(65) 99638-6107

CUIABÁ

O mundo sobre rodas

Audi inclui e-tron S Sportback no programa de carros por assinatura

Publicados

O mundo sobre rodas

source


Audi e-tron é o modelo 100% elétrico da marca alemã que passa a ser oferecido por assinatura no Brasil
Divulgação

Audi e-tron é o modelo 100% elétrico da marca alemã que passa a ser oferecido por assinatura no Brasil

A Audi lança a nova fase do programa de carros por assinatura ‘Audi Luxury Signature’ que conta agora o novo modelo 100% elétrico e-tron S Sportback além dos já conhecidos no pacote A4, Q7, e-tron e e-tron Sportback.

De acordo com a marca alemã, os valores para assinatura partem de R$ 8.285 por mês em planos de 24 meses; além dessa novidade, o programa também ganha expansão territorial e está disponível em 27 cidades, com ajuda de 34 pontos de venda.

O plano por assinatura está disponível para as concessionárias credenciadas presentes nos estados de São Paulo, Goiás, Distrito Federal, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Espírito Santo.

Leia Também:  Finalistas ao Carro do Ano no Mundo são todos elétricos pela 1ª vez

O programa de assinatura ‘Audi Luxury Signature’ ainda oferece planos que possuem duração de 18 ou 24 meses e contemplam até 1.500 km para rodar por mês, seguro, IPVA, licenciamento, assistência 24 horas e manutenção preventiva, além de blindagem disponível com custo adicional. O projeto é desenvolvido em parceria com a Fleet Solutions, empresa do Grupo Volkswagen.

Os valores de assinatura partem de R$ 8.285 para o Audi A4 Sedan , R$ 15.330 para o Audi e-tron , R$ 15.795 para o Audi Q7 , R$ 16.345 para o Audi e-tron Sportback , R$ 18.245 para o Q8 e R$ 21.100 para o Audi e-tron S Sportback.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

O mundo sobre rodas

DeLorean esclarece dúvidas sobre o lançamento do EVolved

Publicados

em

source
Vídeo divulgado pela DeLorean mostra poucos detalhes
Divulgação

Vídeo divulgado pela DeLorean mostra poucos detalhes

Quando um nome na indústria automotiva é revivido, ele é cercado de expectativas e também de entusiastas do antigo modelo.Com a DeLorean não é diferente. A fabricante voltou à ativa após falir em 1982 e afirma que está preparando um modelo com referências ao DMC-12 original, que se tornou um ícone popular graças os filmes da franquia “De Volta para o Futuro”.

Nas redes sociais, alguns entusiastas que aguardam o novo modelo da DeLorean se mostraram confusos com as imagens de divulgação lançadas pela fabricante e para solucionar as dúvidas, o Chefe do Departamento de Marketing da empresa, Troy Beetz, comunicou que todas as imagens são do mesmo veículo.

“Só posso revelar que estamos realizando ajustes finos nesse desenho. Sem pegadinhas, do primeiro à última imagem divulgada, as diferenças são apenas evoluções do design baseadas nas respostas que recebemos na nossa equipe interna e dos futuros clientes” Disse o executivo. A dúvida surgiu por conta de um anúncio do CEO da companhia, Joost De Vries, quando disse que iria apresentar outros protótipos que a empresa possui.

Leia Também:  Avaliamos a Cera da Rodabrill que dá um brilho mais intenso

De acordo com o executivo, apesar da falência da empresa original em 1982, os estúdios de design nunca pararam de projetar modelos, e os desenhistas atuais esboçaram como imaginam o que seriam os produtos da DeLorean durante as décadas em que esteve falida.

Ainda não existem quaisquer informações sobre os conceitos que a DeLorean possui, mas o lançamento do EVolved – que nem teve esse nome confirmado ainda – pode ser a oportunidade perfeita para apresentar esses conceitos ao mundo, que devem ser apenas esboços e imagens computadorizadas projetando as idéias dos desenhistas.

Vale ressaltar que o modelo será revelado no fim do mês, precisamente no dia 31 de maio, e o público terá o primeiro contato com o veículo durante o concurso de elegância de Pebble Beach , que acontece na Califórnia, Estados Unidos a partir do dia 21 de agosto.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA