(65) 99638-6107

CUIABÁ

O mundo sobre rodas

Férias chegando: conheça 10 dicas para viajar com segurança

Publicados

O mundo sobre rodas


source


As dicas de manutenção vão ajudar você a curtir o passeio com mais tranquilidade
Divulgação

As dicas de manutenção vão ajudar você a curtir o passeio com mais tranquilidade

Com a chegada das férias, muitas famílias se preparam para colocar o pé na estrada e aproveitar os dias de descanso. Para isso, a ConectCar , empresa de meio de pagamento automático de mobilidade, oferece vantagens que trazem facilidade ao cliente como notificação de passagem e extrato online.

Para o melhor controle de gastos da viagem, serviço de guincho  com desconto, para o caso de pane no carro pelo caminho e reserva de vagas em estacionamentos e até o cashback da Ipiranga, na hora de abastecer.

De acordo com a empresa, as passagens em pedágios cresceram 82%, considerando os meses de maio de 2020 contra maio de 2021. Segundo o CEO da empresa, Felix Cardamone, esse é um reflexo do atributo dos pagamentos automáticos , que permitem que o usuário tenha maior higiene e segurança ao efetuar transações sem sair do carro.

“Os consumidores preferem pagar o estacionamento via tag de pagamento, mesmo com a opção da gratuidade oferecida por meio de um carimbo recebido dentro de um mercado”, comenta o executivo. 

Além disso, a empresa elaborou 10 dicas para quem pretende pegas a estrada sem sustos ou frustrações. Confira a seguir:

1 – FAÇA UMA REVISÃO NO CARRO

Cheque junto ao mecânico de sua preferência itens como painel, óleo e filtro, filtros de ar e combustível, arrefecimento, pneus, freios, bateria, palhetas, suspensão, faróis e itens de emergência: triângulo, macaco, chave de roda, estepe e extintor.

2 – FAÇA UMA LISTA DE ITENS NECESSÁRIOS

Fazer uma lista, um dia antes da viagem , de itens importantes que pode salvar qualquer viagem como grande quantidadde de frascos de álcool em gel e máscaras, além de óculos, protetores solares etc. Além disso, checar a cobertura do seu plano de saúde se faz necessário. Diante da pandemia, não dá pra arriscar adoecer longe de casa.

Leia Também:  Ford vai investir US$ 1 bilhão em fábrica alemã para fazer carros elétricos

3 – LIGUE O GPS

O GPS, do celular ou do próprio carro, quebra um galho durante vários momentos da viagem. Mas é claro que quem deve ficar de olho em que pontos parar é o passageiro. Uma boa dica, caso o celular perca o sinal do GPS , é deixar os mapas das redondezas do destino offline no aparelho.

4 – FAÇA UMA PLAYLIST DE VIAGEM

Uma boa playlist de músicas para viagem pode deixar o seu passeio ainda mais especial. Vale selecionar antecipadamente as músicas que vão tocar ou apenas dar play em alguma das muitas playlists de viagem que estão disponíveis nos streamings de música.

Você viu?

5 – FAÇA PARADAS, ALIMENTE-SE E BEBA MUITA ÁGUA

É essencial que você e seus companheiros de viagem façam paradas ao longo do percurso, para ir ao banheiro e se alimentar de maneira adequada. Além disso, parar em postos de gasolina e restaurantes é o momento perfeito para caminhar e alongar as pernas e coluna.

Opte por frutas e sanduíches leves, que não pesem no estômago e nem estraguem com facilidade. Leve bastante água para manter-se hidratado . Além disso, levar as coisas de casa é uma excelente maneira de fazer economia.

 6 – RESPEITE E ENTENDA A CULTURA DO LOCAL QUE VOCÊ VISITA

Você deve lembrar sempre que é um visitante nos lugares que viaja e, em muitos casos, as pessoas terão costumes e tradições diferentes do que você está acostumado. Por isso, é importante ressaltar que você deve, acima de tudo, respeitar a cultura local, além de estar aberto a viver novas experiências e apreciar novas maneiras de viver.

