Nesta terça (9), as agências do HSBC vão parar em Mato Grosso e em todo o Brasil. O foco da Paralisação Nacional é alertar a sociedade e também cobrar do Banco Central garantias para que o trabalhador não seja prejudicado com as mudanças anunciadas pelo banco

bancarios se mobilizam contra deminações no hsbc na pagina do enock

O futuro dos trabalhadores do HSBC é o tema central do Dia Nacional de Luta convocado pela CONTRAF-CUT e pelos Sindicatos dos Bancários de todo o Brasil nesta terça-feira (09/06). Em Mato Grosso, as agências do HSBC (Centro/Cuiabá e Agência 8 de abril) irão paralisar as atividades nesta terça-feira, Dia Nacional de Luta contra as demissões que o HSBC vem promovendo em todo o país.

O Sindicato dos Bancários de Mato Grosso convoca os funcionários do HSBC para participar da luta contra a demissão em massa e manutenção dos direitos trabalhistas. O foco da Paralisação Nacional é alertar a sociedade e também cobrar do Banco Central garantias para que o trabalhador não seja prejudicado com as mudanças anunciadas pelo banco.

Além de mostrar preocupação com a questão do emprego, os sindicatos querem alternativas que não penalizem os bancários. “Depois de tantos anos operando no Brasil, o Banco Inglês não podem simplesmente fechar as portas e ficar por isso mesmo. Não vamos pagar a conta dos banqueiros”, afirma o presidente do Seeb/MT, José Guerra.

 

hsbc luta contra demissões

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

seis − três =