PREFEITURA SANEAMENTO

Morre economista Edson Miranda, um dos professores pioneiros da Universidade Federal de Mato Grosso

 Edson de Souza Miranda participou da criação da primeira Faculdade de Economia de Mato Grosso, criada na UFMT no dia 2 de abril de 1966, por iniciativa de um grupo de economistas que, através de gestões junto ao governador Pedro Pedrossian, conseguiram a autorização para implantar o curso. O primeiro vestibular foi realizado três dias depois, na antiga Escola Técnica Federal de Mato Grosso, oferecendo 40 vagas para 380 candidatos.


Edson de Souza Miranda participou da criação da primeira Faculdade de Economia de Mato Grosso, criada na UFMT no dia 2 de abril de 1966, por iniciativa de um grupo de economistas que, através de gestões junto ao governador Pedro Pedrossian, conseguiram a autorização para implantar o curso. O primeiro vestibular foi realizado três dias depois, na antiga Escola Técnica Federal de Mato Grosso, oferecendo 40 vagas para 380 candidatos.

UFMT lastima morte do professor Edson Miranda

 

A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), em especial a Faculdade de Economia (FE), lamentam o falecimento do professor Edson de Souza Miranda, 75 anos, ocorrido nesta segunda-feira (16). O acadêmico foi um dos idealizadores e professor-criador do curso de Ciências Econômicas, além de fundador do Projeto “Uniselva”, matriz embrionária da Universidade Federal de Mato Grosso.

O velório será realizado na Capela Jardins, a partir das 21h e o sepultamento no Cemitério da Piedade, às 16h de amanhã.
Em nota oficial, a Faculdade de Economia externa pesar pela morte de Edson Miranda, ressalta sua importante contribuição para a UFMT e para a área de economia.

No comunicado, os professores, os técnicos administrativos e os estudantes vinculados à Faculdade de Economia ressaltam, “à comunidade universitária e mato-grossense, a alegria do convívio e a amizade, cujo principal legado deixado pelo professor Edson Miranda é que na vida deve estar sempre presente a possibilidade de realizações”.
O professor Benedito Dias Pereira, diretor da FE, sublinha que “o que nos resta é a sensação de gratidão à contribuição do professor Edson para a economia e a todos os economistas de Mato Grosso. Toda a geração que foi aluna dele foi influenciada por seu brilhantismo; ele deixa a semente da reflexão e da ética em todos nós.
fonte UFMT

Categorias:Gente que faz

1 Comentário

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 186.213.227.37 - Responder

    Mato Grosso, perde não só um competente economista,mais um mestre da UFMT e um empreendedor cultural e social, como foi o Dr.Edson de Souza Miranda. Tive a honra de contar com a colaboração dos seus sabios conhecimentos e ensinamentos na minha admistração como Prefeito Municipal de Várzea Grande,entre 1973-77,e como Governador do Estado de Mato Grosso, de 1983-87. Como Senador da Republica e 1º Secretário daquela Casa, o Professor Edson Miranda, me assesorou na criação da Universidade do Senado. Mestre e amigo de grande valor, descançe em PAZ.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

3 × 4 =