(65) 99638-6107

CUIABÁ

Brasil, mostra tua cara

A SAÍDA? ONDE FICA A SAÍDA? – Quem paga a conta? Os ricos com aumento de impostos ou os pobres com corte de gastos sociais? "Receio que os avanços sociais dos últimos 12 anos sejam cancelados simplesmente", diz o diretor de redação da revista CartaCapital, o decano jornalista Mino Carta, ao refletir sobre o cenário atual do país. EM VÍDEO

Publicados

Brasil, mostra tua cara


 

Campanha midiática é movida a ódio de classe, diz Mino Carta

da Carta Capital

Quem paga a conta? Os ricos com aumento de impostos ou os pobres com corte de gastos sociais?
“Receio que os avanços sociais dos últimos 12 anos sejam cancelados simplesmente”, diz o diretor de redação da revista Carta Capital, Mino Carta, ao refletir sobre o cenário atual do país.
O ajuste fiscal e o rebaixamento da nota foram os principais temas da conversa entre o diretor de redação, Mino Carta, e o editor de mídia online, Lino Bocchini.
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  GILBERTO FIGUEIREDO: Antero Paes de Barros, respeitem essa história

Propaganda
1 comentário

1 comentário

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Brasil, mostra tua cara

Morre o prefeito de São Paulo, Bruno Covas

Publicados

em


O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, morreu às 8h20 deste domingo (16), em decorrência do câncer da transição esôfago-gástrica e complicações do tratamento. O velório será fechado, com a presença apenas para a família, mas haverá também uma cerimônia na prefeitura.

Licenciado do cargo no início deste mês, Bruno Covas estava em tratamento no Hospital Sírio-Libanês, na capital paulista.

Filho de Pedro Lopes e Renata Covas Lopes e pai do jovem Tomás Covas, Bruno nasceu em Santos, no litoral paulista, no dia 7 de abril de 1980, e foi advogado, economista e político brasileiro.

Mudou-se para a capital paulista em 1995 e, dois anos depois, filiou-se ao PSDB, seguindo os passos do avô, o ex-governador Mário Covas (1930-2001), sua grande inspiração e influência política . No partido, chegou a ser presidente estadual e nacional da Juventude do PSDB e ocupou cargos na Executiva Estadual.

Sua carreira na política começou em 2004, quando se candidatou a vice-prefeito de sua cidade natal. Dois anos depois, foi eleito deputado estadual na Assembleia Legislativa de São Paulo e reeleito para o mesmo cargo e m 2010, com mais de 239 mil votos, sendo o mais votado d aquele ano.

Leia Também:  O agro é fogo: queimadas são responsabilidade do agronegócio. Organizações sociais alertam sobre massacre à sociobiodiversidade

No ano seguinte, assumiu a Secretaria Estadual do Meio Ambiente no governo de Geraldo Alckmin, permanecendo no cargo até 2014, quando foi eleito deputado federal para o mandato 2015-2019.

Edição: Nádia Franco

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA