(65) 99638-6107

CUIABÁ

O melhor detergente é a luz do sol

PIS/Pasep: R$ 24,5 bi estão disponíveis para saque; veja quem pode retirar

Publicados

O melhor detergente é a luz do sol

 

 

source
PIS/Pasep: R$ 24,5 bi estão disponíveis para saque; veja quem pode retirar
Fernanda Capelli

PIS/Pasep: R$ 24,5 bi estão disponíveis para saque; veja quem pode retirar

O abono salarial do PIS/Pasep ainda conta com mais de R$ 24,5 bilhões a serem sacados. Esses recursos são destinados aos trabalhadores que tiveram carteira de trabalho assinada entre as décadas de 70 e 80 . Para além dos trabalhadores, os herdeiros também podem retirar os recursos.

Desse montante, cerca de R$ 22,8 bilhões são de cotas do extinto fundo PIS/Pasep, repassados ao FGTS , e R$ 1,2 bilhão é de recursos do abono salarial não sacados em outros anos, além de R$ 448,4 milhões de abono salarial do atual calendário.

Quem pode retirar cotas do PIS?

De acordo com o site Diario do Nordeste, tem direito ao saque das Cotas do PIS somente o trabalhador cadastrado como participante do Fundo PIS/PASEP até 04/10/1988 e que ainda não realizou o saque.

O prazo para sacar, neste ano, o abono salarial do PIS/Pasep 2020/2021 (referente ao ano-base 2019) acabou no dia 30 de junho. Mas, de acordo com a Resolução 838 , do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), publicada em 24 de setembro de 2019, a retirada do dinheiro ainda poderá ser feita pelo trabalhador pelos cinco anos seguintes após o encerramento do cronograma de pagamentos.

A questão é que será preciso esperar um pouco. O benefício só voltará a ficar disponível no calendário de pagamentos do próximo ano-base. Veja  aqui como sacar.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

O melhor detergente é a luz do sol

CHOCOLATE CONTRA O PRECONCEITO: Nestlé muda nome de bombom para “acabar com racismo e discriminação”

Publicados

em

 

 

source
Negrita
Reprodução

Negrita

O bombom da Nestlé ” Negrita ” mudará seu nome para ” Chokita ” para evitar “atitudes racistas e preconceituosas”, diz a marca. O nome estampou o chocolate por 60 anos , e deixará de existir a partir de outubro .

Segundo a Nestlé, o novo nome “refere-se ao inconfundível sabor do chocolate, somado ao diminutivo que no Chile reflete o que tratamos com carinho. Esta modificação não afeta de forma alguma a receita do produto, que mantém sua qualidade e sabor característico de sempre.”

Para a empresa, chegou a hora de fazer a alteração, pois, há 60 anos, viviam num contexto completamente distinto. Hoje, o chocolate por vexes é utilizado de maneira jocosa com pessoas de pele preta.

A empresa diz que os consumidores receberam bem a mudança e concordam que era a hora certa.

Leia Também:  MIRANDA MUNIZ: Nos dias atuais, assistimos inúmeras reclamações e denúncias (algumas infundadas, outras nem tanto) de iniciativas de membros do Ministério Público com finalidade de prejudicar, sem justa causa, esse ou aquele partido, político ou candidato. Esse é um caso típico de desvirtuamento do papel do MP, comprometendo de morte sua independência e até mesmo sua credibilidade perante a sociedade.

Caso parecido aconteceu com o bombom ” Feitiçaria “, da Lacta, que teve que trocar a estampa após teorias da conspiração.  Inspirado no clássico “feitiço”, famoso na década de 90, foi acusado de conter “mensagens malignas” na embalagem. A companhia então trocou o nome para “Lacta Chocolate” e “Lacta Morango”.

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA