(65) 99638-6107

CUIABÁ

O melhor detergente é a luz do sol

TST determina reajuste de 9,75% para funcionários dos Correios

Publicados

O melhor detergente é a luz do sol

 

 

source
Reajuste considera defasagem salarial devido ao aumento da inflação
Reprodução: ACidade ON

Reajuste considera defasagem salarial devido ao aumento da inflação

Empregados dos Correios terão 9,75% de reajuste no valor do salário e do vale-alimentação. O percentual foi definido pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST), em julgamento de dissídio coletivo realizado na segunda-feira (22).

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos e os funcionários vinham negociando questões como aumento salarial e trabalho aos fins de semana na Justiça, mas não conseguiram chegar a um acordo nos últimos meses. Com isso, foi necessário julgar o dissídio coletivo.

O valor do reajuste foi fixado com base em perdas salariais decorrentes da inflação, mas não está vinculado a um índice de preços.

O relator do processo, ministro Agra Belmonte, concluiu que a greve realizada pelos trabalhadores dos Correios em agosto deste ano não foi abusiva, uma vez que todas as determinações previstas na Lei de Greve foram cumpridas — tentativas de negociação prévias e aviso à empresa sobre a paralisação, por exemplo. Contudo, os empregados que aderiram ao movimento terão o dia parado descontado do salário, como previsto na legislação.

Na sessão, também ficou estabelecido que os contratados para trabalhar 44 horas semanais, incluindo fins de semana, têm direito a um adicional de 15% na remuneração. Quanto ao plano de saúde, os Correios deverão disponibilizar o benefício aos empregados com adesão facultativa, e quem contratar o plano precisará arcar com os custos de mensalidade e coparticipação.

Outro ponto de discórdia entre Correios e trabalhadores, a liberdade de acesso dos dirigentes sindicais aos empregados foi garantida pelo ministro Agra Belmonte. Segundo ele, trata-se de um exemplo de procedimento que visa tornar o ambiente de trabalho democrático. As informações são do TST.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

O melhor detergente é a luz do sol

CULTURA DE MATO GROSSO: Trajetória do artista Benedito Nunes é perpetuada em site e documentário

Publicados

em

 

Apelidado carinhosamente de Van Gogh do Cerrado, a trajetória do artista plástico Benedito Nunes está eternizada no site que leva o nome dele, e que conta com detalhes a história de vida e o legado cultural deixado pelo mato-grossense, que gostava de retratar a natureza da região e o cotidiano da cuiabania. Aprovado no edital Conexão Mestres da Cultura, da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), o projeto ‘Tributo ao Mestre do Cerrado: Benedito Nunes’, conta também com o documentário ‘Se essa rua fosse Nunes’, com estreia para esta sexta-feira (26.11), na plataforma digital que homenageia o artista.

Falecido em março do ano passado, aos 63 anos de idade, Benedito Nunes é considerado um dos mais importantes artistas da famosa ‘Geração 80’. Nascido em 1956, era pintor, desenhista, professor e escultor. Ganhou reconhecidos prêmios nas artes visuais, participou de importantes exposições no Brasil e fora do país. E, os seus 30 anos de história com a arte, a biografia é contada pelo professor e crítico de arte Laudenir Antônio Gonçalves, disponível no site lançado pelo projeto.

Leia Também:  CAUSA ANIMAL: Bolsonaro sanciona lei que proíbe eutanásia de cães e gatos de rua

A plataforma traz também o documentário ‘Se essa rua fosse Nunes’, produzido a partir das imagens e narração sobre as obras do artista. Também estão disponíveis no site uma galeria virtual e uma oficina apresentada pela proponente do projeto ‘Tributo ao Mestre do Cerrado: Benedito Nunes’, a artista Tânia Pardo.

“Nunes, além de ser um artista acessível e carismático, era famoso por retratar o cenário mato-grossense. Assim ficou conhecido como o Van Gogh do Cerrado, deixando sua marca na arte brasileira. Foi um grande artista, premiado em vários salões, não só em Mato Grosso, mas também fora. Reconhecido no Brasil por seu estilo, nos deixou um grande legado”, destaca Tania Pardo.

Conexão Mestres da Cultura – O edital surgiu para compartilhar os saberes e fazeres artísticos e culturais do estado, reconhecendo o trabalho desenvolvido por pessoas impactaram a cultura mato-grossense, considerando sua contribuição para o fortalecimento da cultura do estado e sua importância para a comunidade que atua.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA