(65) 99638-6107

CUIABÁ

Jogo do Poder

Tribunal de Justiça elege, nesta quinta, três novos desembargadores para as vagas que Ferreira Leite, Tadeu Cury e Mariano Alonso não souberam honrar

Publicados

Jogo do Poder

Nos bastidores, Maria Aparecida Ribeiro, Rondon Bassil e José Zuquim aparecem como fortes candidatos na escolha que acontecerá nesta quinta, no Tribunal de Justiça de Mato Grosso


O Pleno do Tribunal de Justiça de Mato Grosso analisa na sessão dessa quinta-feira (2) as inscrições dos juízes que concorrem às três vagas dos José Ferreira Leite, José Tadeu Cury e Mariano Alonso Ribeiro Travassos, aposentados compulsoriamente pelo Conselho Nacional de Justiça. Os três foram punidos pelo CNJ por envolvimento no chamado Escândalo da Maçonaria.
As vagas são reservadas à magistratura de carreira e serão providas pelos critérios de antiguidade (duas) e merecimento (uma).  Para concorrer à promoção será avaliado se os magistrados cumpriram algumas das exigências previstas em edital como a permanência por mais de dois anos na Entrância Especial e inexistência de retenção injustificada de processos, além de inexistência de punição em processo disciplinar, nos últimos 12 meses, com pena igual ou superior à de censura.
Por ordem de antiguidade concorrem as vagas Rondon Bassil Dower Filho, José Zuquim Nogueira, Adilson Polegato de Freitas, Sebastião Barbosa Farias, Elinaldo Veloso Gomes, Nilza Maria Pôssas de Carvalho, Helena Maria Bezerra Ramos, Flávia Catarina Oliveira de Amorim Reis, Serly Marcondes Alves, Cleuci Terezinha Chagas, Maria Aparecida Ribeiro, Maria Aparecida Ferreira Fago e Jorge Luiz Tadeu Rodrigues.
Nos bastidores do TJ, a bolsa de aposta aponta como favoritos para a substituição a ser efetivada nesta quinta os nomes de José Zuquim, Rondon Bassil e Maria Aparecida Ribeiro.
Com informações da Coordenadoria de Comunicação Social do TJMT.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  FRAUDE NA OAB: Novos documentos reforçam denúncia

Propaganda
5 Comentários

5 Comments

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Brasil, mostra tua cara

Associação Juízes para Democracia cobra ação do MPF contra Bolsonaro.LEIA

Publicados

em

Por

Juíza Valdete Souto Severo, atual presidente da Associação Juízes pela Democracia


A Associação Juízes para a Democracia (AJD) entrou com uma representação contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na Procuradoria-Geral da República nesta terça-feira (26).
O documento critica a atuação do governo federal no combate à epidemia da Covid-19, classificando a condução da crise pelo presidente Bolsonaro de “desastrosa”. A entidade se baseará nos artigos 132, 257 e 268 do Código Penal.
“Na contramão da recomendação da OMS de adoção, pelos países, de ‘uma estratégia integral e combinada para prevenir infecções, salvar vidas e minimizar o impacto’ da crise, sua condução no Brasil, pelo atual ocupante do cargo de Presidente da República, tem ocorrido de maneira desastrosa”, diz o texto.
A associação também critica a “mais completa omissão do ocupante do cargo de Presidente da República” em solucionar o colapso do sistema de saúde na cidade de Manaus (AM).
“No dia 28/12/2020, Jair Bolsonaro, mesmo diante do prognóstico de agravamento da situação no Amazonas, declarou que ‘Nós não aguentamos mais o lockdown, mais medidas restritivas que quebram a economia’, enfatizando que ‘em Manaus o povo ignorou o decreto do governador’. No dia 29/12/2020, a cidade de Manaus bateu recorde de internações por Covid-19 desde o início da pandemia”, segue o texto.
“Paralelamente, perante a mais completa omissão do ocupante do cargo de Presidente da República, outros atores trabalhavam para a mitigação do problema, como artistas e o governo da Venezuela. No entanto, esse auxílio foi ironizado por Jair Bolsonaro”, continua o texto.
FONTE FOLHA DE PERNAMBUCO

Leia Também:  FRAUDE NA OAB: Novos documentos reforçam denúncia

Associação Juízes para Democracia cobra ação do MPF contra Bolsonaro by Enock Cavalcanti on Scribd

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA