(65) 99638-6107

CUIABÁ

O mundo sobre rodas

Peugeot lança  Partner Rapid com quase tudo do Fiat Fiorino

Publicados

O mundo sobre rodas

source


Peugeot Partner Rapid é o clone da Fiat Fiorino com apenas algumas mudanças sutis, como as rodas
Divulgação

Peugeot Partner Rapid é o clone da Fiat Fiorino com apenas algumas mudanças sutis, como as rodas

A Peugeot lança o Partner Rapid, fruto alinhado à plataforma Stellantis que nada mais é do que um Fiorino com o logotipo do marca francesa. Dessa maneira, o utilitário também é produzido em Betim (MG) e usa inclusive o mesmo e conhecido motor 1.4 Fire. 

O utilitário traz os mesmos equipamentos de série encontrados no modelo da Fiat como ar-condicionado, direção hidráulica, banco do motorista e volante com regulagem de altura, travas e vidros elétricos, pré-disposição para rádio, protetor de cárter, alarme, chave canivete com acionamento do alarme entre outros.

No comparação do visual do  Fiorino  com o Partner Rapid há apenas pequenas diferenças .  Como a grade frontal, para-choque, rodas de aro 14 com calotas exclusivas e frisos laterais com o nome ‘Rapid’. Já os faróis afilados recebem o contorno dos para-choques, para-lamas e capô.

Leia Também:  TCR-Sul Americana 2022 começa e pode ter 7 marcas diferentes

Visando conter custos entre seus carros, a Stellantis também aproveitou todo o conteúdo encontrado no Fiorino , incluindo o mesmo volante com regulagem de altura de série, só que com o logotipo da Peugeot , já na nova versão reestilizada.

Ainda no interior, o painel conta com cluster com computador de bordo de seis funções, conta-giros e hodômetro parcial digital.

O lado interno carrega a tonalidade escurecida e possui uma série de porta-objetos para facilitar a organização do usuário, com diversos compartimentos, que somam 18,5 litros de volume. Entre eles, por exemplo, há um espaço pensado para comportar maquininha de cartão e garrafa de água, além do porta-luvas, que possui iluminação própria.

O compartimento de carga oferece um total de 3,3 metros cúbicos de volume aptos a comportar até 650 kg, amparados pelo protetor de cargas, iluminação, tapetes presentes no piso e abertura de até 180º das portas.

Leia Também:  Shineray lança nova "cinquentinha" com mais potência que as demais

O Peugeot Partner Rapid 2023 chega às lojas mais em conta que o Fiorino: R$ 101.390 contra R$ 109.685 pedido pelo modelo da Fiat.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

O mundo sobre rodas

Tecnologias contribuem para redução de  acidentes de trânsito em 30%

Publicados

em

source


Monitoramento eletrônico do trânsito ajuda a reduzir acidentes e mortes, segundo estudo  da RENAEST
Marcelo Casal Jr/Agencia Brasil

Monitoramento eletrônico do trânsito ajuda a reduzir acidentes e mortes, segundo estudo da RENAEST

De acordo com dados divulgados pelo Registro Nacional de Acidentes e Estatísticas de Trânsito (RENAEST), da Secretaria Nacional de Trânsito, pasta do Ministério da Infraestrutura, o número de mortes por acidentes de trânsito caiu em 30% no Brasil, entre os anos de 2011 e 2020.

Em 2011 o Brasil registrou 44.553 mortes resultantes de acidentes de transporte . O número baixou para 33.625 em 2018 e para 11.647 em 2021. Já o número de acidentes em 2021, foi de 632.764 registros, volume 33% menor se comparado ao ano de 2020, com 845.872 acidentes.

Com as novas regras no Código Brasileiro de Trânsito (CTB) – que passaram a valer neste ano – e investimentos em educação e planejamento estratégico especialistas acreditam que os números de acidentes no Brasil deverão melhorar.

Leia Também:  Mobi supera Onix nas vendas da 1ª quinzena de março

Entre as tecnologias que têm ajudado a reduzir o número de acidentes no trânsito estão os radares , que atualmente são dotados de softwares que também conseguem emitir dados referentes à quantidade de pessoas que se deslocam de uma origem a um destino, de acordo com o horário, modo de transporte utilizado, (matriz origem-destino), velocidade média, tempo médio de percurso, entre outros.

O especialista em mobilidade, Guilherme Araújo, conta que a partir dos dados gerados pelos radares é possível comprovar uma redução média de até 35 vezes no comportamento irregular dos condutores em locais em que os equipamentos estão instalados.

Em apenas um mês a Velsis, uma das empresas brasileiras responsáveis pela fabricação de tecnologia em mobilidade , monitora três vezes mais do que o valor da frota nacional em passagens de veículos. Ao todo, são 370 milhões de passagens fiscalizadas por meio de equipamentos instalados em rodovias e vias do país.

“Ao contrário do que muitas pessoas pensam, os radares servem para garantir a segurança da população. Ao aferir a velocidade, a tecnologia ajuda a evitar acidentes e mortes em vias, rodovias e em locais como no entorno de escolas, hospitais e residências”, afirma Guilherme Araújo.

Leia Também:  Jeep lança seu primeiro patinete elétrico
Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA