(65) 99638-6107

CUIABÁ

O mundo sobre rodas

Jaguar volta a produzir o clássico C-Type

Publicados

O mundo sobre rodas


source
Jaguar C-Type venceu as 24 Horas de Le Mans, na França e terá algumas unidades produzidas novamente pela marca
Divulgação

Jaguar C-Type venceu as 24 Horas de Le Mans, na França e terá algumas unidades produzidas novamente pela marca

Em comemoração dos 70 anos do icônico C-Type , a divisão  Jaguar Classic , empresa especializada em fornecimento de peças e restauração de modelos clássicos da marca, vai fabricar o esportivo em pequena escala de apenas oito unidades a partir de 2022.

Da fábrica de Jaguar Classic Works em Coventry, no Reino Unido, os modelos contarão com os mesmos moldes e critérios de fabricação dos carros originais de 1953 que venceu as 24 Horas de Le Mans , na França, incluindo o motor de seis cilindros em linha de 3.4 litros, freios a disco e carburador triplo Weber 40DCO3 e 220 cv.

Roadster legítimo, o Jaguar D-Type vem com motor de seis cilindros, capaz de render 220 cavalos de potência
Divulgação

Roadster legítimo, o Jaguar D-Type vem com motor de seis cilindros, capaz de render 220 cavalos de potência

O raro Jaguar D-Type foi fabricado entre 1951 e 1953. Toda a especificação do último ano a qual servirá de base para o “novo carro” será obedecida através de um vasto material histórico que inclui participação do diretor de competição da Lofty England, Malcolm Sayer, e os engenheiros William Heynes, Bob Knight e Norman Dewis.

Leia Também:  Yamaha mostra edição de 20 anos do scooter TMAX da linha 2021
Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

O mundo sobre rodas

Brasileiros perdem 28 milhões de horas pagando IPVA, licenciamento e multas

Publicados

em


source
Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) aponta que Brasil é um dos países mais burocráticos do mundo
Divulgação

Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) aponta que Brasil é um dos países mais burocráticos do mundo

Segundo a startup especializada no parcelamento de débitos Zapay, o brasileiro perde em média 30 minutos de hora produtiva para pagar boletos de IPVA , licenciamento e multas . Com uma frota de 55,8 milhões de veículos ativos, a população perde quase 28 milhões de horas por ano para efetuar os pagamentos.A empresa calcula prejuízo monetário de quase R$ 2 bilhões por ano.

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) aponta que o Brasil é um dos países mais burocráticos do mundo. De acordo com a pesquisa, gastam-se 5,5 horas para a realização de trâmites burocráticos , tempo muito acima de outros países em desenvolvimento.

Não à toa, empresas que atuam na desburocratização de sistemas estão ganhando força no Brasil. A Zepay surgiu para atender clientes que estão insatisfeitos pela necessidade de enfrentar filas para conseguir concluir um processo simples no Detran.

Leia Também:  Ram 2500 Laramie chega à linha 2021 sem mudanças

“Dentro desse cenário, buscamos uma solução baseada  no uso de tecnologia, para que o consumidor consiga de maneira fácil e rápida, ter acesso a todos os seus débitos e pagar as dívidas do seu carro em um só lugar tendo a facilidade do parcelamento em mais vezes”, ressalta Calleb Mendes, CEO da Zepay. 

A startup atua facilitando a consulta dos débitos e viabiliza a realização do pagamento no cartão de crédito em até 12x, reduzindo o tempo de realização desse processo para 3 minutos. A empresa também tem postos físicos , onde consegue ajudar o cliente que não tem intimidade com os meios digitais a quitar seus débitos de forma rápida.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA