(65) 99638-6107

CUIABÁ

Brasil, mostra tua cara

Nesta terça, Gauchinho é atração na CPI do MT Saúde

Publicados

Brasil, mostra tua cara

Gilmar Brunetto é presidente do Sindicato dos Servidores da Empaer e membro do Fórum Sindical de Mato Grosso


Depois do adiamento da última quarta-feira, o sindicalista Gilmar Brunetto, presidente do Sinterp e membro do Fórum Sindical de Mato Grosso, também conhecido como Gauchinho, será finalmente ouvido pelos deputados que compõem a CPI do MT Saúde, naa Assembléia Legislativa, nesta terça-feira, 26 de março, a partir das 9 horas da manhã, no auditório Milton Figueiredo. Existe a expectativa de que o encontro do sindicalista Gauchinho com os parlamentares tenha transmissão ao vivo pela TV Assembléia.
Gilmar Brunetto, que pretende comparecer à CPI acompanhado por todos os demais sindicalistas que participam do Fórum Sindical, reitera que seu depoimento diante da CPI presidida pelo deputado Walter Rabello será uma boa oportunidade para detalhar as razões que levaram o Fórum Sindical a intervir e cobrar uma devassa nas irregularidades detectadas nas gestões anteriores do MT Saúde.
“Nosso Plano tem condições de ser um dos mais confiáveis de todo o País e vamos conseguir atingir este objetivo, à medida que apurarmos e punirmos os responsáveis pelos rombos que foram detectados no MT Saúde”, avalia Gilmar Brunetto. “É assim que criaremos condições para a efetiva reestruturação do MT Saúde, passando, então, a uma nova etapa, que é a de reconquistar a adesão da maioria dos servidores, de forma a enfrentar o monopólio que há anos vem dominando este setor da economia de Mato Grosso”.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  DURO GOLPE: TSE libera "fichas sujas" com contas rejeitadas

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Brasil, mostra tua cara

Presidente diploma cadetes e fala sobre governo: “aqui é mais difícil”

Publicados

em


O presidente Jair Bolsonaro presidiu hoje (27) a cerimônia de formatura de 391 novos aspirantes a oficial do Exército na Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), em Resende sul do Rio de Janeiro. Bolsonaro fez um discurso de improviso à tropa e evitou falar de política. 

Durante a fala, o presidente relembrou os quatro anos necessários para a conclusão do curso e comparou a jornada à da presidência. “Eu até hoje guardo os ensinamentos que aqui aprendi. Nos momentos difíceis a frente da Presidência da República  eu vejo o que passei por aqui e me conformo dizendo: aqui foi mais difícil.” 

Bolsonaro também exaltou as 23 mulheres que integram a turma e que se formam “mostrando para todos nós que quem tem garra, determinação, força de vontade, coragem e fé consegue atingir os seus objetivos. Parabéns a vocês todas.”  

O presidente atribuiu ao Exército Brasileiro suas conquistas pessoais. “Esta formação marca a vida de todos nós. Essa formação nos fará vencer obstáculos. Lembrem-se de uma coisa: o que for possível nós faremos, o que não for, entregaremos nas mãos de Deus; Ele no dia a dia nos dá exemplos de superação”, afirmou.

Leia Também:  Juiz federal manda prender 7 pelo Escândalo da Cooperlucas

Jair Bolsonaro também afirmou que é papel dos formandos defender a democracia brasileira e a liberdade, além de frisar a necessidade de respeito pela Constituição. “Nós atingiremos o nosso objetivo, que é o bem estar de toda a nossa população.”

Além da defesa de valores, Bolsonaro também discursou sobre a amizade e o companheirismo entre integrantes das Forças Armadas. “Sem gratidão não chegaremos a lugar algum. Quem esquece o seu passado está condenado a não ter futuro”, frisou.

Duque de Caxias, patrono do Exército Brasileiro, também foi exaltado durante a fala. ”Um homem exemplo para todos nós. E digo a vocês: quem fará o futuro da nossa pátria não será um homem ou uma mulher. Seremos todos nós, 210 milhões de habitantes.”

Duração

Sob sol forte, a cerimônia de formatura dos 391 novos aspirantes a oficial do Exército durou aproximadamente 1h30. No moimento dos aspirantes receberem a espada de Duque de Caxias, Bolsonaro desceu do palanque das autoridades e foi cumprimentar e tirar fotos com familiares de formandos. Ele ficou cerca de 20 minutos no pátio.

Leia Também:  MEDICINA: Hospital Geral de Cuiabá é o único a realizar cirurgias e atendimentos cardiológicos em Mato Grosso

Na cerimônia também estavam presentes, o vice-presidente Hamilton Mourão, o ministro da Defesa, Walter Braga Netto e os comandantes das três Forças, além de generais.

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA