(65) 99638-6107

CUIABÁ

O mundo sobre rodas

Fiat terá SUV elétrico de baixo custo a partir de 2023

Publicados

O mundo sobre rodas


source
Fiat Centovenci é o modelo conceitual que vai servir de base para o novo SUV elétrico da marca,  rival do Renault Kwid
Divulgação

Fiat Centovenci é o modelo conceitual que vai servir de base para o novo SUV elétrico da marca, rival do Renault Kwid

A Fiat também acelera o desenvolvimento de novos híbridos e elétricos e confirma que terá um novo SUV movido a eletricidade a partir de julho de 2023, informa o site espanhol Foro Coches Eléctricos . O modelo ficará numa faixa de preço abaixo do pequeno 500, mais voltado para rodar na cidade e baseado no protótipo Centoventi, apresentado pela primeira vez no Salão de Genebra (Suíça), em março de 2019.

O novo SUV elétrico da Fiat ainda não teve o nome divulgado (deverá manter o tradicional Panda), mas sabe-se que será fabricado em Tychy, na Polônia, com as baterias duráveis e econômicas da chinesa BYD , ainda conforme a publicação espanhola.

Leia Também:  iG Carros Podcast: como modelos novos deixam seminovos e usados mais caros?

A ideia é seguir o mesmo caminho traçado pela Dacia com os modelos Spring e Kwid , com baixo custo e maior distância livre do solo, o que dá um aspecto de SUV, junto com o desenho que dá impressão de que o carro é alto, como se fosse um jipinho urbano.

Tomando como base das medias do modelo conceitual Centoventi, a novidade deverá ter 3,68 metros de comprimento, exatamente o mesmo o que mede o rival Renault Kwid . Porém, o Fiat terá algumas vantagens, entre as quais o kit de bateria modular, que pode ter sua capacidade aumentada conforme for preciso de forma fácil e rápida.

O novo SUV elétrico baseado no conceitual Centoventi será mais voltado para o mercado europeu, pegando carona no longo sucesso do compacto Panda. No Brasil, a Fiat está prestes a revelar por completo o chamado “Progetto 363”, o que vai acontecer amanhã (4).

Leia Também:  Porsche 911 RSR que foi de Pablo Escobar está à venda nos EUA

Será o SUV do Argo , com os novo motores turboflex 1.0 e 1.3, carro que chegará ao lojas no segundo semestre como primeiro utilitário esportivo da marca no mercado brasileiro.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

O mundo sobre rodas

Brasileiros perdem 28 milhões de horas pagando IPVA, licenciamento e multas

Publicados

em


source
Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) aponta que Brasil é um dos países mais burocráticos do mundo
Divulgação

Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) aponta que Brasil é um dos países mais burocráticos do mundo

Segundo a startup especializada no parcelamento de débitos Zapay, o brasileiro perde em média 30 minutos de hora produtiva para pagar boletos de IPVA , licenciamento e multas . Com uma frota de 55,8 milhões de veículos ativos, a população perde quase 28 milhões de horas por ano para efetuar os pagamentos.A empresa calcula prejuízo monetário de quase R$ 2 bilhões por ano.

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) aponta que o Brasil é um dos países mais burocráticos do mundo. De acordo com a pesquisa, gastam-se 5,5 horas para a realização de trâmites burocráticos , tempo muito acima de outros países em desenvolvimento.

Não à toa, empresas que atuam na desburocratização de sistemas estão ganhando força no Brasil. A Zepay surgiu para atender clientes que estão insatisfeitos pela necessidade de enfrentar filas para conseguir concluir um processo simples no Detran.

Leia Também:  Segway mostra moto elétrica movida a célula de hidrogênio

“Dentro desse cenário, buscamos uma solução baseada  no uso de tecnologia, para que o consumidor consiga de maneira fácil e rápida, ter acesso a todos os seus débitos e pagar as dívidas do seu carro em um só lugar tendo a facilidade do parcelamento em mais vezes”, ressalta Calleb Mendes, CEO da Zepay. 

A startup atua facilitando a consulta dos débitos e viabiliza a realização do pagamento no cartão de crédito em até 12x, reduzindo o tempo de realização desse processo para 3 minutos. A empresa também tem postos físicos , onde consegue ajudar o cliente que não tem intimidade com os meios digitais a quitar seus débitos de forma rápida.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA