(65) 99638-6107

CUIABÁ

O mundo sobre rodas

BMW confirma lançamento dos modelos elétricos i4 e iX para o Brasil

Publicados

O mundo sobre rodas


source


BMW iX e BMW i4 conta com dois modelos 100% elétricos e que devem chegar em novembro à Europa antes de virem ao Brasil
Divulgação

BMW iX e BMW i4 conta com dois modelos 100% elétricos e que devem chegar em novembro à Europa antes de virem ao Brasil

A BMW  confirma o lançamento dos modelos 100% elétricos i4 e iX já para o início de novembro para o mercado europeu. Além disso, a marca alemã diz que chegada de ambos os modelos ao Brasil está confirmada acontecerá em breve.




BMW i4 é um sedã com ares de cupê e virá em duas versões: eDrive40 e M50.
Divulgação

BMW i4 é um sedã com ares de cupê e virá em duas versões: eDrive40 e M50.

O sedã elétrico  i4  virá na versão M50, com dois motores elétricos (um em cada eixo), somando  544 cv de potência e 81,6 kgfm de torque. A transmissão de torque fica, em sua maior parte, concentrada na traseira, uma maneira de reforçar a tradição da BMW.

A aceleração provida pelos motores elétricos permite ir de 0 a 100 km/h em mínimos 3,9 segundos. A autonomia chega a 510 km (ciclo WLTP, ciclo harmonizado internacional para medição de autonomia), com consumo entre 19 e 24 kWh/100 km, diz a fabricante.

Leia Também:  Passat Surf: projeto mescla turbo e estilo clássico

 Já o i4 na versão eDrive40 , possui 340 cv de potência e 42,82 kgfm de torque instantâneo, números que garantem aceleração de zero a 100 km/h em 5,7 segundos – a tração é traseira. O alcance máximo é de bons  590 km (ciclo WLTP, ciclo harmonizado internacional para medição de autonomia). Por sua vez, o consumo de energia fica entre 16 e 20 kWh/100 km.

O sedã conta com um design esportivo caracterizado pelas proporções típicas de um coupé. O capô é longo, a altura é reduzida e o porta-malas é curto. Por falar nisso, a marca divulga 470 litros de volume. O espaço interno para cinco pessoas é beneficiado pelas medidas amplas, auxiliadas pelo entre-eixos de 2,85 metros.

As baterias que ficam entre os eixos do BMW i4. A recarga é a mais rápida possível graças à possibilidade de se carregar as baterias em estações ultra rápidas de recarga com capacidade de admissão de energia de até 200 kW – o máximo disponível. Nesse modo, é possível recarregar as baterias de 10% a 80% em apenas 31 minutos.

Leia Também:  Renault Argentina quer importar picape Alaskan para Brasil

O SUV BMW iX

O iX virá inicialmente nas versões xDrive 40 (326 cv) e xDrive 50 (523 cv) e mais tarde, a M60 de 600 cv.
Divulgação

O iX virá inicialmente nas versões xDrive 40 (326 cv) e xDrive 50 (523 cv) e mais tarde, a M60 de 600 cv.

O modelo iX, por sua vez dispõe de duas versões de tração integral. O BMW iX xDrive 50 gera 523 cv e 78 kgfm , com aceleração de zero a 100 km/h em 4,6 s, com consumo entre 19,8 e 23 kWh/100 km. O alcance da versão é de 630 km (ciclo WLTP, ciclo harmonizado internacional para medição de autonomia).

Já o BMW iX xDrive 40 tem potência equivalente a 326 cv e torque máximo de 64,24 kgfm , o que basta para ir de zero a 100 km/h em 6,1 segundos. O consumo de energia fica entre 19,4 e 22,5 kWh/100 km. A autonomia máxima chega a 425 km (ciclo WLTP, ciclo harmonizado internacional para medição de autonomia). Ainda há uma opção ainda mais forte a caminho, o BMW iX M60 , cuja potência ultrapassa 600 cv.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

O mundo sobre rodas

Ford Ka domina ranking entre os cinco modelos mais vendidos pela internet

Publicados

em


source


Ford Ka deixou de ser produzido no Brasil em janeiro, mas aparece entre os seminovos mais vendidos no Brasil pela internet
Roberto Assunção

Ford Ka deixou de ser produzido no Brasil em janeiro, mas aparece entre os seminovos mais vendidos no Brasil pela internet

A Carupi startup de tecnologia criada em 2019 e que trabalha com a intermediação da venda de veículos apontou um crescimento de 14% no comparativo entre agosto e setembro deste ano.

Ao longo deste ano, ao menos 10 fabricantes paralisaram sua produção como medida de combate à disseminação do coronavírus. Com isso, o mercado de compra e venda de veículos seminovos teve crescimento alto , de 55% no acumulado do ano, de acordo com a Fenauto (Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores).

Trazendo o ranking dos mais transacionados pela Carupi em setembro, a Ford domina o top 5. Em primeiro lugar está o Ka , com 6,5% das vendas . Em segundo lugar, com 4,8% , está o japonês Civic da Honda , seguido pelo Fiat Argo , que teve 3,9% da comercialização .

Leia Também:  Renault Argentina quer importar picape Alaskan para Brasil

Empatados em quarto lugar estão os modelos Fiesta e Ecosport da Ford , com 3,3% , e quase em seguida está o CRV da Honda , com 3,1%.  Modelos como H yundai HB20, Peugeot 2008, Volkswagen Fox e Tiguan apresentam percentuais menores, que variam entre 3,1% e 1,4%.

“A Ford anunciou que iria encerrar a produção de veículos no Brasil e passaria só a importá-los. Esse volume de vendas na Carupi pode ser reflexo dos donos com receio de ficar sem assistência ou garantia, embora a montadora afirme que continuará prestando os serviços”, comenta Gustavo Braga, diretor de comunicação da startup.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA