NAIME MARTINS – Qualquer pessoa pode ser candidata, é legítimo. O que não pode é o CRM, a OAB, ou qualquer outro conselho de classe vestir descaradamente a camisa deste ou daquele candidato em detrimento de outros da mesma classe.

O advogado e professor Naime apela para que o presidente da OAB, Claudio Stábile e os demais conselheiros, "sejam mais discretos e não usem o nome da OABMT em apoio a qualquer candidato que seja, antes DIVULGUEM para conhecimento da classe o NOME DE TODOS OS COLEGAS QUE SÃO CANDIDATOS"

OAB e a POLÍTICA
Naime Márcio Martins Moraes

A OAB/MT, através de sua atual diretoria, envergonha a classe, quando subestima a inteligência do próprio advogado. Quase todos os dias são notícias distorcidas, meias verdades, divulgação de fatos duvidosos e sem origem, chegam a “redigir sentenças”, enfim, lamentavelmente, dentre o que se lê nos noticiários ainda temos denuncias  de que o conselheiro federal Faiad e o próprio presidente da OAB estão sendo investigados, processados, juntamente com outros membros da diretoria, dentre outros processos que respondem, etc…

Se são verdadeiras ou não as denuncias, o que por si só é grave, o fato é que existem, inquéritos e processos por prática de crime em andamento contra alguns dos atuais conselheiros. Por outro lado, está muito claro e vergonhoso o apoio político-partidário da OAB e a vinculação com esse ou aquele candidato, o que é INACEITÁVEL e  IMORAL. Quase todos os dias tem fotos estampadas nos jornais, blogs, rede sociais, dos dirigentes da OABMT com esse ou aquele candidato, mas especialmente com o candidato a vice na chapa do PT.

Ora, quanto à candidatura qualquer pessoa pode ser candidata, é legítimo o pleito, seja gari ou palhaço que saiba ler e escrever, seja ele doutor, o que não pode é o CRM, a OAB, ou qualquer outro conselho de classe  vestir descaradamente a camisa deste ou daquele candidato em detrimento de outros da mesma classe.

No caso da OAB, salvo melhor juízo, ou equivoco de minha parte, mas a leitura que tenho feito das aparições dos diretores/conselheiros da OABMT, é de apoio público e exclusivo ao advogado Faiad, sendo que há tantos outros advogados concorrendo nessas eleições pelos mais diversos partidos políticos.

Há que se destacar que a OAB é a CASA DAS LIBERDADES DEMOCRÁTICAS, portanto, não pode ter bandeira de qualquer partido político, por outro lado desrespeita e ignora todos os outros advogados especialmente ao advogado João Celestino que está concorrendo dentro de outra legendo ao mesmo cargo que o advogado Faiad, o de vice prefeito.

Pelo que, em respeito à classe e a todos os advogados que estão concorrendo nessa eleição PEÇO que o Presidente da OAB, Claudio Stábile e os demais conselheiros, sejam mais discretos e não usem o nome da OABMT em apoio a qualquer candidato que seja, antes DIVULGUEM para conhecimento da classe o NOME DE TODOS OS COLEGAS QUE SÃO CANDIDATOS, disponibilizem os seus currículos, e propostas,  promovam debates entre os candidatos da Majoritária, se for o caso entre os vices, que são advogados.

É preciso destacar a importância da Ordem dos Advogados do Brasil, (OAB) ninguém pode negar desde a sua organização, teve um papel importantíssimo, na defesa das garantias individuais, na luta pela democracia, ficou conhecida como Casa das Liberdades Democráticas, como já disse, onde se debatiam idéias, propostas, sem, contudo odiar aqueles que pensavam diferente.

Grandes nomes, juristas, de verdade, fizeram história e honraram a profissão, inclusive na política,deixando verdadeiros legados para toda a sociedade. Falo de homens e mulheres inclusive que presidiram a OABMT, não dos “advogados” como diria o saudoso poeta Silva Freire, quando queria se referir a um colega que carregava certa nódoa em sua carreira, aqueles que se dedicavam ao estudo profundo das matérias de direito, que redigiam com maestria, usando o vernáculo na sua mais preciosa origem e aplicação,  diferente de alguns advogados de hoje que se limitam ao copiar e colar, que fazem uma advocacia de quantidades, sem ao menos se ater ao fato se o cliente tem ou não razão, mas cuja tática é: “se colar colou”.

Caros colegas, é preciso resgatar o BRIO, a HOMBRIDADE, a VERGONHA, a HONRA, o ORGULHO DE SER ADVOGADO e especialmente o de ter ORGULHO DE QUEM REPRESENTA NOSSA CLASSE.

Nossos representantes de hoje se ocupam em trocar de cadeiras ou, como num tabuleiro, as peças de um jogo, apenas mudam de lugar, mas são sempre as mesmas, isso tem que mudar, parece que a OAB tem dono, a preocupação é sempre de fazer o sucessor e continuar com a boquinha.

Os advogados querem e precisam de propostas factíveis, reais, viáveis, em defesa tanto da sociedade como dos advogados.

Colegas, a evolução da tecnologia, tem sido espetacular, em pouquíssimo tempo, estamos no que se denomina era digital, tudo tem evoluído, só não tem evoluído o próprio ser humano, ao contrário, a cada ano que passa fica pior, a luta pelos interesses pessoais, em detrimento do coletivo é o menos pior dentre as  buscas e disputas dos que se dizem humanos. VAMOS DAR UM BASTA NISSO!

Particularmente, sonho o sonho dos jovens advogados, especialmente dos que criaram o grupo “OAB Jovem e Independente” (Parabéns para esses pequenos gigantes) que anseiam e acreditam em dias melhores, onde nossos representantes poderão andar de cabeça erguida, cujo legado maior será a Honestidade (honesto é aquele acima de qualquer suspeita).

Naime Márcio Martins Moraes é Advogado e Professor Universitário, presidente do Instituto Brasileiro de Direito de Família de Mato Grosso.

Categorias:Jogo do Poder

4 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 187.55.181.249 - Responder

    Parabéns pelo artigo. Comungo plenamente do que foi escrito e tenho a plena conficção que ainda veremos a OAB retomando a sua verdadeira função perante a sociedade.

  2. - IP 177.132.240.108 - Responder

    A OAB tem de ser respeitada e se fazer respeitar. Parabéns pelo posicionamento! Mudança com ética e renovação já!

  3. - IP 201.71.189.61 - Responder

    Parabéns caro colega… com sua ritual maestria nos deixa uma perspectiva de dias melhores … infem elizmente a OAB deixou de se preocupar com os interesses primordiais da classe… quem advoga sabe muito bem do que estou falando… falar da demora do judiciário só em época de eleição não basta…falar que a demora nos processos é culpa do advogado também não podemos aceitar diante da absurdidade de muitas decisões…se advogados copiam e colam…juízes e assessores também adotam essa prática.. sem a menor preocupação em tentar fazer justiça para uma melhor prestação jurisdicional à sociedade que já não acredita.. nos poderes constituídos…se não é hora de dar um basta pelo menos é hora de se pensar um novo rumo para novos tempos…é preciso pensar na qualidade de vida do advogado…

  4. - IP 201.71.180.81 - Responder

    Não estou aqui defendendo Diretoria da OAB, mais o DR. Naime deveria prestar contas do período em que ele foi assessor de Juiz Classista. Eu continuo de olho.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

20 − 9 =