará o drone realizar qualquer tipo de serviços de entrega no mercado norte-americano; e é um passo importante no processo de certificação de qualquer aeronave não tripulada.

A empresa alemã solicitou o Certificado de Tipo de Classe Especial em 2020 e sua recente emissão permite que se concentre nos requisitos da FAA para receber a certificação o mais rápido possível.

Leia Também:  Jeep lança novo Renegade com o motor 1.3 e novos equipamentos

Quando isso acontecer, o drone poderá voar em rotas convencionais mesmo em áreas povoadas nos Estados Unidos. Ao mesmo tempo, a certificação ajudará a Wingcopter a ganhar uma reputação ainda melhor e apoiará seus esforços de certificação também em outras áreas, como Japão ou Brasil.

O Wingcopter 198 , que é o principal drone de entrega da empresa, é uma aeronave autônoma com sistema de queda tripla, que permite fazer três entregas separadas para vários locais, tudo com uma única carga. O drone usa o rotor de inclinação patenteado do fabricante que possibilita decolar e pousar verticalmente, eliminando a necessidade de estrutura adicional.

Com uma envergadura de 198 cm, o drone pode voar em altitudes de 16.400 pés (5.000 m). Ele pode atingir uma velocidade final de 144 km/h e sua autonomia depende da carga útil que ele precisa transportar. Com pequenas cargas de até 1 kg, por exemplo, ele pode voar por 95 km por carga, enquanto uma carga maior de 5 kg o manterá no ar por até 75 km .

Leia Também:  Ducati Multistrada V4S: aceleramos a nova e sofisticada bigtrail
Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA