(65) 99638-6107

CUIABÁ

O melhor detergente é a luz do sol

Hospital Estadual Santa Casa, de Cuiabá, realiza 30 cirurgias pediátricas em dois dias

Publicados

O melhor detergente é a luz do sol

 

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) e o Hospital Estadual Santa Casa promovem o primeiro mutirão de cirurgias pediátricas eletivas após o início da pandemia pela Covid-19. Em 48 horas, a unidade hospitalar realizará 30 procedimentos cirúrgicos de hérnia e de postectomia em crianças com até 14 anos de idade, pelo programa Mais MT Cirurgias, lançado em julho pelo Governo de Mato Grosso.

Nesta sexta-feira (15.10), serão realizadas 15 cirurgias pediátricas e, no sábado (16.10), ocorrerão mais 15 procedimentos cirúrgicos.

O secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, destacou que as equipes técnicas estão empenhadas na meta de reduzir drasticamente a fila de espera por cirurgia eletiva em Mato Grosso.

“Estamos em uma força tarefa que conta com o empenho brutal de todos os profissionais que compõem as equipes dos nossos hospitais. Queremos realizar 800 cirurgias por mês no Hospital Estadual Santa Casa e 2 mil cirurgias por mês em toda a nossa rede. Esse esforço se soma à atuação dos municípios e dos consórcios intermunicipais de saúde para vencermos o desafio de realizar 25 mil cirurgias eletivas nos próximos 12 meses”, disse o gestor.

Leia Também:  SAÍTO, pensador cristão, acredita que desastres, catástrofes, maldades, fatos desagradáveis que nos cercam, têm uma causa, e não estão na ação direta da providência divina, mas na permissão. A ação imperfeita é das criaturas, não da perfeição, do criador. É por aí?

“O mutirão contempla pacientes infantis que já estavam regulados pelos municípios e que aguardavam pela retomada das cirurgias eletivas, que estão sendo liberadas gradativamente até atender toda a demanda”, acrescentou a diretora do Hospital Estadual Santa Casa, Patrícia Neves.

A ação de mutirão deve ocorrer periodicamente, contudo, entre o mês de julho e setembro de 2021, mais de 750 cirurgias eletivas já ocorreram regularmente nos hospitais geridos pelo Estado. Isto é, os procedimentos eletivos já estão avançando em Mato Grosso.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

O melhor detergente é a luz do sol

CULTURA DE MATO GROSSO: Trajetória do artista Benedito Nunes é perpetuada em site e documentário

Publicados

em

 

Apelidado carinhosamente de Van Gogh do Cerrado, a trajetória do artista plástico Benedito Nunes está eternizada no site que leva o nome dele, e que conta com detalhes a história de vida e o legado cultural deixado pelo mato-grossense, que gostava de retratar a natureza da região e o cotidiano da cuiabania. Aprovado no edital Conexão Mestres da Cultura, da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), o projeto ‘Tributo ao Mestre do Cerrado: Benedito Nunes’, conta também com o documentário ‘Se essa rua fosse Nunes’, com estreia para esta sexta-feira (26.11), na plataforma digital que homenageia o artista.

Falecido em março do ano passado, aos 63 anos de idade, Benedito Nunes é considerado um dos mais importantes artistas da famosa ‘Geração 80’. Nascido em 1956, era pintor, desenhista, professor e escultor. Ganhou reconhecidos prêmios nas artes visuais, participou de importantes exposições no Brasil e fora do país. E, os seus 30 anos de história com a arte, a biografia é contada pelo professor e crítico de arte Laudenir Antônio Gonçalves, disponível no site lançado pelo projeto.

Leia Também:  III Mostra de Cerâmica do Mato será aberta nesta quinta-feira (10)

A plataforma traz também o documentário ‘Se essa rua fosse Nunes’, produzido a partir das imagens e narração sobre as obras do artista. Também estão disponíveis no site uma galeria virtual e uma oficina apresentada pela proponente do projeto ‘Tributo ao Mestre do Cerrado: Benedito Nunes’, a artista Tânia Pardo.

“Nunes, além de ser um artista acessível e carismático, era famoso por retratar o cenário mato-grossense. Assim ficou conhecido como o Van Gogh do Cerrado, deixando sua marca na arte brasileira. Foi um grande artista, premiado em vários salões, não só em Mato Grosso, mas também fora. Reconhecido no Brasil por seu estilo, nos deixou um grande legado”, destaca Tania Pardo.

Conexão Mestres da Cultura – O edital surgiu para compartilhar os saberes e fazeres artísticos e culturais do estado, reconhecendo o trabalho desenvolvido por pessoas impactaram a cultura mato-grossense, considerando sua contribuição para o fortalecimento da cultura do estado e sua importância para a comunidade que atua.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA