Campanha Coronavirus

Movimento Aprender Direito mostra sua força e já reúne mais de 1.200 participantes em Cuiabá. Em outubro, debates serão sobre Direito Processual Penal

Mais de 100 pessoas participaram dos debates promvidos pelo Movimento Aprender Direito, no final de semana, nas dependências do escritório de Eduardo Mahon. A participação é franqueada a todos os interessados através de comunidade no Facebook.

No final de semana, o Movimento Aprender Direito voltou a mostrar sua força crescente: mais de 100 advogados e acadêmicos de Direito participaram da quarta rodada de debates que giraram em torno do Direito Tributário, com o tributarista Bruno Rocha puxando as discussões em torno do lançamento fiscal e da consolidação de créditos tributários.Em seguida, o advogado de Brasília, Elvis Del Barco, especialista em compensação tributária, proferiu palestra sobre o tema, com comentários do especialista em Direito Aduaneiro, advogado Rafael Bernardelli.

O Movimento Aprender Direito organiza suas atividades pelo Facebook, em página do mesmo nome. É uma proposta inovadora, através da qual profissionais já gabaritados e com participação vitóriosa no mercado, se encontram com advogados iniciantes e estudantes de Direito para ampliar as informações sobre temas pouco explorados ou até mesmo não tratados na graduação jurídica que é ofertada, atualmente, pelas faculdades de Cuiabá e de todo Mato Grosso.

Uma parceria. Um movimento solidário. Uma troca de experiência. Todo mundo percebe que, por conta dos furos que se identificam na formação academica, todo um mercado paralelo de complementação surgiu para faturar em cima de quem se inicia hoje no mundo jurídico, tento que atuar em um ambiente cada vez mais complexo. No Movimento Aprender Direito ninguém está pretendendo faturar em cima da fragilidade alheia. O que se busca é uma nova forma de interação e uma capacitação mais ampla dos novos profissionais em matérias como direito eleitoral, criminologia, direito eletrônico e tantos outros temas.

Um dos organizadores do Movimento Aprender Direito é o advogado Eduardo Mahon que abriu os espaços de seu escritório para o encontro das pessoas. Depois do Direito Tributário, ele me informa que, na segunda quinzena de outubro, os ciclos prosseguem vão prosseguir, dessa vez com seminários de Direito Processual Penal. Para Mahon, o nível de ensino que é baixo não pode ser explorado comercialmente e deve, sim, servir de constatação para que cada profissional dê a sua contribuição para elevar o padrão de intervenção dos novos profissionais na comunidade jurídica mato-grossense.

Para acompanhar a agenda do Movimento Aprender Direito, basta solicitar inclusão através da Facebook, na comunidade do Movimento Aprender Direito. O grupo, somente no primeiro mês de criação, já reune mais de 1200 adeptos interessados na melhoria do ensino em Mato Grosso. Para participar deste grupo, os intessados não precisam arcar com nenhum custo. É preciso apenas a confirmação antecipada da presença, participação ativa e a assiduidade nos ciclos de debates que vão sendo desenvolvidos – e estar pronto, é claro, para somar novas propostas e idéias para que o Movimento se aperfeiçoe cada vez mais.

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

12 − onze =