O GLOBO: PF prende deputado ficha-suja

riva fala homero_jpgss

PF prende deputado ficha-suja e faz buscas na casa de governador de MT
Anselmo Carvalho Pinto
O Globo

CUIABÁ – A Polícia Federal prendeu na manhã desta terça-feira o deputado estadual José Riva (PSD) e o ex-secretário da Copa de Mato Grosso Éder Moraes. Eles são os principais alvos da quinta fase da operação Ararath, que investiga um esquema de desvio de recursos e lavagem de dinheiro.

Considerado o maior ficha-suja do Brasil, Riva é ex-presidente da Assembleia Legislativa, de onde foi afastado em razão de um dos mais de 100 processos a que responde.

Além de dirigir a Secopa, Eder Moraes foi secretário de Fazenda e da Casa Civil na administração do ex-governador Blairo Maggi (PR).

A operação também realizou busca e apreensão no apartamento e no gabinete do governador Silval Barbosa (PMDB).

O esquema começou a ser investigado com a descoberta de que uma factoring de Cuiabá, de propriedade do empresário Gérsio Marcelino Mendonça Filho, realizava operações de crédito com políticos e empresários sem autorização do Banco Central.

Os agentes federais também fizeram buscas na casa e no gabinete do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Sérgio Ricardo. Quando era deputado estadual, Ricardo se revezava com Riva na presidência e na primeira secretaria da Assembleia, os dois principais cargos do Legislativo estadual.

Outro alvo da operação é o prefeito de Cuiabá Mauro Mendes (PSD), que também é um dos empresários mais ricos de Cuiabá, com patrimônio declarado de R$ 116 milhões. Agentes da PF estiveram dentro da prefeitura atrás de documentos.

Os policiais chegaram à casa e ao gabinete de Riva no início da manhã. Depois de fazer as buscas, o gabinete foi lacrado por agentes federais. Até as 9h40, uma equipe ainda permanecia na casa do parlamentar.

Seus assessores de imprensa confirmaram a operação. Nas próximas horas, deverá ser elaborada uma nota de esclarecimento.

A primeira fase da operação Ararath foi desencadeada em novembro do ano passado, com o cumprimento de 11 mandados de busca e apreensão. Na época, o principal alvo foi o empresário Gércio Mendonça Júnior. Os primeiros passos da operação se concentrou em empresários. Agora é a vez do braço político do esquema.

 

http://oglobo.globo.com/pais/pf-prende-deputado-ficha-suja-faz-buscas-na-casa-de-governador-de-mt-12540108

 

Categorias:Cidadania

1 Comentário

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

2 × dois =