(65) 99638-6107

CUIABÁ

O mundo sobre rodas

Mercedes desistirá do segmento das peruas até 2030

Publicados

O mundo sobre rodas


source
Peruas da Mercedes conquistaram seu espaço ao longo de décadas , mas já estão com os dias contados
Divulgação

Peruas da Mercedes conquistaram seu espaço ao longo de décadas , mas já estão com os dias contados

A Mercedes-Benz anuncia que vai deixar de produzir peruas até 2030. A informação apurada pelo site alemão  Automobilewoche revela como o segmento não tem mais a mesma representatividade que teve um dia, nem no exterior. O mercado europeu ainda é o mais cativo. A maior justificativa por trás do anúncio é o investimento intensificado no segmento dos elétricos.

A Mercedes iniciou as vendas de peruas depois de muitas fabricantes. Lançou a versão familiar o W123 (antecessor do classe E) apenas em 1977. Mas desde então, a robustez típica da marca aliada ao espaço interno de uma perua conquistou muitos fãs pelo mundo.

Mercedes Classe C Estate une os atributos da sedã, mas com mais espaço para a família
Divulgação

Mercedes Classe C Estate une os atributos da sedã, mas com mais espaço para a família

A nova geração do Classe C estreou em 2022 com uma perua. Entretanto, não veremos a sua continuidade para as gerações seguintes. O mesmo vale para a CLA Shooting Brake , que não será continuada na próxima geração, prevista para 2025.

Leia Também:  Casa Monstro: conheça a residência ambulante projetada para nômades

A perua que será mais duradoura é também o carro chefe da linha familiar: a Classe E . O modelo deverá sobreviver até 2030, quando chegará uma nova geração sem a perua. Uma pena vermos, inclusive, a versão AMG de 612 cv se despedindo dos mais entusiastas.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

O mundo sobre rodas

Piloto põe raridades da Ferrari à venda e pode arrecadar R$ 40 milhões

Publicados

em


source


Coleção de Ferrari inclui um modelo de Fórmula 1 e supercarros icônicos, com 288 GTO e o 275 GTB/4
Divulgação

Coleção de Ferrari inclui um modelo de Fórmula 1 e supercarros icônicos, com 288 GTO e o 275 GTB/4

Um piloto de corrida pouco conhecido, Marcel Petitjean está colocado a sua invejável coleção de modelos da Ferrari cujo montante de 28 exemplares dos mais raros modelos serão oferecidos sem reservas em um leilão da RM Sotheby’s em Paris, no dia 2 de fevereiro.

Petitjean não teve muito sucesso como piloto de corrida nos anos 60, mas com certeza compensou mais tarde com seus investimentos inteligentes. O ex-piloto até pensou em abrir um museu do automóvel , mas seus planos fracassaram e mais tarde ele decidiu vender as raridades.

Entre as preciosidades, estão uma 288 GTO de 1985, com apenas 272 unidades fabricadas e esta em específico, conta com apenas 9.600 quilômetros. O preço? Pelo menos US$ 2,8 milhões de dólares, ou R$ 15.164.800, em conversão simples.

Colecao de Ferraris. Foto: Divulgação

Leia Também:  Conheça um jeito de desembaçar os retrovisores e as lentes das câmeras do carro

Colecao de Ferraris. Foto: Divulgação

Colecao de Ferraris. Foto: Divulgação

Colecao de Ferraris. Foto: Divulgação

Colecao de Ferraris. Foto: Divulgação

Colecao de Ferraris. Foto: Divulgação

Outra das raridades é a 275 GTB/4 de 1966, a primeira Ferrari de produção a ser equipada com a versão de quatro árvores de cames no cabeçote do V12. Provavelmente chegará a mais de US$ 2,2 milhões de dólares (R$ 11.915.200).

Outros destaques incluem uma Ferrari 250 GT Series II Cabriolet restaurada de 1959 e uma Ferrari 250 GT/L Berlinetta de 1964. Ambos apresentam o motor V12 “Colombo” de bloco curto de 3,0 litros e, sem dúvida, adicionarão quase R$ 40 milhões de reais à conta bancária de Petitjean.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA