(65) 99638-6107

CUIABÁ

O mundo sobre rodas

GWM Haval H6 será lançado no Brasil no fim do ano com versões híbridas

Publicados

O mundo sobre rodas

source


O Haval H6 será o primeiro modelo da GWM a vir para o Brasil e estreará em duas versões híbridas
Divulgação

O Haval H6 será o primeiro modelo da GWM a vir para o Brasil e estreará em duas versões híbridas

A Great Wall Motors (GWM) anuncia a tecnologia DHT (Dedicated Hybrid Tecnology, ou Tecnologia Híbrida Dedicada) dos motores que vão equipar os próximos veículos a serem lançados no mercado brasileiro.


De acordo com a marca chinesa, todos os modelos serão eletrificados e contarão com versões que vão desde o híbrido leve até o híbrido plug-in.  A a nova tecnologia será incorporada à plataforma LMN, voltada para carros de passeio e lançada no final de 2020 pela GWM.

O primeiro modelo que deverá estrear no fim do ano no Brasil será o SUV Haval H6 , que ainda virá importado e, em breve, junto com os demais produtos, será produzido na fábrica de Iracemápolis (SP), a mesma onde eram fabricados os carros da Mercedes-Benz.

DHT GWM
Divulgação

DHT GWM

Leia Também:  Dia da Mobilidade Elétrica e Salão acontecem em maio e setembro em SP

Falando no H6 , este poderá concorrer com   Jeep com Compass, Toyota com o Corolla Cross, Volkswagen com o Taos e Mitsubishi com o Outlander.

“Vamos concorrer com essas marcas na faixa de preços, mas trazendo o diferencial do híbrido e do plug-in híbrido dentro destes segmento”, explica Oswaldo Ramos, COO da GWM Brasil.

A princípio, a GWM vai vender apenas os modelos ditos híbridos e plug-in, como é o caso do Haval H6 , mas a empresa adiantou que, em breve, vai oferecer também os híbridos flex , num futuro bem próximo.

Além do SUV H6, está em testes um esportivo, levando em consideração os números de desempenho que a marca vem trabalhando. Diz que a aceleração de 0  a 100 km/h, por exemplo, será feita em menos de 5 segundos.

Falando na DHT, todas as três configurações apresentadas vão funcionar com motor  1.5T DHT130  e mais 1 elétrico e tração dianteira, exceto a terceira variante PHEV 4, que adotará mais dois elétricos, sendo um para cada eixo (AWD), além do a combustão.

Leia Também:  Harley-Davidson pode tornar o modelo Bronx uma realidade

Com as baterias de autonomia para até 200 km , dependendo da configuração, no modo 100% elétrico, a Great Wall Motors garante que é possível rodar no ciclo urbano, sem a precisar usar o motor a combustão.

Com velocidades de até 140 km/h, o modo elétrico integral continua trabalhando, e acima disso, onde geralmente o motorista é forçado a fazer ultrapassagem, o motor passa a atuar juntamente com o a combustão, entregando o máximo de força. 

 A GWM lançará primeiramente o Haval H6 nas versões HEV e PHEV , ainda importado da China, mas em breve, vai produzir não só este modelo, mas outros na nova fábrica  em Iracemápolis (SP) que está sendo preparada para 2023.  Dessa maneira, a fabricante chinesa GMW fará sua estreia com 100% de cobertura nacional e contará com um  sistema de assinatura de seus veículos. 

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

O mundo sobre rodas

Raro Porsche 911 Speedster pode ser vendido por mais de R$ 1,6 milhão

Publicados

em


Este Porsche 911 Speedster 1989 foi fabricado apenas em 1989 e teve apenas 832 unidades feitas só para os EUA
Divulgação

Este Porsche 911 Speedster 1989 foi fabricado apenas em 1989 e teve apenas 832 unidades feitas só para os EUA

Com preço estimado entre US$ 275 mil e US$ 325 mil, o equivalente a pouco mais de R$ 1,4 milhão e 1,6 milhão em conversão direta, um raríssimo Porsche 911 Speedster de 1989 na cor ‘Grand Prix White’ ou ‘Branca Grand Prix’ será leiloado pela RM Sotheby’s no próximo dia 19 de agosto.

Para todos os ‘Porscheiros’, o Speedster nada mais é que o suprasumo dos 911, um culto entre colecionadores do mundo inteiro cuja produção ocorreu em janeiro de 1989 e destinada apenas ao mercado dos EUA. O conversível foi idealizado e inspirado no como uma homenagem ao icônico 356.

Só para se ter uma ideia da raridade, o esportivo alemão que utilizava a base do 930 Turbo Cabriolet da época e, de acordo com a Porsche, foram fabricadas apenas 832 unidades , cuja principal diferença estética está no para-brisa menor e na capa rígida que encobre a capota de lona de acionamento manual.

Leia Também:  Fiat Pulse e Toro encarecem e têm alteração de itens na linha 2023

Tal inspiração deu tão certo para a marca que a Porsche aproveitou o sucesso e fez outras variantes para outros modelos mais recentes com o Boxster Speedster pintado na mesma tonalidade e nos mesmos propósitos e características, porém espalhado para outros mercados, incluindo o brasileiro.

No caso específico deste 911, segundo a organização da casa de leilões RM Sotheby’s, ele foi à época encomendado com mais de US$ 6.000 em extras opcionais. Estes incluem um rádio Blaupunkt, banco do motorista elétrico, banco do passageiro com ajuste de altura, diferencial de deslizamento limitado, compartimento de armazenamento traseiro e uma alavanca de câmbio mais curta.

Por dentro, o 911 Speedster conta com o couro Can Can Red que obviamente foi bem conservado ao longo dos anos e parece estar em excelentes condições. Complementando o couro estão os tapetes Can Can Red e a alavanca de câmbio. Enquanto isso, o painel tem acabamento de couro preto.

Leia Também:  Jeep elétrico menor que o Renegade é revelado para chegar em 2023

A listagem acrescenta que o carro passou por um grande serviço em 2020 que custou US$ 5.891 (R$ 30.397) e incluiu manutenção no motor, caixa de câmbio, freios e sistemas de combustível. Uma nova bateria também foi instalada, assim como quatro pneus novos.

Se você gostou da raridade da Porsche , a RM Sotheby’s leiloará o carro em 19 de agosto de 2022. Então prepara as economias, junte os amigos e familiares para ficar na torcida e dê o seu lance. 

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA