NA CONTRAMÃO DA GASTANÇA: Prefeito de Nova Olímpia, Cristovão Masson (PP), reduz o próprio salário

Cristovão Masson governa o município de Nova Olímpia ao lado do seu vice, Milton Lopes Guimarães

Cristovão Masson governa o município de Nova Olímpia ao lado do seu vice, Milton Lopes Guimarães

PARA CUMPRIR LEI

Prefeito reduz o próprio salário

THIAGO ANDRADE
DIARIO DE CUIABÁ

Com receio de não cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), o prefeito de Nova Olímpia, Cristovão Masson (PP), resolveu cortar os salários dos servidores públicos, inclusive, o seu próprio.

A medida deve gerar uma economia de R$ 52.542,91 na folha de pagamento referente ao mês outubro. Com isso, o prefeito pretende cumprir a legislação que prevê o teto de 54% da Receita Corrente Líquida para gastos com pessoal.

Segundo a prefeitura, a redução dos salários seguiu o percentual de 16,5% para o prefeito, seu vice, secretários municipais e assessores.

Por exemplo, o salário do prefeito, que era de R$ 12 mil, passou a ser R$ 10.020,00. Para os chefes de departamentos e de setores a redução foi de 15%.

A medida foi tomada tendo por base à própria LRF, que estabelece que quando a despesa total com pessoal ultrapassar o limite, o administrador terá de adotar medidas necessárias ao retorno das mesmas aos seus limites.

O objetivo é que o excedente seja eliminado no prazo máximo de dois quadrimestres seguintes ao da constatação da ocorrência, corrigindo-se, pelo menos, um terço no primeiro quadrimestre.

VÁRZEA GRANDE – O prefeito de Várzea Grande, Walace Guimarães (PMDB), também recebeu uma notificação formulada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) para que diminua os gastos com o pagamento de pessoal

Categorias:Beleza Pura

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

19 − 8 =