Leia Também:  Veja o Escapod Topo, uma carretinha que vira uma casa sobre rodas

7 – CONTROLE OS GASTOS E FAÇA UM ORÇAMENTO

Seja para calcular a gasolina necessária, o preço dos passeios, comidas ou até mesmo o preço das passagens e hotéis , planeje-se antes, tenha um orçamento em mente e tente ao máximo não ultrapassá-lo. Tendo esses preços em mente, fica bem mais fácil controlar seus gastos na viagem.

8 – VEJA A PREVISÃO DO TEMPO

O clima no local onde você viaja pode ser bem diferente de onde você mora. Por isso, procure pesquisar mais sobre o clima local de onde você viajará e tome cuidado com as temporadas de chuva , por exemplo, pois isso pode atrapalhar os planos e prejudicar a viagem como um todo.

9 – FAÇA UM ROTEIRO COM SUAS PREFERÊNCIAS

Muitas vezes não dá para visitar tudo em um local, seja pela falta de tempo ou até de dinheiro. O recomendável é fazer um roteiro com os lugares preferidos , por prioridade. Afinal tem pessoas que gostam mais de uma bela paisagem do que de um museu , por exemplo. Por isso, tente aproveitar ao máximo os lugares que mais te atraem.

10 – ÀS VEZES, O DESTINO DOS SONHOS ESTÁ DO SEU LADO E VOCÊ NEM SABIA

Muitas vezes sonhamos com destinos como Europa, EUA, Canadá e outros que podem estar acima do que conseguimos pagar, mas esquecemos dos belos lugares que temos aqui próximo, no próprio Brasil ou países vizinhos como Argentina e Chile, por exemplo, e que também valem muito a pena visitar, além de ser possível economizar mais com a viagem. Uma viagem de carro a um local próximo pode ser mais divertida do que você espera.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

O mundo sobre rodas

Conheça a história do Karmann Ghia TC

Publicados

em


source


Karmann Ghia TC foi lançado em 1970 e, com motor 1.6 refrigerado a ar, podia atingir 142 km/h, segundo a fabricante
Divulgação

Karmann Ghia TC foi lançado em 1970 e, com motor 1.6 refrigerado a ar, podia atingir 142 km/h, segundo a fabricante

O Karmann Ghia foi produzido entre 1962 a 1970 através da união dos amigos Wilhelm Karmann Junior, engenheiro alemão de renome e herdeiro da empresa de carrocerias Karmann e Luigi Segre, proprietário da Carrozzeria Ghia, de Turim, na Itália.

Sem dúvida, foi um carro que remetia e muito a esportividade, principalmente os conversíveis, mas o peso dos anos foi passando o que obrigou a Volkswagen a pensar num outro modelo que fizesse jus ao primeiro modelo, lançando assim o TC.

O Karmann Ghia TC (Touring Coupé) , surgiu no dia 3 de agosto de 1970, foi um modelo desenhado no Brasil e teve uma leve inspiração no Porsche 911 . Ao invés da plataforma do Sedan (o Fusca que conhecemos por aqui), o TC baseava-se na plataforma dos VW Variant e TL , e não era tão charmoso quanto o Tipo 14 que o antecedeu.

Tinha uma carroceria mais simples e compreendia um estilo menos marcante, porém a traseira fastback (traseira levemente caída) era uma característica a qual agradava ao público.

Vinha com motor de 1600 cm3 equipado com dois carburadores 32PSTI, ventoinha plana gerando 65 cv, igual ao utilizado no Variant (Tipo 3) e que garantia um bom desempenho para a época, próximo à marca dos 142 km/h de velocidade final , levando em consideração o chassi pesado vindo do Tipo 3.

Karmann Ghia TC tem uma traseira que lembra a do Porsche 911 original, de 1963 pelo estilo de cupê
Divulgação

Karmann Ghia TC tem uma traseira que lembra a do Porsche 911 original, de 1963 pelo estilo de cupê

Internamente, o fastback era infinitamente superior, graças à ampla área envidraçada e ao generoso espaço para cinco ocupantes e tinha um porta-malas que fazia jus ao nome.

Leia Também:  Stellantis acaba com a divisão SRT dos Dodge esportivos

A vantagem era a opção do rebatimento do banco traseiro que era bipartido e podia transformar o compartimento num porta-malas de grandes dimensões. Na frente, também havia espaço para acomodar pequenas bagagens. O TC também acabava de vez com alguns dos inconvenientes do Tipo 14 , como por exemplo, a turbulência interna que passava um certo desconforto com as janelas abertas.

O Karmann Ghia TC (Touring Coupé), surgiu no dia 3 de agosto de 1970, foi um modelo desenhado no Brasil
Reprodução

O Karmann Ghia TC (Touring Coupé), surgiu no dia 3 de agosto de 1970, foi um modelo desenhado no Brasil

Apesar das 18.119 unidades produzidas entre 1970 a 1975, o Karmann Ghia TC acabou se despedindo das linhas de montagem, devido às vendas que despencavam subitamente, passando a integrar, com merecido reconhecimento, sua parte na história da indústria automobilística nacional, agora como um verdadeiro clássico.

Você viu?

Onde surgiu a lenda Karmann Ghia?

Em 1953, Wilhelm e Luigi foram novamente a Volkswagen e mostraram o novo projeto e para a satisfação de ambos
Reprodução

Em 1953, Wilhelm e Luigi foram novamente a Volkswagen e mostraram o novo projeto e para a satisfação de ambos


O Volkswagen Karmann Ghia foi lançado através da união dos amigos Wilhelm Karmann Junior, engenheiro alemão de renome e herdeiro da empresa de carrocerias Karmann mais o Luigi Segre, proprietário da Carrozzeria Ghia, de Turim, na Itália.

Leia Também:  Ford vai investir US$ 1 bilhão em fábrica alemã para fazer carros elétricos

Com a parceria, juntos desenvolveram um protótipo pedido pela Volkswagen, baseado no Sedan (o nosso Fusca). Mas ao ver o projeto a fábrica o teria rejeitado. Mesmo assim, Segre não se deu por satisfeito e desenvolveu discretamente uma outra proposta, mais tarde, apresentada ao amigo Karmann Junior que aprovou de imediato.

Em 1953, Wilhelm e Luigi foram novamente a Volkswagen e mostraram o novo projeto e para a satisfação de ambos, Heinrich Nordhoff – executivo da montadora, aprovou o trabalho dos amigos e, dois anos mais tarde o Karmann Ghia era apresentado ao público.

O estilo da carroceria baixa (inspirada num Chrysler de 1953), harmonizada com as lanternas em formato de gota junto aos pára-lamas salientes logo caiu nas graças de todos, principalmente dos brasileiros quando chegou por aqui – em 1962, quando a Karmann estabelecia as mesmas atividades em relação a matriz, na Alemanha.

Em relação às versões alemãs, o nosso esportivo era diferenciado apenas pelo motor boxer (cilindros opostos) cuja cilindrada correspondia míseros 1.192 cm³ rendendo apenas 30 cv , o mesmo do Sedan. Esteticamente, o modelo brasileiro recebia pára-choques mais robustos.

O Karmann Ghia conversível ou Cabriolet foi lançado em 1958 e hoje em dia é um dos clássicos mais valorizados
Reprodução

O Karmann Ghia conversível ou Cabriolet foi lançado em 1958 e hoje em dia é um dos clássicos mais valorizados

Em 1958, era a vez de ser lançado o modelo conversível. Com um belo desenho contrastando com a capota, merecia grandes elogios, porém o fraco desempenho era o mesmo da versão com teto rígido, sendo mais tarde substituída por um motor digno (exatos 1.493 cm³) de seu apelo esportivo. Por aqui foram comercializadas num total de 23.570 unidades do Karmann Ghia (Tipo 14) entre 1962 a 1971, sendo 177 da versão conversível.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA