(65) 99638-6107

CUIABÁ

E no entanto é preciso cantar

JOSÉ INÁCIO WERNECK: Pasmem! 46 % de americanos acreditam que o mundo surgiu mesmo como está na Bíblia. Deus fez Adão, tirou sua costela, fez Eva, Noé levou os bichos para a Arca – mas os dinossauros, ao que parece, chegaram atrasados para o embarque

Publicados

E no entanto é preciso cantar

Santa ignorância
por JOSÉ INÁCIO WERNECK
Bristol (EUA) – Amigos, rola na Internet um vídeo de Bill Nye, conhecido durante muitos anos como “The Science Guy” por causa de um programa de televisão que fazia, com um apelo patético aos pais americanos: “Precisaremos de seus filhos no futuro. Por favor, não os ensinem a duvidar da evolução”.
O apelo é dirigido principalmente aos evangélicos e sua crescente e perniciosa influência. Os evangélicos sustentam  que o mundo foi criado há cerca de seis mil anos, precisamente como está na Bíblia, com Adão e Eva passeando no Paraíso em companhia dos animais feitos por Deus, entre eles os dinossauros.
É mais ou menos uma crença nos moldes daquela história em quadrinhos, Brucutu, em que nosso herói cavalgava seu fiel dinossauro (como era mesmo o nome dele, Dino?) e namorava a simpática Ula.
Mas, pasmem, 46 % de americanos acreditam que o mundo surgiu mesmo como está na Bíblia. Deus fez Adão, tirou sua costela, fez Eva, Noé levou os bichos para a Arca (os dinossauros ao que parece chegaram  atrasados para o embarque), etc. Esta história de que o Universo surgiu há  14 bilhões de anos, que a Terra apareceu há 4,5 bilhões de anos, toda a evidência fóssil e geológica de que estamos cercados, a evolução das espécies segundo Charles Darwin – tudo isto, para os evangélicos é mentira, para não dizer pecado.
Ora, o que preocupa Bill Nye é que tal ignorância acabe prejudicando o futuro dos Estados Unidos como uma nação que progrediu e progride  por causa da qualidade de seu ensino, de suas universidades, de sua ciência, de suas inovações tecnológicas. Num momento em que países como a China, a Índia, o Japão e a Rússia investem no campo científico, Bill Nye teme que novas gerações de americanos mergulhem nas trevas da ignorância.
Seu medo é bem fundado. Hoje a maioria dos mais brilhantes alunos de universidades americanas vem do exterior, sobretudo da Ásia. Alguns ficam nos Estados Unidos, depois de se formarem, mas a maioria volta para seus países de origem.
Nos Estados Unidos, enquanto isto, a influência evangélica tem levado um crescente número de políticos e administradores escolares a introduzirem no currículo estudantil a tese do “Criacionismo”, a teoria de que o mundo foi feito ao pé da letra  como  populações primitivas escreveram ou narraram oralmente há   três mil anos ou por aí e nos chegou em traduções em cima de traduções.
Contra todos os avanços da ciência, os evangélicos invocam “a palavra de Deus”. Construíram recentemente o “Creation Museum”, em Kentucky, onde ensinam tudo de acordo com o Velho Testamento.
Só bradando, como Castro Alves: “Deus, ó Deus, onde estás que não respondes”?
José Inácio Werneck, comentarista esportivo da ESPN, radicado nos Estados Unidos, escreve regularmente no site “DIRETO DA REDAÇÃO”
http://www.diretodaredacao.com/noticia/santa-ignorancia

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  CEARÁ E VILSON NERY: É um escárnio. As tais “pedaladas fiscais” são cometidas todos os anos, por todos os gestores, que rolam dívidas e compromissos da gestão. Não há sequer um prefeito ou um governador que ao fim de um exercício não tenha “pendurado” uma conta para o ano seguinte. Portanto, o impeachment que se planeja contra a presidenta da República, liderados por acusados de desvio de recursos para a Suíça, investigados na Lava a Jato e derrotados nas eleições de 2014, é um atentado contra a Democracia

Propaganda
8 Comentários

8 Comments

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

A vida como ela é

ALECIANE HAUER: O que você acha de agradecer pelo ano de 2020?

Publicados

em

Por

Gratidão 2020!!!

Por Aleciane Hauer

Há aproximadamente um ano, quando todos nós estávamos planejando como seriam as festas de fim de ano fizemos muitos planos para o futuro de 2020. 

Na época reclamamos muito de 2019!

Nós sempre reclamamos mais do que agradecemos, não é verdade?

Até que chegou o tão esperado ano de 2020.

Todo mundo com o coração cheio de esperanças em relação ao ano vindouro!

Que venha 2020!

Me surpreenda 2020!

Que 2020 seja melhor do que 2019! 

Que eu consiga realizar todos os meus desejos!

Esses eram os nossos pedidos…

Meu Deus! Quantos sonhos e planos! Quanta expectativa por um ano de número par – o ano de 2020…

E 2020 realmente nos surpreendeu…

Acabou sendo um ano ímpar, único…

Diferente de tudo que já vivemos e experienciamos até hoje.

Famílias separadas.

Avós adoecendo sem poder ver os netos crescerem.

Netos sem o carinho e afago dos avós.

Pai e mãe longe dos seus filhos.

Partidas sem despedidas.

Muito choro, tristeza, sem entendermos… Mas porque tão rápido?!

O isolamento social tornou-se uma demonstração de amor e empatia!

Sorrisos escondidos embaixo de máscaras.

Máscaras fazendo parte dos nossos acessórios do dia a dia.

Rostos cansados, machucados com marcas deixadas pelas máscaras.

Mãos aflitas, desesperadas, tensas, a procura de água, sabão e o famoso álcool gel.

Médicos e profissionais da saúde exaustos, buscando salvar o maior número de vidas, mesmo com tão pouco recursos.

Todos à espera de um verdadeiro milagre!

Cidades vazias, desertas, tristes, silenciosas.

Hospitais cheios.

Cemitérios lotados de ricos, pobres, velhos, jovens, crianças, negros, brancos, artistas famosos, anônimos, gente dos quatro cantos do mundo, indo todos para o mesmo lugar!

Um pesadelo! 

Parecendo um filme de terror!

Um vírus e milhões de sonhos cancelados, interrompidos.

Um vírus e milhões de vidas ceifadas.

Famílias destruídas, despedaçadas pela dor imensurável da perda dos seus entes amados.

Um vírus e milhões de expectativas trancadas em casa.

E você, qual lição tirou de tudo isso?

Se lembrou de agradecer por ter chegado até aqui? Por estar vivo?

Você parou para refletir que tudo que chega na nossa vida carrega um propósito?

Você entendeu a importância do agradecer?

Compreendeu que os minutos com as pessoas que amamos não tem preço?

Você entendeu que a cor da pele, raça, crença e situação econômico-social não faz diferença?

Você entendeu a importância de viver o hoje?

Você entendeu a importância de dizer EU TE AMO para quem você ama AGORA?

Você entendeu a importância de pedir perdão a quem você ofendeu e de perdoar quando foi ofendido?

Você sabia que muitas famílias não vão comemorar o Natal esse ano?

Você percebeu que é um grande privilegiado em ter a sua família reunida neste Natal?

Você entendeu o que significa GRATIDÃO?

GRATIDÃO É AGRADECER A DEUS POR CADA MINUTO VIVIDO!

GRATIDÃO É TER O ACONCHEGO DA FAMÍLIA.

É PODER RESPIRAR E SORRIR SEM MÁSCARAS

GRATIDÃO É PODER COMPARTILHAR UM ABRAÇO CALOROSO ENTRE AS PESSOAS.

GRATIDÃO É VIVER O HOJE INTENSAMENTE!

GRATIDÃO É VIVER EM PLENA HARMONIA!

Então o que você acha de agradecer pelo ano de 2020?

Vamos aproveitar mais cada minuto ao lado de quem a gente ama?

Vamos reclamar menos?

Vamos gastar mais nossa energia no que realmente importa?

Porque lembre-se: 

CADA MINUTO VALE MUITO!

CADA MINUTO IMPORTA!

A VIDA É MOVIMENTO!

NÃO DESPERDICE A OPORTUNIDADE DE UM NOVO RECOMEÇO A CADA DIA!

VIVA A VIDA!

E QUE SEJA HÁBITO AGRADECER O LINDO PRESENTE QUE É VIVER!

QUE DEUS NOS ABENÇOE!

Assim é! 

ALECIANE HAUER é escrivã da Polícia Judiciaria Civil do Estado de Mato Grosso

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Lewandowski determina que Anvisa decida até final de abril sobre importação da vacina Sputnik pelo Maranhão – e demais Estados, como aqui o MT. LEIA DECISÃO
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA