Ulysses Moraes contra a boca de urna na OAB

Fábio Capile, advogado e professor, abraçou a tese levantada por Ulysses Moraes e também entrou na campanha contra a boca de urna na eleição da OAB-MT

Fábio Capile, advogado e professor, abraçou a tese levantada por Ulysses Moraes e também entrou na campanha contra a boca de urna na eleição da OAB-MT

 

 

A campanha está lançada. O jovem advogado Ulysses Moraes, nessa pré-campanha, está levantando a tese de que a boca de urna, nas eleições para renovação da Diretoria e do Conselho Estadual da OAB em Mato Grosso, precisa acabar

Ulysses condena a formação de um verdadeiro “corredor polonês” na sede da OAB, em Cuiabá, no dia da votação. Argumenta que não fica bem para os advogados e advogadas mato-grossenses continuarem se submetendo a esta prática de acabrestamento do voto, quando a prática, há muitos anos, já foi abolida da rotina de votação nas eleições gerais do País, supervisionadas pela Justiça Eleitoral.

Ulysses foi à caça do posicionamento daqueles advogados e advogadas que já estão cogitando disputar as eleições deste ano e colheu posicionamentos contraditórios. Pela situação, Maurício Aude diz que é contra a boca de urna mas ainda não assinou. Leo Capataz não assinou, nem pretende assinar mais adiante, porque defende a boca de urna e anunciou pro Ulysses que é contra apenas o tal corredor polonês. Cláudia Aquino, antes de se posicionar, disse que tem que consultar sua equipe. Fábio Capilé, sorridente como sempre, aderiu com entusiasmo à campanha contra a boca de urna. Francisco Faiad não assinou, lembrou que já tentou modificar esta prática via Conselho Fiscal e que a tentativa não resultou.

Pela oposição, Pio da Silva, José Moreno, Eduardo Mahon, nesta ordem já assinaram, apoiando a tese levantada por Ulysses Moraes. Nos vídeos, mais informações.

Voltaremos ao assunto, claro.

Eduardo Mahon também aderiu à campanha que está sendo puxada por Ulysses Moraes

Eduardo Mahon também aderiu à campanha que está sendo puxada por Ulysses Moraes

Categorias:Jogo do Poder

9 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 189.59.52.209 - Responder

    Grande Iniciativa!!
    Uma pena este jovem ainda não poder concorrer! Terá sempre o meu apoio! Sem medo de enfrentar os grandes e impor aquilo que é correto!

  2. - IP 189.59.52.209 - Responder

    É inspirador , começo a acreditar que um dia teremos um representante sem medo. Parabéns doutor Ulysses

  3. - IP 201.86.181.188 - Responder

    O melhor candidato chama-se Fábio Capilé! Advogado combativo e ético e que representa com orgulho nossa classe!

  4. - IP 177.204.92.63 - Responder

    Parabéns, Dr. bela iniciativa, vamos levar essa ideia para o interior.

  5. - IP 201.57.87.34 - Responder

    Bela iniciativa! Deixe o povo decidir, sem que sejam corrompidos com práticas antigas de bocas de urna! Acho a proibição justa, uma vez que, quem concorre a vaga, não deve necessitar desse tipo de atitude, deixando para a campanha toda demonstração de caráter e potencial.

  6. - IP 200.252.61.242 - Responder

    Bela iniciativa do Dr. Ulysses, isso nos inspira e nos faz acreditar que as coisas podem mudar. Acima de tudo, temos que ter coragem para mudar o sistema. Continue lutando pelo correto, parabéns!

  7. - IP 187.123.11.134 - Responder

    PARABÉNS AO NOBRE ADVOGADO, EU JÁ ESTIVE COM O DR PIO DA SILVA EM UMA CONVERSA NO FÓRUM DE CUIABÁ NO MÊS DE FEVEREIRO 2015 E LÁ AO LER AS PROPOSTAS DO NOBRE ADVOGADO ME RECORDO QUE ESTA PROPOSTA DE COLOCAR UM BASTA NAS BOCA DE URNA DA OAB/MT ENCONTRA-SE ELENCADO PARABÉNS AO DR PIO DA SILVA QUE TEM O MEU VOTO

  8. - IP 189.98.241.75 - Responder

    Parabéns ao doutor Ulysses!! Vamos acabar com a boca de urna!

  9. - IP 187.25.150.15 - Responder

    Acabar com boca de urna porque ???? A festa em que se transforma a sede da OAB.MT no dia da eleição é a coisa mais linda !!!! A OAB inclusive inspirou outras Entidades Classista a fazerem a festa da Democrácia no dia da eleição…..não estou entendendo a quem interessa essa “idéia brilhante” de acabar com boca de urna .

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

17 + 9 =