(65) 99638-6107

CUIABÁ

O mundo sobre rodas

Chevrolet Equinox deverá ganhar novo motor em 2023, diz site americano

Publicados

O mundo sobre rodas

source
Chevrolet Equinox ganhou atualizações no mês passado. Por isso, novo motor poderá vir só no ano que vem
Divulgação

Chevrolet Equinox ganhou atualizações no mês passado. Por isso, novo motor poderá vir só no ano que vem

O Chevrolet Equinox está a um passo de ganhar uma nova geração do seu motor 1.5 turbo, nos EUA, conforme o site GM Authority. O objetivo da fabricante é aprimorar os níveis de emissões de poluentes e adicionar um pouco mais de potência.

O motor atual, da família LYX, gera 172 cv e 27,8 kgfm, trabalhando sempre com um câmbio automático de 6 marchas e, dependendo da versão, pode ter tração dianteira ou integral. A partir da linha 2023, o SUV médio receberia o 1.5 LSD, com 177 cv e 27,8 kgfm, pelo que diz o site norte-americano.

Uma vez que isso vier a ocorrer de fato, veremos a novidade também aqui no Brasil, mas deverá ocorrer apenas em 2023. Isso apesar das mudanças que vieram recentemente, o que rendeu, também, novas versões para o SUV médio . O carro chega importado do México, onde é feito para todo o continente americano, então qualquer mudança afeta todos os mercados.

Leia Também:  A ligação do automobilismo brasileiro com o mês de maio

No mês passado, o Chevrolet Equinox ganhou faróis bipartidos em harmonia com a nova grade frontal. Com as mudanças, as luzes de LED ficaram mais evidentes e as luzes de neblina mais finas, formando um conjunto que agrada aos olhos juntamente com um acabamento caprichado.

No caso da versão esportiva RS as rodas são de aro 19 polegadas com pintura cinza grafite e tanto os defletores de ar quanto o logo da Chevrolet são pintados de preto brilhante. Outra novidade é que as lanternas ganharam LED. Na cabine, mudanças nos revestimentos de bancos e console agregam refinamento. Já o computador de bordo, trouxe novo grafismo.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

O mundo sobre rodas

Marca búlgara promete carro elétrico que poderá chegar aos 580 km/h

Publicados

em

Modelo só aparece em projeções gráficas até o momento. Imagina só se, em algum dia, isso chegará às ruas...
Divulgação

Modelo só aparece em projeções gráficas até o momento. Imagina só se, em algum dia, isso chegará às ruas…

Quando se pensa em supercarros , muito provavelmente a Bulgária é um país que não passa pela cabeça de entusiastas, ou até mesmo leigos no assunto. Entretanto, a Alieno, uma empresa búlgara fundada em 2015, está disposta a mudar isso — ou pelo menos diz estar.

A Alieno afirma que está trabalhando em um hipercarro chamado “Unum” e estima uma velocidade máxima de 584 km/h para seu carro, que, por sinal, parece ter vindo de um planeta bem distante.

Serão oferecidas quatro versões, todas começando com “RP”, que significa Potência Bruta, na tradução. A RP2 é a variante de entrada, que terá ‘apenas’ 2610 cv. A RP3 terá 3481 cv, enquanto a RP4 4351 cv e a topo de linha, RP5, irão oferecer 5221 cv de potência.

Leia Também:  A ligação do automobilismo brasileiro com o mês de maio

As versões contarão com configurações diferentes de motorização, a mais simples, RP2, terá três motores elétricos por roda, enquanto a topo de linha terá seis propulsores em cada roda, totalizando 24 motores elétricos .

O torque máximo na versão RP5 é de 905,5 kgfm, enquanto na versão RP2 é reduzido para 452,75 kgfm. Tudo isso entregue de forma instantânea, devido à característica dos motores elétricos de contar com menos partes móveis que desperdiçam energia.

Para alimentar esse complexo conjunto de motores, a bateria do Unum é feita com células de Grafeno e supercapacitores, podendo ter três especificações: 180 kWh na versão “de rua”, 120 kW no “Pacote de baterias de pista” e 60 kWh na configuração “Pacote de Baterias de corrida”.

Todo o sistema será de 800 Volts, o que permite maior aproveitamento de potência e regeneração e até recarga, e aqui é onde os valores são “reais”, já que arquitetura de 800 Volts vem se tornando comum nos modelos elétricos de ponta de fabricantes tradicionais. Para carregar as baterias, a Alieno afirma que poderá ser conectado em estações CCS de 350 kW e o tempo de recarga será entre 10 e 30 minutos. Em futuros carregadores da própria fabricante, a carga de 0 a 100% acontecerá em apenas 4 minutos. A versão RP5 ainda terá um pacote opcional chamado de TRS, ou “The Rocket Successor”, o sucessor do foguete, na tradução livre. Esse pacote adiciona um sistema de “propulsores de ar frio de foguetes” que são produzidos com titânio, aço e Inconel.

Leia Também:  Como os custos de um veículo elétrico se comparam com um tradicional?

Segundo a Alieno, esse inédito sistema de propulsores tem a função de aumentar a estabilidade e aderência do veículo e também auxiliar na frenagem.

Diferente de foguetes que usam gás pressurizado para mudar de direção ou mesmo reduzir a velocidade, a Alieno afirma que seus sistema utiliza ar convencional, e funcionam em tempo-real para manter o carro estável.

O Alieno Unum será comercializado a partir de 2025 com preços entre  € 1.8 milhão (R$ 9.64 milhões) e € 4.5 milhões (R$ 24.1 milhões) só é fabricado mediante encomenda, e o tempo de produção é estimado entre 18 e 30 meses, variando de acordo com as versões, pacotes, e outros opcionais escolhidos pelo comprador.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA