(65) 99638-6107

CUIABÁ

O mundo sobre rodas

Pela terra do sol nascente, encontramos carros e motocicletas

Publicados

O mundo sobre rodas


source
UM singelo Subaru 360 anos anos 60 é exposto em uma loja repleta de faixas coloridas na capital japonesa
Gabriel Marazzi

UM singelo Subaru 360 anos anos 60 é exposto em uma loja repleta de faixas coloridas na capital japonesa

Com tantas motocicletas clássicas nos assediando, seja nos encontros, seja nos grupos de colecionadores e entusiastas, não tem como não cobiçarmos a motocicleta do próximo, mesmo quando o próximo esteja próximo.

Cada vez mais vemos modelos clássicos , vintage, retrô, ou, simplesmente, aquela motocicleta que, um dia, nos cativou. Foi assim que, procurando em meus arquivos de imagens, lembrei de uma vez que fui ao Japão para conhecer o país, mas acabei conhecendo muitas motocicletas que jamais havia visto.

Quase 20 anos depois, rever essas imagens me fez perceber que muitas das motocicletas que lá vi, nas ruas ou nas lojas, já fazem parte de uma lista de modelos antigos desejados, mesmo que seja praticamente impossível trazer uma delas para estas bandas.

Foto: Gabriel Marazzi

Leia Também:  iG Carros Podcast: automóveis ficam muito mais caros em 5 anos

Foto: Gabriel Marazzi

Foto: Gabriel Marazzi

Foto: Gabriel Marazzi

Foto: Gabriel Marazzi

Foto: Gabriel Marazzi

Foto: Gabriel Marazzi

Foto: Gabriel Marazzi

Foto: Gabriel Marazzi

Foto: Gabriel Marazzi

Foto: Gabriel Marazzi

Foto: Gabriel Marazzi

Foto: Gabriel Marazzi

Foto: Gabriel Marazzi

Foto: Gabriel Marazzi

Foto: Gabriel Marazzi

Foto: Gabriel Marazzi

Foto: Gabriel Marazzi

Foto: Gabriel Marazzi

O Japão era, e ainda é, um país de culturas diferenciadas , o que, por si só, já é o maior atrativo para um visitante do hemisfério ocidental. A grafia especial, estampada em enormes cartazes comerciais, muito coloridos, dão o tom dos centros urbanos. Mas isso tudo não desvia o olhar de um visitante apaixonado por motocicletas.

Leia Também

Leia Também

Leia Também

Leia Também

O interesse maior está exposto em todas as ruas, pois as motocicletas e os scooteres ficam estacionados nas calçadas. Entre as motos, a grande maioria são as pequenas, o que combina perfeitamente com o tipo de vida agitado dos japoneses.

Dez dias na terra do sol nascente foram mais que suficientes para conhecer o estilo de vida local , as paisagens, os centros de compras e os coloridos mercados a céu aberto, de onde vem a maioria dos alimentos.

Leia Também:  Honda mostra última geração do NSX, supercarro criado com ajuda de Senna

Difícil enumerar todas as atrações , mas a galeria de fotos pode mostrar o que é mais interessante de se ver por lá. Principalmente as motocicletas.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

O mundo sobre rodas

Piloto põe raridades da Ferrari à venda e pode arrecadar R$ 40 milhões

Publicados

em


source


Coleção de Ferrari inclui um modelo de Fórmula 1 e supercarros icônicos, com 288 GTO e o 275 GTB/4
Divulgação

Coleção de Ferrari inclui um modelo de Fórmula 1 e supercarros icônicos, com 288 GTO e o 275 GTB/4

Um piloto de corrida pouco conhecido, Marcel Petitjean está colocado a sua invejável coleção de modelos da Ferrari cujo montante de 28 exemplares dos mais raros modelos serão oferecidos sem reservas em um leilão da RM Sotheby’s em Paris, no dia 2 de fevereiro.

Petitjean não teve muito sucesso como piloto de corrida nos anos 60, mas com certeza compensou mais tarde com seus investimentos inteligentes. O ex-piloto até pensou em abrir um museu do automóvel , mas seus planos fracassaram e mais tarde ele decidiu vender as raridades.

Entre as preciosidades, estão uma 288 GTO de 1985, com apenas 272 unidades fabricadas e esta em específico, conta com apenas 9.600 quilômetros. O preço? Pelo menos US$ 2,8 milhões de dólares, ou R$ 15.164.800, em conversão simples.

Colecao de Ferraris. Foto: Divulgação

Leia Também:  iG Carros Podcast: automóveis ficam muito mais caros em 5 anos

Colecao de Ferraris. Foto: Divulgação

Colecao de Ferraris. Foto: Divulgação

Colecao de Ferraris. Foto: Divulgação

Colecao de Ferraris. Foto: Divulgação

Colecao de Ferraris. Foto: Divulgação

Outra das raridades é a 275 GTB/4 de 1966, a primeira Ferrari de produção a ser equipada com a versão de quatro árvores de cames no cabeçote do V12. Provavelmente chegará a mais de US$ 2,2 milhões de dólares (R$ 11.915.200).

Outros destaques incluem uma Ferrari 250 GT Series II Cabriolet restaurada de 1959 e uma Ferrari 250 GT/L Berlinetta de 1964. Ambos apresentam o motor V12 “Colombo” de bloco curto de 3,0 litros e, sem dúvida, adicionarão quase R$ 40 milhões de reais à conta bancária de Petitjean.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA