(65) 99638-6107

CUIABÁ

Brasil, mostra tua cara

A SAÍDA? ONDE FICA A SAÍDA? – Quem paga a conta? Os ricos com aumento de impostos ou os pobres com corte de gastos sociais? "Receio que os avanços sociais dos últimos 12 anos sejam cancelados simplesmente", diz o diretor de redação da revista CartaCapital, o decano jornalista Mino Carta, ao refletir sobre o cenário atual do país. EM VÍDEO

Publicados

Brasil, mostra tua cara


 

Campanha midiática é movida a ódio de classe, diz Mino Carta

da Carta Capital

Quem paga a conta? Os ricos com aumento de impostos ou os pobres com corte de gastos sociais?
“Receio que os avanços sociais dos últimos 12 anos sejam cancelados simplesmente”, diz o diretor de redação da revista Carta Capital, Mino Carta, ao refletir sobre o cenário atual do país.
O ajuste fiscal e o rebaixamento da nota foram os principais temas da conversa entre o diretor de redação, Mino Carta, e o editor de mídia online, Lino Bocchini.
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  HONRA AO MÉRITO - Serly Marcondes, Geraldo Fidelis, Luis Bertolucci, Rita Tolentino, Nilza Possas, Mario Kono, Yale Mendes, Wladymir Perri, Eulice Cherulli, Anderson Candiotto, João Filho de Almeida, Jorge Martins, Maria Farias Pinto, Luis Kirche e Maria das Graças Costa são "juízes destaques em 2012", segundo Corregedoria do TJ

Propaganda
1 comentário

1 comentário

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Brasil, mostra tua cara

MP cria verbas para pagar Auxílio Brasil de R$ 400 em dezembro

Publicados

em


A edição extra do Diário Oficial da União (DOU) de hoje (7) trouxe o texto da Medida Provisória (MP) 1.076 de 2021, que antecipa o pagamento do novo valor do Auxílio Brasil – programa social de distribuição de renda que substitui o antigo Bolsa Família.

O instrumento cria um benefício extraordinário que complementa as parcelas já previstas do Auxílio Brasil para o valor de R$ 400 divulgado pelo governo. A manobra ocorre devido à necessidade de promulgação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios, que deverá ser fatiada e que possibilitará a alocação de recursos para o pagamento integral do Auxílio Brasil.

Segundo o calendário de pagamentos já divulgado pela Caixa, os créditos relativos à parcela de dezembro do Auxílio Brasil serão recebidos a partir da próxima sexta-feira (10).

Leia também:
» Veja o calendário do ciclo de pagamentos do Auxílio Brasil em dezembro

Mais cedo, o presidente Jair Bolsonaro comentou sobre a PEC dos Precatórios e afirmou que o instrumento não é “calote”, mas uma forma viável de realocar dívidas em prol de uma revisão justa de benefícios sociais.

Leia Também:  MPF insiste em retirar nome de ditador da Ponte Rio-Niterói

“[A PEC dos Precatórios] não é um calote, muito pelo contrário. É uma renegociação, um alongamento de dívida para quem tinha mais de R$ 600 mil para receber do governo. É isso que nos permite um saldo, um espaço, para potencializar com justiça o programa”, disse o presidente durante a cerimônia de assinatura da concessão de frequências do 5G no Palácio do Planalto.

Título alterado às 8h22 para corrigir informação. O texto publicado em edição extra do Diário Oficial é uma medida provisória, e não um decreto.

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA