MATAR! MATAR! Ademar Adams se espanta com policiais que cantavam a violência durante a Corrida dos Reis

A Corrida de Reis e a cidadania
POR ADEMAR ADAMS

Participei mais uma vez da Corrida de Reis e novamente constato que em meio à festa de milhares de pessoas, algumas coisas ruins podem ser anotadas.

Começo lembrando que todos os anos o Estado, o Município e a Assembleia pagam meio milhão de reais, cada um, para aumentar a fortuna dos donos da TV Centro América, que fatura muito mais ainda com a programação por meses centrada no evento.

Ouve-se muita reclamação dos motoristas pelo excesso de tempo que a Avenida do CPA fica interrompida, pois, a montagem do aparato começa na quinta-feira e só é desmontada na tarde do domingo. Precisa todo esse tempo?

Os atletas também reclamam. A começar pela água morna que é servida. Dizem que se não fosse gelada, como na maioria das corridas, deveria ser pelo menos fria.

Depois, tem uma questão de desenvolvimento da corrida. É que a maioria dos participantes vai só para a “Caminhada de Reis” e acaba atrapalhando o ritmo dos que efetivamente correm e buscam superar seus índices. Mesmo eu que corri apenas 8,5 km, tive dificuldades de ir ultrapassando os caminhantes, além dos bobões com carrinhos de som e de bebida, e os grupos militares.

A sugestão é que a organização adote outro pelotão, atrás dos grupos de elite. Neste, seriam separados os que efetivamente correm e poderiam, ao se inscrever serem credenciados pelas inúmeras equipes e assessorias existente na cidade.

E a questão da cidadania?

Já sugeri, em artigo anos atrás, e me tornei “persona non grata” para os chefões da TVCA, que fossem colocados cestos ao longo da pista, após os postos de distribuição de água, para neles serem jogados os copos de plástico.

Com isso estaríamos educando o nosso povo a não ficar jogando copos, garrafas e latas pelas ruas e estradas. Além de que, facilitaria a passagem dos atletas naqueles verdadeiros lixões.

Mas o que me incomodou mesmo foi a cantoria dos nossos valentes militares. O pelotão da Força Tática, na maior falta de vergonha perante a sociedade que paga seus proventos, veio pregando violência a cada bordão. “Banho de sangue”, “Matar, matar, matar” e “Uuuu Carandiru! Matou 111, podia matar mais um”.

Indignado bradei para que todos ouvissem: “A polícia é para defender o cidadão, não para pregar violência! Isso é polícia da ditadura!” O pior é que todos os demais em volta ouviram calados essas barbaridades…

Que sociedade é essa? E que vergonha governador Pedro Taques, que se dizia humanista e se arrota constitucionalista… É o comandante em chefe da Polícia Militar e aceita que a sua PM use esse tipo de grito de guerra…

Depois ainda veio o grupo dos Bombeiros, sem camisas, mas não eram “carmelitas descalças” não! Gritavam também bordões arrogantes, recheados de palavrões. Que decepção com os “soldados do fogo”…

Assim, mais uma vez participo de um evento que na fantasia pregada pela Tv que promove, é a coisa mais linda do mundo. Mas o que se vê não é bem isso. Pela grande mordida que dá no dinheiro dos contribuintes, a Centro América deveria prestar contas e apresentar um evento de melhor qualidade.


Ademar Adams é jornalista em Cuiabá-MT

15 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 189.59.49.9 - Responder

    Concordo com o jornalista ,petista ,comunista.A corrida de reis é só para a tvca,rapinar a AL, a Prefeitura e o Governo do Estado.Arrecada tudo e não promove nada ,a não ser a si própria!

    • - IP 189.72.211.171 - Responder

      No que concerne às tolices e manifestações criminosas dos policiais, o araponga Osmir acompanha e faz coro. Tudo farinha podre do mesmo saco…

  2. - IP 191.179.137.82 - Responder

    Lixo de matéria!

    • - IP 189.72.211.171 - Responder

      Concordo… gente que grita e canta essas bobagens criminosas é putrefata e fétida…

  3. - IP 177.41.93.160 - Responder

    Sou PM, mas não a favor desses gritos de guerra, ainda mais em público. Mas temos que entender que os costumes e tradições da forças expressam a sociedade de onde vieram. Até agentes prisionais que nada tem com isto copiam a PM e ficam a correr e cantar músicas dos militares. Sociedade violênta amigo.

  4. - IP 177.41.93.160 - Responder

    Por tem que ser a tvca ou qualquer outra emissora a realizar a corrida e ainda usar o estado e municípios como seus empregados? Por isto que nunca participei disto. Muito bem professor petista comunista que juntos alimentaram a sociedade.

  5. - IP 191.221.71.109 - Responder

    acho q seria bom se informar antes de escrever besteira e inverdades pois nao se trata da unidade de forca tatica.

    • - IP 189.72.211.171 - Responder

      Unidade de força tática ou lá o caralho que for, a questão central do debate é que esses policiais são criminosos porque fazem apologia do crime.

  6. - IP 177.67.214.231 - Responder

    No Brasil é livre a liberdade de Expressão, que foi algo tão almejado pela imprensa durante o último regime de Governo.
    As instituições de segurança são formados por pessoas, cidadãos que atuam como agente de segurança publica; e Recebem os seus proventos pelo devido trabalho prestado, como funcionário público, análogo a qual profissional da iniciativa privada.
    A música é a inspiração e a locomotiva que impulsiona o ESPÍRITO do combatente em qualquer situação.

    • - IP 189.72.211.171 - Responder

      A liberdade de expressão não autoriza a apologia do crime. Esses policiais são despreparados para conviver em ambiente democrático e de respeito à cidadania. Querem dizer ou gritar bobagens que façam isso lá bem longe da população, em seus treinamentos. Mas mesmo em treinamento aconselha-se o bom senso e o respeito à lei.

  7. - IP 189.59.69.97 - Responder

    Eita pega

  8. - IP 187.123.10.88 - Responder

    Se o crime invadir vargea grande e torna-la uma cidade sangrenta lutarei com toda minha força,com minha fé e minha ponto 40 não é que eu goste de matar essa é minha profissão devolver todos os criminosos de volta pro colo do cão

    • - IP 189.72.211.171 - Responder

      Comentarista e comentário completamente babacas.

  9. - IP 177.1.111.66 - Responder

    É ESSA PORRA MSM.

  10. - IP 177.79.34.164 - Responder

    Só não sei q combate os militares estavam desenvolvendo ali. Boas observações, Ademar. A polícia é algo (com corações e mentes) em disputa; vc acertou ao dizer o q se espera de agentes de segurança.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

doze − três =