(65) 99638-6107

CUIABÁ

O mundo sobre rodas

Novo SUV da Fiat se chamará Pulse; veja o que já sabemos

Publicados

O mundo sobre rodas


source
Novo SUV da Fiat chega para disputar vaga no segmento que mais cresce no Brasil
Divulgação

Novo SUV da Fiat chega para disputar vaga no segmento que mais cresce no Brasil

O novo SUV compacto da Fiat se chamará Pulse . O anúncio do nome escolhido pelos clientes foi feito pela fabricante italiana em evento online realizado nesta quarta-feira (2). Além de Pulse , a audiência da Fiat também poderia escolher entre os nomes Tuo e Domo .

O Pulse é o segundo SUV da história da Fiat para o Brasil – e o primeiro nacional na categoria, produzido em Betim (MG). Antes dele, a marca contou com o crossover Freemont, que esteve nas lojas entre 2011 e 2016 com passagem discreta, que tinha logo da Fiat, mas era produzido pela Dodge .

O objetivo do modelo é fortalecer a presença do Grupo Stellantis no segmento que mais cresce no Brasil. Além do Pulse, a joint-venture conta com o Jeep Renegade, Citroën C4 Cactus e Peugeot 2008 entre os utilitários compactos. Segundo a Fenabrave (Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores), o segmento de SUVs como um todo já corresponde a 36% de todos os modelos vendidos no Brasil. 

Veja o que sabemos sobre o Fiat Pulse, que chega às lojas no segundo semestre
Divulgação

Veja o que sabemos sobre o Fiat Pulse, que chega às lojas no segundo semestre

Abaixo do capô, o Pulse trará o novo motor 1.0 turbo de três cilindros da Fiat , que deverá desenvolver algo em torno de 120 cv de potência e 17 kgfm de torque, entregues em baixas rotações. O câmbio será automático de seis velocidades, fornecido pela Aisin. 

Leia Também:  Mercedes-Benz Sustaineer é a mobilidade urbana sustentável do futuro

O modelo estreia a plataforma MLA , que é feita com 66% de aços de alta resistência e conta com nova travessa inferior, estrutura lateral de impacto e linha de carga. Na parte de suspensão, terá eixo rígido traseiro, com centro de rolagem reduzido, aumento de rigidez lateral e novos amortecedores.

No caso do Pulse , a marca antecipa que a distância entre-eixos será de 2,53 metros, sendo quatro centímetros mais curto que o entre-eixos do Jeep Renegade . Isso não significa necessariamente que o modelo da Fiat terá menos espaço interno que o Jeep, uma vez que a posição do painel, dos bancos e o tamanho do porta-malas influenciam diretamente no habitáculo. O Fiat Pulse  chegará às lojas no segundo semestre, provavelmente em agosto, já como modelo 2022. Novas informações serão reveladas próximas ao lançamento.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

O mundo sobre rodas

Piloto põe raridades da Ferrari à venda e pode arrecadar R$ 40 milhões

Publicados

em


source


Coleção de Ferrari inclui um modelo de Fórmula 1 e supercarros icônicos, com 288 GTO e o 275 GTB/4
Divulgação

Coleção de Ferrari inclui um modelo de Fórmula 1 e supercarros icônicos, com 288 GTO e o 275 GTB/4

Um piloto de corrida pouco conhecido, Marcel Petitjean está colocado a sua invejável coleção de modelos da Ferrari cujo montante de 28 exemplares dos mais raros modelos serão oferecidos sem reservas em um leilão da RM Sotheby’s em Paris, no dia 2 de fevereiro.

Petitjean não teve muito sucesso como piloto de corrida nos anos 60, mas com certeza compensou mais tarde com seus investimentos inteligentes. O ex-piloto até pensou em abrir um museu do automóvel , mas seus planos fracassaram e mais tarde ele decidiu vender as raridades.

Entre as preciosidades, estão uma 288 GTO de 1985, com apenas 272 unidades fabricadas e esta em específico, conta com apenas 9.600 quilômetros. O preço? Pelo menos US$ 2,8 milhões de dólares, ou R$ 15.164.800, em conversão simples.

Colecao de Ferraris. Foto: Divulgação

Leia Também:  Mitsubishi passa a oferecer programa de veículos por assinatura

Colecao de Ferraris. Foto: Divulgação

Colecao de Ferraris. Foto: Divulgação

Colecao de Ferraris. Foto: Divulgação

Colecao de Ferraris. Foto: Divulgação

Colecao de Ferraris. Foto: Divulgação

Outra das raridades é a 275 GTB/4 de 1966, a primeira Ferrari de produção a ser equipada com a versão de quatro árvores de cames no cabeçote do V12. Provavelmente chegará a mais de US$ 2,2 milhões de dólares (R$ 11.915.200).

Outros destaques incluem uma Ferrari 250 GT Series II Cabriolet restaurada de 1959 e uma Ferrari 250 GT/L Berlinetta de 1964. Ambos apresentam o motor V12 “Colombo” de bloco curto de 3,0 litros e, sem dúvida, adicionarão quase R$ 40 milhões de reais à conta bancária de Petitjean.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA